Reid's Palace do Funchal volta a ser ‘estrela’ da Belmond na Europa no 4º trimestre

01-03-2017 (16h20)

A rede de hotéis de luxo Belmond, antiga Orient-Express, apontou apenas dois hotéis na Europa como "principais" impulsionadores do seu crescimento em 2% ou 0,6 milhões de dólares no quarto trimestre de 2016 e um deles é o Reid's Palace no Funchal, que já nos trimestres anteriores tinha evidenciado um desempenho melhor que o conjunto da rede.

O balanço da Belmond diz que o Reid'se teve um aumento de receitas no trimestre em 6% ou 0,3 milhões de dólares, com um aumento da RevPAR em 11%, tal como o outro hotel destacado pela positiva, o Belmond Le Manoir aux Quat'Saisons, Oxfordshire, Inglaterra, que teve um aumento da receita em 7% ou 0,4 milhões de dólares.

Ainda assim, a Belmond declarou uma queda em 3% ou 0,7 milhões de dólares das receitas dos seus hotéis próprios na Europa, acrescentando que a câmbios constantes teria no entanto um aumento em 2% ou 0,6 milhões de dólares.

Além de destacar o Reid's Palace e o Le Manoir aux Quat'Saisons pelas contribuições para a evolução da receita, a rede também salienta o seu impacto positivo em termos de EBITDA (resultados antes de juros, impostos, amortizações e provisões).

O Reids Palace, indica o balanço, terminou o quarto trimestre com um subida em 13% ou 0,1 milhões de dólares, enquanto o Le Manoir aux Quat'Saisons teve um aumento em 13% ou 0,2 milhões.

No conjunto dos hotéis na Europa, a rede apurou um EBITDA ajustado de não recorrentes de 1,4 milhões de dólares, em baixa de 0,6 milhões ou 30%, com a queda a câmbios constantes a situar-se em 0,5 milhões ou 24%.

O balanço especifica ainda que essa queda se deveu principalmente ao decréscimo no Belmond Hotel Splendido, Portofino, Itália, por reversão de despesas acrescidas no trimestre anterior.

O balanço da Belmond indica que terminou o 4º trimestre de 2016 com receitas de hotéis próprios de 97,7 milhões de dólares, face a 102,9 milhões no 4º trimestre de 2015, e no ano fez 549,8 milhões, abaixo dos 551,4 milhões de 2015.

Ainda assim, melhorou os resultados líquidos, de 0,4 milhões para 6,7 milhões no quarto trimestre e de 16,3 milhões para 36,3 milhões no ano , em grande medida por redução dos encargos com juros, com impostos e com flutuações cambiais.

 

Para ler mais sobre o Reid's Palace clique:

Reid's Palace Madeira aumenta proveitos em 10% este Verão

 

Clique para mais notícias: Belmond

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Madeira

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

FC Porto vai construir um hotel de charme na sua antiga sede, nos Aliados

18-01-2019 (14h49)

O Futebol Clube do Porto vai construir um hotel de charme na sua antiga sede, na Avenida dos Aliados, e vai assinalar o início das obras com uma cerimónia na próxima segunda-feira, dia 21.

Oásis Atlântico vai abrir um eco resort na praia do Tarrafal em Cabo Verde

16-01-2019 (18h10)

O grupo hoteleiro português Oásis Atlântico anunciou que vai abrir um eco resort de 5-estrelas na praia do Tarrafal, no Norte da ilha de Santiago, em Cabo Verde.

Monitor da AHP confirma subida de rentabilidade da hotelaria suportada por aumentos de preços

16-01-2019 (17h13)

O preço médio dos hotéis portugueses subiu 7% em Novembro, de acordo o Hotel Monitor da AHP Hotelaria de Portugal, que indica que esse aumento suportou uma subida da RevPAR em 5%, já que a taxa de ocupação baixou 1,2 pontos, para 59%.

Best Western nomeia novo director para liderar expansão em Portugal e Espanha

16-01-2019 (12h15)

A Best Western Hotels & Resorts nomeou Javier de Villanueva para o cargo de director de desenvolvimento e operações para Portugal e Espanha, que terá como função liderar o crescimento da rede na Península Ibérica.

Barceló compra resort de 5-estrelas e dois terrenos em Marraquexe

16-01-2019 (11h50)

O Barceló Hotel Group comprou um resort de 5-estrelas na Palmeraie de Marraquexe, um terreno adjacente para construir mais quartos e outro terreno próximo do centro da cidade para construir um hotel novo.