Receitas dos hotéis Vila Galé em Portugal sobem 6,2% por aumento do preço médio - administrador

09-01-2019 (17h53)

O preço médio dos hotéis Vila Galé em Portugal no ano passado subiu 7% face a 2017, o que possibilitou que, apesar de uma ligeira quebra na ocupação, as receitas do grupo tenham aumentado 6,2%, anunciou hoje o seu administrador Gonçalo Rebelo de Almeida.

O executivo, que falava à imprensa num almoço em Paço de Arcos, revelou que a Vila Galé fechou o ano de 2018 em Portugal com 112 milhões de euros de receitas, mais 6,5 milhões ou mais 6,2% que em 2017.

Excluindo os novos hotéis inaugurados em 2018, em Sintra e Braga, o aumento das receitas foi de 1,3 milhões, especificou.

A avaliação avançada por Gonçalo Rebelo de Almeida é de que em Portugal “o ano em termos de receitas revelou-se positivo, apesar de já [registar] uma ligeira queda de 2% nos quartos ocupados”, para um total de 977 mil, embora com o número de hóspedes a manter-se em linha com 2017, porque a estada média teve uma “ligeira queda”.

“Estamos a falar de números que não são nada preocupantes. É um ligeiro reajustamento”, para o qual contribuíram a “instabilidade no Reino Unido, que continua a ser um dos principais mercados para Portugal” e o “reaparecimento ou a nova dinâmica de destinos como a Turquia, a Tunísia e o Egipto”.

“Globalmente ainda conseguimos crescer cerca de 7% no preço médio, o que foi aquilo que na prática originou que, apesar de uma ligeira quebra na ocupação, a receita ainda assim consiga ser aquilo que foi o ano passado”, frisou o administrador.

O mercado português continua a ser o principal mercado para os hotéis Vila Galé, com 30% das dormidas, seguido pela Alemanha e Inglaterra, “mais ou menos equiparados”, uma vez que “a Inglaterra acabou por cair um bocadinho mais que a Alemanha”.

Como factores positivos, Gonçalo Rebelo de Almeida destacou “crescimentos significativos do mercado brasileiro” e do mercado norte-americano, que entrou para o Top 10 dos principais emissores, essencialmente nos hotéis de Lisboa, Alentejo, Centro e Norte.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Vila Galé

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dormidas de turistas portugueses na Alemanha sobem 7,5% em 2018

20-03-2019 (17h45)

A Alemanha somou 484,4 mil dormidas de turistas portugueses em 2018, o que corresponde a um aumento de 7,5% face ao ano anterior, mas representa um abrandamento face ao crescimento alcançado em 2017.

Travelplan alerta agentes de viagens para entrada em vigor da "ecotaxa" no México

20-03-2019 (16h18)

O operador turístico Travelplan está a alertar os agentes de viagens para a entrada em vigor de um imposto de saneamento ambiental no México, designado "ecotaxa", no valor de cerca de 1 euro por quarto, por noite.

Villa Termal Caldas de Monchique quer ser “um verdadeiro hub de bem-estar”

20-03-2019 (14h21)

A Villa Termal Caldas de Monchique Spa Resort, no Algarve, tem novos donos e está a ser remodelada para ser “um verdeiro hub de bem-estar”, anunciou um dos accionistas do resort, Miguel Velez.

Meliá abriu “o seu mais espectacular hotel no Vietname”

20-03-2019 (13h16)

“Uma das grandes jóias de 2019”, é assim que o grupo espanhol Meliá Hotels International apresenta o seu novo resort no Vietname, o Meliá Ho Tram, um 5-estrelas sobre a praia em que todos os quartos têm vista para o mar.

Grupo Younan estreia-se em Portugal com hotel de 6,5 milhões na Figueira da Foz

19-03-2019 (18h49)

O grupo francês Younan anunciou hoje um investimento de 6,5 milhões de euros na compra e renovação de um hotel na Figueira da Foz, a primeira operação da empresa em Portugal, previsto abrir em Junho.