PwC mais que duplica previsão de crescimento da RevPAR dos hotéis do Porto este ano

08-03-2017 (14h17)

A consultora PwC aponta o Porto como a cidade europeia onde a hotelaria vai ter este ano a subida mais forte da RevPAR, apontando para um aumento em 14,8%, quando há um ano previa um aumento em 5,8% e cotava o Porto na 3ª posição, depois de Dublin (+8,2%) e Lisboa (+6,9%).

Uma comparação dos dados da edição de 2016 do PwC European Cities Hotel Forecast e a informação entretanto avançada sobre a edição deste ano, que o PressTUR consultou pela imprensa especializada internacional um vez que a sua representação em Portugal não a facultou, mostra que o Porto é o único caso entre as cidades líderes de enorme divergência entre as previsões para 2017 em 12 meses.

Entre a previsão da edição do ano passado do PwC European Cities Hotel Forecast e a informação divulgada na segunda-feira, de acordo com um press release publicado pelo “Hotel News Resource”, a previsão de crescimento da RevPAR da hotelaria do Porto mais que duplica, dando um salto de nove pontos percentuais, de 5,8% para 14,8%.

Este ‘salto’ leva o Porto à liderança do ranking publicado agora pela PwC, quando há um ano a liderança era de Dublin, com uma previsão da subida da RevPAR em 8,2%, entretanto melhorada na edição deste ano para 8,7%, não evitando ainda assim cair para nº 2.

A seguir a Dublin está este ano Budapeste, com um aumento da RevPAR em 6,8%, que há um ano não figurava no ranking, e depois vêm Madrid e Lisboa, respectivamente com aumentos em 5,9% e 5,6%, que significam que no caso da capital espanhola houve um ‘upgrade’ em dois pontos percentuais face aos +3,8% indicados há um ano, e no caso da portuguesa houve um ‘downgrade’ de 1,3 pontos face aos 6,9% indicados há um ano.

Da informação publicada pela PwC no Reino Unido não consta qualquer referência às razões para estas ‘rectificações’, com realce para o caso do Porto, mas na edição de 2016 do PwC European Cities Hotel Forecast a empresa reconhecia, sobre as suas previsões, que embora tivessem apontado na direcção certa, “o crescimento foi bastante superior do que a escala que tínhamos antecipado na nossa última previsão”.

Um dos casos eventualmente foi o de Lisboa, para onde a PwC apontou para um aumento da RevPAR em 2016 em 5,7% e segundo o Observatório do Turismo de Lisboa, que vários hoteleiros descreveram ao PressTUR como a mais fiável fonte de informação sobre os hotéis da capital portuguesa, os hotéis de 5-estrelas terminaram o ano com uma subida de 8,8%, os 4-estrelas com +8,9% e os 3-estrelas com +11,2%.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hilton anuncia hotel em complexo de golfe na Argentina

19-11-2018 (16h41)

O Hilton Pilar de 171 quartos, integrado no Pilar Golf Club perto de Buenos Aires, é o segundo hotel da  marca Hilton na Argentina, o quarto do grupo.

Ritz-Carlton New York Central Park vai estar pronto na Primavera

19-11-2018 (13h30)

O Ritz-Carlton New York Central Park, cuja primeira fase do seu projecto de renovação foi concluída, vai estar completamente operacional na Primavera de 2019.

Governo ‘queixa-se’ das “muitas vantagens” da ANA nas negociações sobre o Montijo

16-11-2018 (18h15)

O secretário de Estado das Infra-estruturas, Guilherme d'Oliveira Martins, lamentou-se hoje das "muitas vantagens" atribuídas pelo anterior Governo à ANA e que classificou como "instrumentos fortes" que têm atrasado as negociações sobre o aeroporto complementar do Montijo.

Grupo Douro Azul espera licenciar este ano hotel na escarpa de Gaia

16-11-2018 (18h01)

A Mystic Invest, empresa do universo Douro Azul responsável pelo projecto de um hotel na escarpa da Serra do Pilar, Vila Nova de Gaia, que inclui o restauro da Capela Senhor D'Além, espera lançar o licenciamento ainda este ano.

"O Artista" apresenta-se ao público

16-11-2018 (17h52)

O Artista é um aparthotel boutique de luxo inaugurado recentemente na zona do Rossio em Lisboa, com decoração alusiva ao cinema português da década de 50 e um restaurante com assinatura de Miguel Laffan.

Ultimas Noticias