Proprietário da Tivoli investe dez milhões de euros em centro de congressos no Algarve

06-08-2018 (15h57)

O grupo tailandês Minor Hotels, proprietário da Tivoli Hotels & Resorts, investiu dez milhões de euros num novo centro de congressos no Algarve, junto à marina de Vilamoura e ao Tivoli Marina Vilamoura Algarve Resort.

O “Centro de Congressos do Algarve”, como foi baptizado o empreendimento, tem 22 salas com luz natural que se distribuem por uma área total de 7.050 metros quadrados.

A sala Fénix é destacada pelo grupo hoteleiro em comunicado, devido à sua capacidade para receber três mil pessoas, podendo ser dividida em duas salas individuais ou até seis espaços.

A sala Fénix tem dez metros de pé direito, vista de 270 graus sobre a marina e o mar e está rodeada por 700 metros quadrados de varandas e terraços.

Em destaque estão ainda os “terraços amplos e o rooftop panorâmico com mais de 2.600 metros quadrados”, que “prometem surpreender e transformar qualquer almoço, jantar e coffe break num momento memorável, descontraído e relaxante, tendo como pano de fundo o Oceano Atlântico e a Marina de Vilamoura”.

O centro de congressos pretende “oferecer um conjunto de salas, venues e terraços que respondem a todas as necessidades de organização de conferências, seminários, reuniões, festas, entre outros eventos”, resume o comunicado.

A rede hoteleira destaca que é possível complementar a oferta com os espaços do Tivoli Marina Vilamoura, designadamente cinco salas de reuniões e uma área reservada a exposições com um amplo pé direito e luz natural, orientada para a marina de Vilamoura.

O Lakeside, que o grupo hoteleiro caracteriza como “o espaço único que reflecte a cultura indígena no ambiente criado pela calçada portuguesa, pelo lago e pelo jardim natural”, possibilita a realização de eventos no interior, com capacidade para 1.050 pessoas sentadas.

Há ainda o restaurante de praia Purobeach Beachfront, com capacidade para 120 pessoas, e o Purobeach Poolside, o espaço exterior para festas e cocktails. Nos jardins do hotel, existem ainda alternativas para a realização de jantares e festas privadas.

O novo centro de congressos contribui para “complementar e fortalecer a oferta do destino, reposicionando-o no mercado MICE”, afirmou Jorge Beldade, director de operações da Minor Hotels para o Algarve, citado em comunicado.

“Aliando a localização privilegiada às equipas especializadas, este novo venue maximiza o nosso alcance e capacidade de organização de qualquer tipo de evento, mantendo sempre o rigor e excelência que nos caracterizam”, acrescentou.

 

Clique para mais notícias: Minor Hotels

Clique para mais notícias: Tivoli Hotels

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé já tem acordo para edifício do Vila Galé Paulista em São Paulo - Jorge Rebelo de Almeida

17-10-2018 (17h17)

A Vila Galé já chegou a acordo para a aquisição de um edifício em São Paulo, que pretende transformar no hotel Vila Galé Paulista, o seu primeiro hotel na maior metrópole brasileira, que o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida, avançou ao PressTUR terá 110 quartos, restaurante, bar e piscina.

Construção do Vila Galé Costa do Cacau deverá começar em Abril/Maio – Jorge Rebelo de Almeida

17-10-2018 (17h09)

A construção do Vila Galé Costa do Cacau, um resort com 450 unidades de alojamento em Una, perto de Ilhéus, uma zona da Bahia celebrizada pelos livros de Jorge Amado, deverá começar em Abril/Maio de 2019, para concluir no final de 2020, avançou ao PressTUR o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

AHP confirma hotelaria portuguesa mais rentável mesmo com ocupação em queda

17-10-2018 (16h59)

O AHP Tourism Monitor publicado hoje pela AHP, Associação da Hotelaria de Portugal, indica que em Agosto, mês de maior actividade hoteleira em Portugal, apesar de uma queda da ocupação dos quartos em 1,3 pontos, a receita média de quartos por quarto disponível subiu 4%, ‘puxada’ por uma subida do preço médio de quartos em 6%.

W São Paulo abre em 2021 com assinatura de Nini Andrade Silva

16-10-2018 (14h16)

A Marriott International anunciou que vai abrir o seu primeiro hotel de luxo no Brasil em 2021, o W São Paulo, que terá a assinatura da designer portuguesa Nini Andrade Silva.

Receitas da hotelaria portuguesa crescem há 52 meses... mas abrandamento instala-se

15-10-2018 (17h00)

A hotelaria portuguesa concluiu em Agosto o 52º mês consecutivo de aumento dos proveitos, mas já sem os aumentos a dois dígitos que se sucediam desde o primeiro quadrimestre de 2014, tendo registado em Agosto o aumento mais fraco desde 2013, se excluídos os efeitos de calendário pelas alterações da data da Páscoa.