Pousadas de Portugal lançam-se na organização de eventos "em recantos únicos" dos seus hotéis

11-09-2018 (16h37)

Foto: Pousadas de Portugal
Foto: Pousadas de Portugal

As Pousadas de Portugal, geridas pelo Grupo Pestana, lançaram um novo serviço para organização de eventos particulares e celebração de ocasiões especiais “em recantos únicos” das suas unidades hoteleiras.

O serviço “Pousadas Authentic Venues”, segundo um comunicado, “está ao alcance de todos os que procuram um lugar exclusivo para um momento especial”.

“Já imaginou organizar a festa de aniversário na majestosa Varanda Frei Jerónimo da Pousada Mosteiro de Guimarães?”, desafia o grupo hoteleiro.

Outros exemplos passam por “reservar o imponente Salão Nobre do Palácio de Estoi para uma ocasião especial com os seus amigos”, “encenar um pedido de casamento no Teatrinho da Pousada de Queluz”, ou “realizar um jantar a dois na suite D. João V da Pousada Convento de Évora”.

O objectivo das Pousadas de Portugal, segundo o comunicado, é “proporcionar momentos únicos e inesquecíveis mantendo o seu compromisso de qualidade e excelência”.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Pousadas de Portugal

Clique para ver mais: Pestana Hotel Group

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cascais também duplica taxa turística em 2019

15-11-2018 (16h56)

O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, disse hoje no Congresso da AHP, a decorrer em Lisboa, que vai acompanhar Lisboa no aumento da a taxa turística em 2019, de um para dois euros por noite.

Crescimento dos proveitos da hotelaria portuguesa tende a ‘aterrar’

15-11-2018 (15h43)

O crescimento dos proveitos da hotelaria portuguesa foi em Setembro o mais fraco dos 53 meses que já levam de alta, e com uma queda significativa na área metropolitana de Lisboa, na ordem dos cinco milhões de euros.

Quebra da hotelaria portuguesa não está tanto nas chegadas de turistas, mas no tempo que permanecem

15-11-2018 (13h22)

As quebras de dormidas de turistas residentes no estrangeiro na hotelaria portuguesa deve-se mais à redução do seu tempo médio de permanência do que a decréscimo das chegadas, que até estão com um ligeiro aumento e atingem um novo recorde para os primeiros nove meses, concluiu o PressTUR dos dados divulgados hoje pelo INE.

“Dormidas de não residentes continuaram a diminuir”, diz balanço do INE relativo a Setembro

15-11-2018 (11h30)

Os estabelecimentos de alojamento turístico portugueses tiveram em Setembro uma queda das dormidas de turistas residentes no estrangeiro em 4,9%, depois de descidas de 4,7% em Agosto, de 4,5% em Julho e de 5,5% em Junho.

Quebra da ocupação hoteleira “não será razão para reduzir os preços, mas sim para aumentar o valor” – Raul Martins, AHP

15-11-2018 (11h11)

O presidente da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Raul Martins, sustentou hoje que a diminuição da ocupação hoteleira “não será razão para reduzir os preços, mas sim para aumentar o valor percepcionado e o serviço prestado”.