Portugal é o primeiro mercado internacional da Minor

24-08-2016 (14h07)

O Minor Internacional, grupo tailandês que comprou a Tivoli Hotels & Resorts, passou a ter em Portugal o seu primeiro mercado internacional, com 41% das receitas de todos os hotéis fora da Tailândia de que é proprietário no primeiro semestre.

Os hotéis que a Minor International (MINT) tem em propriedade no estrangeiro contribuem com um quarto das receitas de hotéis do grupo, segundo o seu relatório sobre os primeiros seis meses do ano.

E, acrescenta o grupo, Portugal tornou-se o primeiro mercado internacional em receitas de hotéis da MINT em propriedade, com 41% dessas receitas, seguido do Brasil, com 20%, das Maldivas, com 19%, de África, com 13%, e de “Outros”, com 7%.

As receitas do negócio de hotelaria da MINT aumentaram 22% no primeiro semestre, para 13,2 mil milhões de baht (335,6 milhões de euros), excluindo ganhos especiais.

A MINT opera hotéis e spas numa combinação de investimento, joint-venture e modelos de gestão em 24 países, com outros oito países em carteira para os próximos três anos, sendo que as suas receitas no primeiro semestre são 41% de negócios na Tailândia e 59% de negócios internacionais.

As unidades hoteleiras que a MINT tem em propriedade chegaram no primeiro semestre a 56% das suas receitas de hotéis, devido à aquisição dos hotéis Tivoli em Portugal.

A RevPAR dos hotéis que o grupo tem em propriedade, porém, está com uma quebra de 11% no segundo trimestre, devido à aquisição dos hotéis Tivoli, do Avani Riverside Bangkok e do desempenho ligeiro de alguns hotéis no estrangeiro. Excluindo os novos hotéis e o impacto cambial, a RevPAR dos hotéis que tem em propriedade caiu 3% no segundo trimestre.

Contando com todos os hotéis, em propriedade, gestão, joint-venture e MLR/Oaks, a MINT avança que a RevPAR caiu 2% no segundo trimestre devido à aquisição de novos hotéis, sem a qual teria aumentado 1% face ao período homólogo do ano passado.

 

Ver também:

Minor atribui aumento do lucro no 1º semestre à reavaliação dos ganhos da Tivoli

 

Clique para mais notícias: Minor International

Clique para mais notícias: Tivoli Hotels & Resorts

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Tivoli Lagos reabre após renovação completa de 4,6 milhões de euros

17-07-2018 (17h10)

O Tivoli Lagos Algarve Resort reabriu após cinco meses de remodelações em que foram investidos cerca de 4,6 milhões de euros, anunciou a rede hoteleira, destacando que pretende transformar o hotel numa “referência no panorama gastronómico algarvio”.

Parlamento aprova intervenção das autarquias na regulamentação do alojamento local

17-07-2018 (11h22)

O parlamento aprovou hoje, na especialidade, a maioria das propostas do grupo parlamentar do PS para alterar o regime jurídico do alojamento local, determinando que as câmaras municipais podem estabelecer "áreas de contenção" para instalação de novos estabelecimentos.

Nau Hotels lança programa de fidelização

17-07-2018 (11h20)

O grupo Nau Hotels & Resorts, que tem dez hotéis em Portugal, acaba de lançar um programa de fidelização para clientes particulares, que pretende estender também “a curto prazo” aos segmentos corporativo e de golfe.

Marriott e Alibaba testam check-in com reconhecimento facial

16-07-2018 (16h05)

A joint-venture da rede hoteleira Marriott International e do Alibaba Group, detentora da plataforma de serviços de turismo Fliggy, anunciou que vai testar tecnologia de check-in com reconhecimento facial em duas unidades na China.

Flor de Sal é o novo restaurante do Cabanas Park Resort

16-07-2018 (15h23)

O Cabanas Park Resort, em Tavira, vai contar com um novo restaurante a partir de quinta-feira, dia 19, o Flor de Sal, resultado de uma parceria entre a cadeia hoteleira AP Hotels e a marca de vinhos Quinta de São Sebastião.