Óbidos adia taxa turística para Janeiro de 2020

01-10-2019 (16h19)

Foto: www.cm-obidos.pt
Foto: www.cm-obidos.pt

A Câmara de Óbidos adiou para Janeiro de 2020 a entrada em vigor da taxa turística, prevista inicialmente para o último trimestre deste ano, mas cujo valor está ainda em consulta pública.

“O valor da taxa de dormida já está definido em um euro, mas está ainda a decorrer a consulta pública para que possa ser aprovado e iniciada a cobrança”, disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara de Óbidos, Humberto Marques.

O município tinha previsto que a taxa começasse a ser aplicada no último trimestre deste ano, mas o autarca explicou que “este período entre a aprovação final e a entrada em vigor vai ser aproveitado para explicar o procedimento aos operadores turísticos e operacionalizar todo o processo”.

O regulamento da Taxa Turística foi publicado em Novembro de 2018 em Diário da República, para entrar em vigor no primeiro dia de Dezembro, estipulando a aplicação de uma “taxa de dormida” a todos os hóspedes com mais de 13 anos que pernoitem no concelho.

Contudo, a aplicação foi adiada por, nessa altura, não estar ainda aprovado o Regulamento e Tabela de Taxas e Licenças do Município de Óbidos, que definiria o valor da taxa a cobrar.

Aquando da aprovação do Regulamento da Taxa Turística pela Assembleia Municipal de Óbidos, em Setembro de 2018, Humberto Marques avançou uma estimativa de que o valor deveria ser fixado em um euro.

O valor, disse hoje o autarca à Lusa, “mantém-se e é o que vai ser cobrado”, mas só depois de terminada a consulta pública, dentro de duas semanas, e de aprovado o regulamento na assembleia municipal, que deverá reunir-se em Novembro.

A “taxa de dormida” será aplicada a todos os hóspedes com idade superior a 13 anos que pernoitem em estabelecimentos hoteleiros, apartamentos, aldeamentos e empreendimentos turísticos, parques de campismo ou alojamento local no concelho de Óbidos, no distrito de Leiria.

O regulamento, a que a Lusa teve acesso, estabelece que o valor seja cobrado “por hóspede, por noite, até um máximo de cinco noites consecutivas no mesmo estabelecimento”, e isenta os hóspedes cuja estadia “seja motivada pela obtenção de tratamentos médicos”.

A verba foi calculada com base nos indicadores relativos à actividade turística do município, que “recebe anualmente um milhão e meio de visitantes, nacionais e estrangeiros”, refere o regulamento.

Ainda segundo o documento, a receita prevista cobrirá “aproximadamente 54%" dos custos que o turismo tem para o município, com o acréscimo de encargos em sectores como o património cultural; limpeza urbana; jardinagem e espaços verdes; águas, saneamento e serviços operativos; Gabinete de Comunicação e Imagem; e segurança e proteção civil.

O custo estimado destes serviços associados ao turismo “é de aproximadamente 370 mil euros”, refere o regulamento, no qual a câmara invoca “o princípio da justa repartição dos encargos públicos” para defender que “os custos operacionais em que incorre com a geração de utilidades aos turistas que visitam a concelho seja imputado, na proporção em que delas usufruem, a estes turistas e não à população residente do município”.

A câmara estima que o valor da receita a arrecadar em cada ano seja de aproximadamente 200 mil euros.

O valor foi calculado com base em dados do Turismo de Portugal, divulgados por Humberto Marques e que demonstram que, em 2017, o concelho registou 230 mil dormidas.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Minor promove Miguel Garcia a director de Operações para hotéis urbanos em Portugal

26-02-2020 (14h57)

A Minor Hotels, proprietária da rede hoteleira Tivoli, promoveu Miguel Garcia para o cargo de director regional de Operações para Urban Hotels Portugal.

Minor contrata ex-director do Bairro Alto Hotel para hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade

26-02-2020 (14h55)

A Minor Hotels contratou o ex-director do Bairro Alto Hotel, João Prista von Bonhost, para o cargo de hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade.

Meliá anuncia inauguração do "sonho da marca ME by Meliá"

26-02-2020 (14h52)

A Meliá Hotels International está a anunciar a inauguração do hotel de luxo ME Dubai, marcada para 1 de Março deste ano, no edifício The Opus by Omniyat no Dubai, desenhado pela arquitecta Zaha Hadid.

Câmara de Lobos aprova boutique hotel perto do Cabo Girão

21-02-2020 (14h02)

O município de Câmara de Lobos aprovou a construção de um boutique hotel de três andares, com nove quartos, e um jardim de plantas endémicas com cerca de 25 mil metros quadrados, nas imediações de um dos pontos mais turísticos da Madeira, o Cabo Girão.

Câmara de Caminha aprova projecto para hotel em Vila Praia de Âncora

19-02-2020 (17h21)

A Câmara de Caminha aprovou um projecto para a criação do Âncora - River & Nature, um empreendimento turístico de 51 quartos em Vila Praia de Âncora, com um investimento avaliado em quatro milhões de euros.

Noticias mais lidas