Mirai abre escritório em Portugal para ajudar hotéis a aumentar as vendas directas

09-07-2019 (18h36)

A Mirai, que em 2018 movimentou quase 250 milhões de euros em reservas hoteleiras, abriu um escritório em Portugal, no Algarve, com a missão de “ajudar os hotéis a otimizarem a sua distribuição”.

A empresa, que gere as reservas directas de mais de 1.400 hotéis em Espanha, pretende trazer para o sector hoteleiro português “uma nova proposta de valor que combina, por um lado, tecnologia e inovação (sistema de reservas, web design, serviços de marketing, conetividade com motores de metasearch) e consultoria estratégica para distribuição online”.

Em comunicado, a Mirai descreve o seu negócio como “um modelo híbrido que resolve aos hotéis dois problemas e que actualmente têm dificuldade em administrar: uma solução tecnológica e o know-how necessário para operá-la com sucesso”.

O objectivo, resume a nota de imprensa, “é maximizar os proveitos dos hotéis, aumentando as suas vendas directas”.

Para liderar a delegação portuguesa, localizada em Albufeira, a Mirai contratou Rui Maria, que apresenta como um profissional com “20 anos de experiência no sector hoteleiro, e quase 15 anos como gestor numa das cadeias portuguesas mais importantes, o Grupo Pestana”.

“O nosso objectivo com a abertura deste novo escritório é fornecer o conhecimento adquirido nas últimas três décadas, obtido a partir do relacionamento com muitos clientes, num mercado onde as vendas directas ainda têm um longo caminho a percorrer”, afirma Rui Maria, citado no comunicado.

Pablo Delgado, CEO da empresa, por sua vez, afirma que “ao contrário da nossa concorrência, a Mirai é uma empresa de pessoas e serviços e foi fundamental encontrar a pessoa certa e a equipa certa” para abrir uma delegação em Portugal.

“Com o Rui Maria estamos muito confiantes de que faremos um excelente trabalho e poderemos ter muitos clientes para impulsionarmos as vendas directas, e competir com as OTAs, economizando muito dinheiro nas contas de exploração dos hotéis”, acrescentou Pablo Delgado.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Convento do Carmo em Moura e Quartel do Carmo na Horta vão ser hotéis de 5-estrelas

19-09-2019 (16h33)

Os contratos de concessão do Convento do Carmo, em Moura, e do Quartel do Carmo, na Horta, foram assinados hoje e prevêem conversão dos imóveis em hotéis de 5-estrelas, com um investimento de cerca de 14 milhões de euros.

Receitas dos hotéis em Macau subiram 14,5% em 2018

19-09-2019 (16h06)

As receitas dos hotéis em Macau atingiram 37,29 mil milhões de patacas (4,2 mil milhões de euros) em 2018, mais 14,5% que no ano anterior, anunciou hoje a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos de Macau.

Porto lidera aumento de dormidas na hotelaria em Julho

16-09-2019 (16h32)

O Porto foi o município com o maior aumento de dormidas em Julho, com mais 49,7 mil pernoitas que no mês homólogo de 2018 (+12,2%), mas sem pôr em causa a liderança do município de Lisboa em número de dormidas, com 1,326 milhões, que significaram 16,3% do total do país.

Quebra generalizada da estada média ‘come’ aumento de turistas alojados na hotelaria portuguesa

16-09-2019 (15h31)

O tempo médio de permanência de turistas em alojamentos turísticos portugueses caiu de forma generalizada no mês de Julho, pelo que, levando a que apesar se ter registado um aumento em 5,4% do número de hóspedes, em número de dormidas essa maior afluência de clientes traduziu-se num aumento de apenas 2,2%.

Mês de férias no Brasil ‘dá’ mais 51,7 mil dormidas ao alojamento turístico português

16-09-2019 (14h19)

Apesar das quebras de dormidas de nove dos 16 maiores emissores internacionais, a hotelaria portuguesa acabou Julho com mais 111,6 mil dormidas de turistas residentes no estrangeiros, graças nomeadamente ao aumento de 51,7 mil dormidas de residentes no Brasil, onde o mês de Julho é um dos mais fortes em turismo e viagens.

Noticias mais lidas