Minor Hotels escolhe Lisboa para inaugurar primeiro hotel Avani na Europa

01-02-2017 (16h04)

Foto: Avani Hotels & Resorts
Foto: Avani Hotels & Resorts

A Minor Hotels, que comprou a Tivoli, escolheu Lisboa para estrear na Europa a sua marca Avani Hotels & Resorts, com um hotel que resultará da renovação do Tivoli Jardim e que está previsto abrir a 1 de Abril.

A renovação do empreendimento, avaliada em 1,5 milhões de euros,  inclui remodelação da fachada, dos quartos, lobby, recepção, lounge e a criação um novo ginásio.

O Avani Avenida Liberdade Lisbon Hotel, que terá 119 quartos, tem como um dos principais destaques da sua oferta um restaurante Olivier Avenida, com gastronomia de inspiração mediterrânea da autoria do chef Olivier da Costa.

Para reuniões e eventos, os clientes do hotel terão acesso ao Palacete, que dispõe de sete salas distribuídas por três pisos, com capacidade para 260 pessoas.

“Lisboa é uma cidade europeia dinâmica e um destino reconhecido, muito apelativo para viajantes com um estilo de vida millennial”, afirmou Alejandro Bernabe, group director da Avani Hotels & Resorts, citado em comunicado.

“Os hotéis Avani são especificamente desenhados para este novo tipo de viajante, pessoas que não são definidas pela idade, mas por valores e mind-set comuns e que apreciam os detalhes que realmente importam”, acrescentou.

A marca Avani Hotels & Resorts foi lançada em 2011 e apresenta-se como “uma marca sofisticada e contemporânea que atrai os viajantes com um estilo de vida millennial”.

A Avani dispõe de 17 hotéis em operação na Tailândia, Sri Lanka, Vietname, Malásia, Seychelles, Moçambique, Botswana, Lesoto, Namíbia, Zâmbia e Emirados Árabes Unidos.

Ver também:
Tivoli Carvoeiro reabre em Abril após renovação

Minor Hotels quer Portugal como "plataforma a partir da qual poderemos começar a expandir", CEO

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Minor Hotels / Avani


Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Apoios do Governo para projectos turísticos no interior de Portugal ascendem a 310 milhões de euros

15-02-2019 (17h11)

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, afirmou hoje que o Governo apoiou com cerca de 310 milhões de euros investimentos no sector do turismo no interior do país, no âmbito dos programas Valorizar e Portugal 2020.

Espanha foi o único dos grandes emissores europeus a crescer em 2018 na hotelaria portuguesa

14-02-2019 (16h26)

Quatro dos cinco principais emissores europeus para a hotelaria portuguesa evoluíram em baixa no ano passado, acumulando uma quebra de 1,3 milhões de dormidas, que apenas muito parcialmente foi compensada pelo aumento da única excepção, de Espanha, cujos residentes fizeram mais 78,3 mil que em 2017.

Estados Unidos foram emissor internacional que mais aumentou dormidas na hotelaria portuguesa em 2018

14-02-2019 (16h21)

Os Estados Unidos subiram em 2018 a 7º principal emissor internacional para a hotelaria portuguesa, ultrapassando a Irlanda, por um aumento de 313,2 mil pernoitas, que foi o maior do ano de todos os mercados internacionais, seguido pelo Brasil, com mais 189,8 mil, e Canadá, com mais 105,5 mil.

Subida de preços garante 6º ano consecutivo de subida de proveitos da hotelaria portuguesa

14-02-2019 (16h16)

A hotelaria portuguesa manteve em 2018 a tendência de subida de proveitos que iniciou em 2013, mas com suporte apenas nos preços, o que levou a um acentuado abrandamento do crescimento das receitas, que foi superior a 17% nos anos de 2016 e 2017 e no ano passado baixou para 6,5%.

IHG compra dona do Six Senses Douro Valley por 265 milhões de euros

14-02-2019 (14h35)

O InterContinental Hotels Group (IHG) comprou a Six Senses Hotels Resorts Spas, que, entre outros hotéis, gere desde 2015 o Six Senses Douro Valley, em Lamego, por 300 milhões de dólares, cerca de 265 milhões de euros.