Minor (Tivoli) prepara chegar a accionista maioritário da espanhola NH Hoteles

07-06-2018 (15h48)

Imagem: NH Hotels
Imagem: NH Hotels

O grupo tailandês Minor International (MINT), comprador da rede hoteleira portuguesa Tivoli quando da falência do Grupo Espírito Santo, está em vias de ficar com 51% a 55% da rede espanhola NH Hoteles por via do reforço da sua posição actual com a aquisição de acções representativas de 25,2% do capital e o lançamento de uma OPA.

Um comunicado do MINT explica que já chegou a um acordo para a compra desses 25,2% do NH Hoteles, numa operação que ascende a 619 milhões de euros e que está previsto concretizar em duas fases, a primeira das quais, relativa a 16,8% do capital da NH (65,85 milhões de acções), até ao próximo dia 15, e a segunda, relativa a 8,4% (32,94 milhões de acções), a concluir em Setembro.

O grupo reconhece que cai assim na obrigação de lançar uma OPA sobre o restante capital da NH no prazo de doze meses ao preço mais elevado que pagou pelo capital da espanhola, que é de 6,40 euros por acção, acrescentando que carece porém de autorização dos accionistas, do regulador do mercado de capitais tailandês, bem como das autoridades da concorrência.

Ainda assim, avança que a sua perspectiva não é tornar a NH Hoteles ‘privada’ (neste caso, sem capital aberto ao público), mas sim chegar a 51% a 55% e mantê-la cotada na Bolsa de Madrid.

A operação, de acordo com o MINT, não excederá então os 1.642,5 milhões de euros.

É o início de “uma nova era”, assim se referiu o CEO do MINT, Dillip Rajakarier, ao impacto do negócio em perspectiva, acrescentando que com a aquisição o grupo terá uma rede de 540 hotéis na Ásia, Oceânia, Médio Oriente, África e Europa.

Dillip Rajakarier destacou ainda que o MINT poderá ser um importante apoio para a NH Hoteles com o seu know how na área da alimentação e bebidas, no sentido de “maximizar o seu potencial de receita”.

“Juntos estaremos bem posicionados para termos grande sucesso, proporcionar valor aos clientes e criar mais excitantes oportunidades de crescimentos do que cada uma das companhias poderia atingir isoladamente” acrescentou.

 

Para ler mais clique:

Proprietário da Tivoli confirma interesse na participação dos chineses do HNA na espanhola NH Hoteles

Minor International (Tivoli) reforça participação na espanhola NH Hoteles

 

Clique para mais notícias: Minor Hotels

Clique para mais notícias: NH Hoteles

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Club Med fecha resort na ilha de Itaparica, na Bahia

22-03-2019 (08h32)

O Club Med vai encerrar a 31 de Julho o seu resort na ilha de Itaparica, no estado brasileiro da Bahia, indicando que “já não se encontrava à altura das expectativas e exigências dos nossos clientes”.

Projecto de lei aprovado reduz quartos para pessoas com mobilidade reduzida no Brasil

21-03-2019 (18h25)

O projecto de lei que retira o limite ao investimento estrangeiro em companhias aéreas brasileiras também vai alterar pontos na Política Nacional de Turismo do Brasil, como a redução da percentagem do número de quartos para pessoas com mobilidade reduzida.

Projecto de remodelação do Praia D'El Rey Marriott foi concluído

21-03-2019 (15h51)

O Praia D’El Rey Marriott Golf & Beach Resort, no concelho de Óbidos, completou este ano uma remodelação de quatro milhões de euros, que visa tornar a unidade uma referência na Península Ibérica.

Dormidas de turistas portugueses na Alemanha sobem 7,5% em 2018

20-03-2019 (17h45)

A Alemanha somou 484,4 mil dormidas de turistas portugueses em 2018, o que corresponde a um aumento de 7,5% face ao ano anterior, mas representa um abrandamento face ao crescimento alcançado em 2017.

Travelplan alerta agentes de viagens para entrada em vigor da "ecotaxa" no México

20-03-2019 (16h18)

O operador turístico Travelplan está a alertar os agentes de viagens para a entrada em vigor de um imposto de saneamento ambiental no México, designado "ecotaxa", no valor de cerca de 1 euro por quarto, por noite.