Mercado norte-americano cresce todos os anos no DoubleTree by Hilton Lisbon – Gonçalo Coelho de Sousa, director

09-03-2018 (17h10)

Foto: DoubleTree by Hilton Lisbon
Foto: DoubleTree by Hilton Lisbon

O mercado norte-americano "tem crescido todos os anos" desde que o hotel Fontana Park passou a DoubleTree by Hilton Lisbon em 2013, uma evolução que recentemente também está associada ao incremento de ligações aéreas com a América do Norte, revelou o director do hotel, Gonçalo Coelho de Sousa, em entrevista ao PressTUR, na qual também realça o impulso do programa de fidelização Hilton Honors.

 

PressTUR: Qual é a percepção que o mercado tem da marca DoubleTree?

Gonçalo Coelho de Sousa: Inicialmente não associava tanto a marca DoubleTree à cadeia Hilton. Agora, apesar de ser uma marca de full service, e de acordo também com as parcerias que temos feito, quer com o Conrad Algarve quer com o Hilton Vilamoura, têm associado cada vez mais não só a marca DoubleTree à Hilton, como têm criado uma perspectiva diferente da própria cadeia. Começam a perceber que há várias marcas e que temos um portefólio vasto, já com 14 marcas. Acho que o mercado nacional está cada vez mais interessado e vê na Hilton um parceiro credível e de confiança. Somos pessoas muito leais aos nosso parceiros de negócio. E gostamos de oferecer coisas diferentes, de dar alguma criatividade à própria indústria.

 

PressTUR: Que peso tem ter a marca DoubleTree?

Gonçalo Coelho de Sousa: O facto de estarmos ligados ao programa de fidelização Hilton Honors ajuda muito. Em termos de nacionalidade dos turistas, o nº1 continua a ser Portugal - temos uma grande fatia em termos de individuais business travelers -, mas logo a seguir, quase a par, vem o mercado norte-americano.

 

PressTUR: E esse mercado procura o hotel em viagens de lazer?

Gonçalo Coelho de Sousa: Vem muito em lazer e está muito associado ao programa de fidelização Hilton Honors. A presença do mercado americano em Portugal tem crescido muito nos últimos anos. Em 2017 a Delta Airlines voltou a voar para Lisboa, o que já não acontecia há 20 anos. E temos uma série de voos regulares criados pela TAP, que fazem com que o mercado americano tenha um peso muito importante. Nós saímos beneficiados porque todo esse nicho de clientes marca directamente através da nossa plataforma de reservas.

 

PressTUR: Que outras nacionalidades procuram o vosso hotel?

Gonçalo Coelho de Sousa: O mercado inglês também tem bastante peso. Vem logo a seguir ao mercado americano. E depois temos mercados tradicionais como França, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Alemanha, que é um mercado muito importante, Escandinávia e Canadá.

 

PressTUR: Quem é que são os vossos hóspedes, o que é que procuram?

Gonçalo Coelho de Sousa: 70% dos nossos clientes são individuais. E 30% são clientes de grupo. Nessa quota de 70% de individuais temos uma fatia importante que é individual business travelers e corporate. Tudo o resto é lazer. A parte de lazer tem tido um peso muito significativo nos últimos anos.

 

PressTUR: E tem aumentado?

Gonçalo Coelho de Sousa: Não, a distribuição é sensivelmente a mesma, mas não dependemos tanto dos mesmos mercados. Têm sido mais distribuídos em termos de origens.

 

PressTUR: O mercado americano, apesar da ligação com a marca, também cresceu associado ao aumento das ligações aéreas?

Gonçalo Coelho de Sousa: Cresceu. Aliás, desde que fomos integrados na cadeia [Hilton], o mercado americano tem crescido todos os anos.

 

PressTUR: Já era o segundo maior mercado na altura?

Gonçalo Coelho de Sousa: Não foi em 2013, quando convertemos. Em 2015 foi o primeiro ano em que se consolidou como segundo mercado.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dormidas de turistas portugueses na Alemanha sobem 7,5% em 2018

20-03-2019 (17h45)

A Alemanha somou 484,4 mil dormidas de turistas portugueses em 2018, o que corresponde a um aumento de 7,5% face ao ano anterior, mas representa um abrandamento face ao crescimento alcançado em 2017.

Travelplan alerta agentes de viagens para entrada em vigor da "ecotaxa" no México

20-03-2019 (16h18)

O operador turístico Travelplan está a alertar os agentes de viagens para a entrada em vigor de um imposto de saneamento ambiental no México, designado "ecotaxa", no valor de cerca de 1 euro por quarto, por noite.

Villa Termal Caldas de Monchique quer ser “um verdadeiro hub de bem-estar”

20-03-2019 (14h21)

A Villa Termal Caldas de Monchique Spa Resort, no Algarve, tem novos donos e está a ser remodelada para ser “um verdeiro hub de bem-estar”, anunciou um dos accionistas do resort, Miguel Velez.

Meliá abriu “o seu mais espectacular hotel no Vietname”

20-03-2019 (13h16)

“Uma das grandes jóias de 2019”, é assim que o grupo espanhol Meliá Hotels International apresenta o seu novo resort no Vietname, o Meliá Ho Tram, um 5-estrelas sobre a praia em que todos os quartos têm vista para o mar.

Grupo Younan estreia-se em Portugal com hotel de 6,5 milhões na Figueira da Foz

19-03-2019 (18h49)

O grupo francês Younan anunciou hoje um investimento de 6,5 milhões de euros na compra e renovação de um hotel na Figueira da Foz, a primeira operação da empresa em Portugal, previsto abrir em Junho.