Meliá prevê abrir “quase 50” hotéis em 2018 e 2019

28-12-2017 (14h39)

Foto: Meliá Hotels International
Foto: Meliá Hotels International

A Meliá prevê abrir “quase 50” hotéis em 2018 e 2019, afirmou o CEO e vice-presidente do grupo hoteleiro, Gabriel Escarrer, convicto de que alguns dos novos hotéis venham a ser “referências a nível internacional”.

Gabriel Escarrer, ao fazer um balanço do ano de 2017 em comunicado, sublinha que a empresa tem “mantido firme” o seu rumo, “aproveitando os ventos favoráveis que têm soprado, como o aumento da procura nos nossos principais destinos do Mediterrâneo Ocidental e Ilhas Canárias induzido pela situação na Turquia e no Norte de África”.

“Mas sobretudo temos continuado a sustentar o nosso Plano Estratégico, focado tanto no portefólio de marcas e produtos da empresa, a sua renovação e reposicionamento, como na transformação cultural e digital do nosso grupo, para fortalecer a nossa liderança num ambiente em mudança e extremamente competitivo”, reforçou o CEO da rede hoteleira.

A Meliá incorporou ao longo deste ano mais de 30 novos hotéis para abrir entre 2018 e 2020, que apenas em 2018 e 2019 a empresa prevê ter “quase 50 aberturas”.

Gabriel Escarrer prevê que alguns “se convertam em referências a nível internacional, como o Gran Meliá Veneza, o ME Dubai, ou o Gran Meliá Maldivas, entre outros”.

Em 2017, a Meliá abriu novos hotéis em lugares como Xangai, Zhengzhou, Hamburgo, Iguazú, Palma, Rio de Janeiro e outros destinos, e renovou várias unidades em Espanha, no Mediterrâneo e nas Caraíbas.

O ano foi marcado pela superação de vários desafios, incluindo “furacões, erupções vulcânicas ou os efeitos da instabilidade internacional, tudo sem deixar de crescer e criar valor”.

O sucesso, diz Escarrer, deve-se “ao profissionalismo dos nossos mais de 45 mil empregados em todo o mundo, a uma sólida e consistente estratégia e à confiança que depositam na nossa empresa os nossos principais ‘stakeholders’”.

“Num mundo cada vez mais frio e impessoal, os valores que inspiram a nossa actuação, como o afecto, a pertença a uma família, a vocação do serviço, a inovação e a atenção personalizada, são mais valiosos e apreciados que nunca e queremos continuar a compartilhá-los”, concluiu Gabriel Escarrer.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Meliá

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

VIP Hotels abre hotel de 4-estrelas em Picoas, Lisboa

25-03-2019 (17h59)

A VIP Hotels anunciou a inauguração do VIP Executive Picoas Hotel, em Lisboa, uma unidade de 4-estrelas com 131 quartos, bar, restaurante e uma sala para reuniões e eventos.

Vila Galé Douro Vineyards abre na próxima segunda-feira

25-03-2019 (16h08)

A Vila Galé anunciou que vai abrir em ‘soft opening’ na próxima segunda-feira, dia 1 de Abril, o seu novo hotel no Norte de Portugal, o Vila Galé Douro Vineyards, que terá exposta uma obra de Saimir Strati, um artista plástico premiado com dez recordes mundiais do Guinness.

Oásis Atlântico nomeia Gonçalo Ramos director dos seus hotéis em Saïdia

25-03-2019 (12h27)

O grupo hoteleiro Oásis Atlântico contratou Gonçalo Ramos, ex-director do resort Villa Termal Caldas de Monchique, para o cargo de director dos seus dois novos hotéis na zona balnear de Saïdia, Marrocos, previstos abrir no final de Maio.

Club Med fecha resort na ilha de Itaparica, na Bahia

22-03-2019 (08h32)

O Club Med vai encerrar a 31 de Julho o seu resort na ilha de Itaparica, no estado brasileiro da Bahia, indicando que “já não se encontrava à altura das expectativas e exigências dos nossos clientes”.

Projecto de lei aprovado reduz quartos para pessoas com mobilidade reduzida no Brasil

21-03-2019 (18h25)

O projecto de lei que retira o limite ao investimento estrangeiro em companhias aéreas brasileiras também vai alterar pontos na Política Nacional de Turismo do Brasil, como a redução da percentagem do número de quartos para pessoas com mobilidade reduzida.