Meliá prevê abrir “quase 50” hotéis em 2018 e 2019

28-12-2017 (14h39)

Foto: Meliá Hotels International
Foto: Meliá Hotels International

A Meliá prevê abrir “quase 50” hotéis em 2018 e 2019, afirmou o CEO e vice-presidente do grupo hoteleiro, Gabriel Escarrer, convicto de que alguns dos novos hotéis venham a ser “referências a nível internacional”.

Gabriel Escarrer, ao fazer um balanço do ano de 2017 em comunicado, sublinha que a empresa tem “mantido firme” o seu rumo, “aproveitando os ventos favoráveis que têm soprado, como o aumento da procura nos nossos principais destinos do Mediterrâneo Ocidental e Ilhas Canárias induzido pela situação na Turquia e no Norte de África”.

“Mas sobretudo temos continuado a sustentar o nosso Plano Estratégico, focado tanto no portefólio de marcas e produtos da empresa, a sua renovação e reposicionamento, como na transformação cultural e digital do nosso grupo, para fortalecer a nossa liderança num ambiente em mudança e extremamente competitivo”, reforçou o CEO da rede hoteleira.

A Meliá incorporou ao longo deste ano mais de 30 novos hotéis para abrir entre 2018 e 2020, que apenas em 2018 e 2019 a empresa prevê ter “quase 50 aberturas”.

Gabriel Escarrer prevê que alguns “se convertam em referências a nível internacional, como o Gran Meliá Veneza, o ME Dubai, ou o Gran Meliá Maldivas, entre outros”.

Em 2017, a Meliá abriu novos hotéis em lugares como Xangai, Zhengzhou, Hamburgo, Iguazú, Palma, Rio de Janeiro e outros destinos, e renovou várias unidades em Espanha, no Mediterrâneo e nas Caraíbas.

O ano foi marcado pela superação de vários desafios, incluindo “furacões, erupções vulcânicas ou os efeitos da instabilidade internacional, tudo sem deixar de crescer e criar valor”.

O sucesso, diz Escarrer, deve-se “ao profissionalismo dos nossos mais de 45 mil empregados em todo o mundo, a uma sólida e consistente estratégia e à confiança que depositam na nossa empresa os nossos principais ‘stakeholders’”.

“Num mundo cada vez mais frio e impessoal, os valores que inspiram a nossa actuação, como o afecto, a pertença a uma família, a vocação do serviço, a inovação e a atenção personalizada, são mais valiosos e apreciados que nunca e queremos continuar a compartilhá-los”, concluiu Gabriel Escarrer.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Meliá

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Club Med La Pointe aux Canonniers reabre após renovação

18-10-2018 (16h54)

O Club Med La Pointe aux Canonniers, na Maurícia, reabre no dia 10 de Novembro após um processo de renovação, através do qual passou a ter novos quartos, piscina e Spa.

Gastos de turistas franceses em Portugal superam os 500 milhões de euros há três ‘Agostos’ consecutivos

18-10-2018 (16h31)

Os turistas residentes em França são tradicionalmente os turistas com os gastos mais elevados em Portugal nos meses de Agosto e são mesmo os únicos a ultrapassarem os 500 milhões de euros, o que acontece desde 2016.

Gastos de turistas estrangeiros em Portugal sobem em Agosto, apesar terem sido menos no alojamento turístico

18-10-2018 (14h35)

Portugal alcançou em Agosto um novo recorde mensal de gastos de turistas estrangeiros, com um aumento em 9,6% ou 191,68 milhões de euros face ao mês homólogo de 2017, embora tendo registado uma quebra de 2% ou 30,4 mil turistas estrangeiros no alojamento turístico.

Vila Galé já tem acordo para edifício do Vila Galé Paulista em São Paulo - Jorge Rebelo de Almeida

17-10-2018 (17h17)

A Vila Galé já chegou a acordo para a aquisição de um edifício em São Paulo, que pretende transformar no hotel Vila Galé Paulista, o seu primeiro hotel na maior metrópole brasileira, que o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida, avançou ao PressTUR terá 110 quartos, restaurante, bar e piscina.

Construção do Vila Galé Costa do Cacau deverá começar em Abril/Maio – Jorge Rebelo de Almeida

17-10-2018 (17h09)

A construção do Vila Galé Costa do Cacau, um resort com 450 unidades de alojamento em Una, perto de Ilhéus, uma zona da Bahia celebrizada pelos livros de Jorge Amado, deverá começar em Abril/Maio de 2019, para concluir no final de 2020, avançou ao PressTUR o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.