Meliá perspectiva superar a marca de 100 mil quartos em 2020

17-01-2018 (16h46)

Imagem: Meliá
Imagem: Meliá

O CEO da Meliá, Gabriel Escarrer, anunciou hoje na Fitur que perspectiva superar a marca de 100 mil quartos em 2020, incluindo nos cálculos aberturas próximas como o Meliá Maputo e o Innside Liverpool.

Só em 2018 e 2019, a Meliá tem programado abrir 55 hotéis, “um ritmo nunca antes alcançado pelo grupo”, segundo um comunicado.

Entre os investimentos, destacam-se oito hotéis em Cuba, o Meliá Serengeti Lodge, no Parque Natural do Serengeti, o ME Sitges Terramar, em Sitges, o Meliá Iguazu, nas Cataratas, e o ME Dubai, que foi o último hotel desenhado por Zaha Hadid, que faleceu em Março de 2016.

Outra abertura emblemática será o Meliá Maputo, o primeiro da marca em Moçambique, e que segundo a edição online do “El Economista” está previsto abrir entre Abril e Maio deste ano.

A mais recente novidade, porém, é o hotel Innside Liverpool, anunciou Gabriel Escarrer hoje em Madrid, na Fitur. Será o quinto hotel da Meliá no Reino Unido, terá 200 quartos e deverá abrir em 2019, em parceria com o grupo Trinity Mirror.

O CEO da Meliá, segundo um comunicado, destacou que o grupo tem vindo a investir em renovações dos seus hotéis, num montante de cerca de 200 milhões de euros em 2016 e 2017.

Este ano, o grupo prevê investir 75 milhões de euros em renovações das suas unidades hoteleiras em Espanha, em colaboração com os seus sócios e joint ventures.

Gabriel Escarrer salientou que a Meliá também vai continuar a investir em canais de distribuição digitais como o melia.com para o consumidor e o meliapro.com para o segmento B2B (business to business).

Para enfrentar os próximos anos, a Meliá adoptou um novo slogan para a sua marca: “leisure at heart, business in mind”. O objectivo é manter uma posição de liderança no segmento de hotéis de lazer e apostar simultaneamente em hotéis urbanos ou direccionados para viagens de negócios.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Meliá

Clique para mais notícias: Fitur

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Quinta da Pacheca aumenta capacidade hoteleira com investimento de 4,9 milhões de euros

21-06-2018 (11h33)

A unidade hoteleira The Wine House Hotel Quinta da Pacheca, localizada no Douro, está a desenvolver um projecto de renovação e aumento da sua oferta com um investimento de 4,9 milhões de euros.

Be Live Hotels incorpora dois novos hotéis em Varadero

19-06-2018 (11h33)

A Be Live Hotels, divisão hoteleira do grupo Globalia, incorporou dois novos hotéis de 4-estrelas em Varadero, elevando a sua oferta hoteleira em Cuba para 1.502 quartos em sete unidades.

Taxa turística de Gaia começa em Setembro com valores diferentes para época alta e baixa

19-06-2018 (09h42)

A “Taxa de Cidade de Vila Nova de Gaia”, como foi baptizada a taxa turística de Gaia, entra em vigor em Setembro e vai custar dois euros em época alta e metade em época baixa.

Hotelaria portuguesa tem este ano o crescimento mais fraco das dormidas no 1º quadrimestre desde 2013

15-06-2018 (18h01)

O alojamento turístico português terminou o primeiro quadrimestre com um aumento das dormidas em apenas 1,6%, que é a variação mais fraca desde 2013, em que teve um aumento em 0,7% nos primeiros quatro meses.

Proveitos da hotelaria portuguesa resistem ao abrandamento da procura via preços

15-06-2018 (17h58)

Apesar de um abrandamento do crescimento das dormidas para 1,6%, os proveitos mantiveram-se a crescer próximo dos 10%, suportados por um aumento em 7,7% dos proveitos por dormida, com realce para os aumentos em 8,2% nas regiões de Lisboa e Centro.