Meliá perspectiva superar a marca de 100 mil quartos em 2020

17-01-2018 (16h46)

Imagem: Meliá
Imagem: Meliá

O CEO da Meliá, Gabriel Escarrer, anunciou hoje na Fitur que perspectiva superar a marca de 100 mil quartos em 2020, incluindo nos cálculos aberturas próximas como o Meliá Maputo e o Innside Liverpool.

Só em 2018 e 2019, a Meliá tem programado abrir 55 hotéis, “um ritmo nunca antes alcançado pelo grupo”, segundo um comunicado.

Entre os investimentos, destacam-se oito hotéis em Cuba, o Meliá Serengeti Lodge, no Parque Natural do Serengeti, o ME Sitges Terramar, em Sitges, o Meliá Iguazu, nas Cataratas, e o ME Dubai, que foi o último hotel desenhado por Zaha Hadid, que faleceu em Março de 2016.

Outra abertura emblemática será o Meliá Maputo, o primeiro da marca em Moçambique, e que segundo a edição online do “El Economista” está previsto abrir entre Abril e Maio deste ano.

A mais recente novidade, porém, é o hotel Innside Liverpool, anunciou Gabriel Escarrer hoje em Madrid, na Fitur. Será o quinto hotel da Meliá no Reino Unido, terá 200 quartos e deverá abrir em 2019, em parceria com o grupo Trinity Mirror.

O CEO da Meliá, segundo um comunicado, destacou que o grupo tem vindo a investir em renovações dos seus hotéis, num montante de cerca de 200 milhões de euros em 2016 e 2017.

Este ano, o grupo prevê investir 75 milhões de euros em renovações das suas unidades hoteleiras em Espanha, em colaboração com os seus sócios e joint ventures.

Gabriel Escarrer salientou que a Meliá também vai continuar a investir em canais de distribuição digitais como o melia.com para o consumidor e o meliapro.com para o segmento B2B (business to business).

Para enfrentar os próximos anos, a Meliá adoptou um novo slogan para a sua marca: “leisure at heart, business in mind”. O objectivo é manter uma posição de liderança no segmento de hotéis de lazer e apostar simultaneamente em hotéis urbanos ou direccionados para viagens de negócios.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Meliá

Clique para mais notícias: Fitur

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Amadeus concretiza compra da TravelClick por 1,52 mil milhões de dólares

13-08-2018 (18h26)

O Amadeus confirmou já a concretização da compra da TravelClick, que descreve como um reforço do seu portefólio com soluções para a hoteleria designadamente para empresas de média dimensão e independentes.

Apesar da ocupação a cair, subida de preços da hotelaria portuguesa até acelera em Junho

13-08-2018 (17h46)

Os clientes da hotelaria portuguesa pagaram em média este mês de Junho +11% por dormida, ainda que os dados do INE indiquem uma queda da ocupação, tendência que o sector tende normalmente a travar com descidas de preços para estimular a procura.

Hotelaria portuguesa perde 225,7 mil dormidas de estrangeiros em Junho e acaba semestre com menos 132,3 mil

13-08-2018 (16h00)

A hotelaria portuguesa, que estava a viver um ciclo de crescimentos acentuados sustentado pela procura internacional, acabou o primeiro semestre deste ano com queda do número de pernoitas de turistas estrangeiros, em grande medida pela dimensão da quebra em Junho, primeiro mês da época alta, no qual teve menos 225,7 mil (-5,1%) pernoitas de residentes no estrangeiro.

Turistas brasileiros ultrapassam pela primeira vez o milhão de dormidas na hotelaria portuguesa num 1º semestre

13-08-2018 (15h53)

A hotelaria portuguesa somou pela primeira vez num primeiro semestre mais de um milhão de dormidas de turistas residentes no Brasil, que atingiram o total de 1,062 milhões de pernoitas tornando-se, assim, o 5º principal emissor na primeira metade do ano.