Lisboa continua a proporcionar sucessivos recordes de preços aos hotéis

31-05-2019 (15h33)

Os hotéis da cidade de Lisboa praticaram este ano os preços de quartos mais elevados de sempre para um mês de Abril, com 178,87 euros nos 5-estrelas, 100,86 nos 4-estrelas e 84,44 nos 3-estrelas, bem como para um primeiro quadrimestre, respectivamente com 160,53 euros, 86,54 euros e 68,4 euros.

Os dados do Observatório do Turismo de Lisboa divulgados pela Associação de Turismo de Lisboa mostram que em Abril, relativamente ao mês homólogo de 2018, os preços aumentaram 2,5% nos 5-estrelas, 6,2% nos 4-estrelas e 2,5% nos 3-estrelas, e no quadrimestre os aumentos foram em 2,5% em 5,6% e em 1,9%, respectivamente.

Os mesmos dados mostram que esse aumentos permitiram anular as quedas de ocupação ocorridas nos dois períodos e que as três categorias apresentaram aumentos de RevPAR tanto para o mês de Abril como para o quadrimestre.

Em Abril, a subida mais forte da RevPAR foi nos 4-estrelas, em 2,4%, para 87,25 euros, seguindo-se os 3-estrelas, com +2,1%, para 76,19 euros, e depois os 5-estrelas, com +0,7%, para 133,04 euros.

Já no conjunto do quadrimestre, o aumento mais forte é o dos 5-estrelas, com +3,4%, para 100,69 euros, seguindo-se os 3-estrelas, com +2%, para 54,14 euros, e por fim os 4-estrelas, com +0,8%, para 63,21 euros.

Este melhor desempenho dos 5-estrelas em RevPAR deve-se a terem registado uma melhoria da taxa de ocupação, em 0,5 pontos, para 62,73%, ainda assim aquém do melhor registo para o período, que é de 65,32% em 2017.

Os 4-estrelas, que tiveram a subida de preço de quartos mais forte do quadrimestre, tiveram também a mais forte queda da taxa média de ocupação, em 3,5 pontos, para 73,04%, que é o nível mais baixo para um primeiro quadrimestre desde 2016.

Porém, de acordo também com o Observatório, este ano há de novo um aumento da oferta hoteleira da capital, que atinge cerca de 19,8 mil quartos, +4,2% que há um ano e +48,2% que em Abril de 2009.

 

Clique para mais notícias: Observatório do Turismo de Lisboa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Iberostar abre resort de 5-estrelas em Lagos, junto à Meia Praia

11-06-2019 (16h59)

O grupo hoteleiro espanhol Iberostar inaugurou um resort de 5-estrelas com 220 quartos em Lagos, o Iberostar Selection Lagos Algarve, junto à Meia Praia.

Pestana Hotel Group avança com providência cautelar contra dragagens no Sado

06-06-2019 (19h49)

O Pestana Hotel Group, maior grupo hoteleiro português, anunciou hoje que interpôs uma providência cautelar no Tribunal de Loulé a requerer a suspensão imediata do Título de Utilização Privativa do Espaço Marítimo Nacional (TUPEM) concedido à empresa Mota-Engil para dragagens no estuário do Sado.

Dormidas de turistas portugueses na hotelaria de Cabo Verde sobem 5,7% no primeiro trimestre

04-06-2019 (17h51)

Apesar de não incluir o período de férias da Páscoa como em 2018, o primeiro trimestre do ano foi um período de crescimento do turismo português para Cabo Verde, com subidas do número de hóspedes em 7% e do número de dormidas em 5,7%, concluiu o PressTUR a partir dos dados divulgados pelo INE cabo-verdiano.

Hotelaria da ilha do Sal termina primeiro trimestre com +36,5% de dormidas de portugueses

04-06-2019 (17h48)

A ilha do Sal foi o destino cabo-verdiano que mais sobressaiu no primeiro trimestre no mercado emissor português, concluiu o PressTUR a partir dos dados divulgados pelo INE de Cabo Verde, dos quais se pode constatar que a hotelaria do Sal teve aumentos acima de 30% tanto em número de hóspedes como em dormidas.

Reino Unido é cada vez mais o primeiro emissor para Cabo Verde

04-06-2019 (17h46)

O Reino Unido foi a origem de 22,4% dos turistas estrangeiros que estiveram na hotelaria de Cabo Verde e 28,4% das suas dormidas no primeiro trimestre, aumentando as suas quotas do turismo internacional no arquipélago respectivamente em 2,4 e 1,4 pontos.

Noticias mais lidas