Lisboa continua a proporcionar sucessivos recordes de preços aos hotéis

31-05-2019 (15h33)

Os hotéis da cidade de Lisboa praticaram este ano os preços de quartos mais elevados de sempre para um mês de Abril, com 178,87 euros nos 5-estrelas, 100,86 nos 4-estrelas e 84,44 nos 3-estrelas, bem como para um primeiro quadrimestre, respectivamente com 160,53 euros, 86,54 euros e 68,4 euros.

Os dados do Observatório do Turismo de Lisboa divulgados pela Associação de Turismo de Lisboa mostram que em Abril, relativamente ao mês homólogo de 2018, os preços aumentaram 2,5% nos 5-estrelas, 6,2% nos 4-estrelas e 2,5% nos 3-estrelas, e no quadrimestre os aumentos foram em 2,5% em 5,6% e em 1,9%, respectivamente.

Os mesmos dados mostram que esse aumentos permitiram anular as quedas de ocupação ocorridas nos dois períodos e que as três categorias apresentaram aumentos de RevPAR tanto para o mês de Abril como para o quadrimestre.

Em Abril, a subida mais forte da RevPAR foi nos 4-estrelas, em 2,4%, para 87,25 euros, seguindo-se os 3-estrelas, com +2,1%, para 76,19 euros, e depois os 5-estrelas, com +0,7%, para 133,04 euros.

Já no conjunto do quadrimestre, o aumento mais forte é o dos 5-estrelas, com +3,4%, para 100,69 euros, seguindo-se os 3-estrelas, com +2%, para 54,14 euros, e por fim os 4-estrelas, com +0,8%, para 63,21 euros.

Este melhor desempenho dos 5-estrelas em RevPAR deve-se a terem registado uma melhoria da taxa de ocupação, em 0,5 pontos, para 62,73%, ainda assim aquém do melhor registo para o período, que é de 65,32% em 2017.

Os 4-estrelas, que tiveram a subida de preço de quartos mais forte do quadrimestre, tiveram também a mais forte queda da taxa média de ocupação, em 3,5 pontos, para 73,04%, que é o nível mais baixo para um primeiro quadrimestre desde 2016.

Porém, de acordo também com o Observatório, este ano há de novo um aumento da oferta hoteleira da capital, que atinge cerca de 19,8 mil quartos, +4,2% que há um ano e +48,2% que em Abril de 2009.

 

Clique para mais notícias: Observatório do Turismo de Lisboa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Convento do Carmo em Moura vai ser um 4-estrelas após investimento de seis milhões

21-08-2019 (21h22)

A Sociedade de Promoção de Projetos Turísticos e Hoteleiros (SPPTH), gestora do Convento do Espinheiro, em Évora, venceu a concessão do Convento do Carmo, em Moura, que irá converter num hotel de 4-estrelas para abrir em 2022, após um investimento de seis milhões de euros.

RIU Palmeras reabre após investimento de 22 milhões de euros

20-08-2019 (15h02)

A RIU Hotels & Resorts anunciou que reabriu o seu primeiro hotel localizado na Gran Canária, o Riu Palmeras, após uma renovação em que investiu 22 milhões de euros.

Trabalhadores dos hotéis da Fundação INATEL estão hoje em greve

16-08-2019 (12h43)

Os trabalhadores do sector hoteleiro da Fundação INATEL estão hoje em greve para reivindicar melhorias salariais e a um horário de trabalho de 35 horas semanais.

EUA subiram em Junho a maior mercado fora da Europa para a hotelaria portuguesa

14-08-2019 (17h00)

Os turistas residentes nos Estados Unidos foram no mês de Junho os não europeus que fizeram mais dormidas na hotelaria portuguesa, ultrapassando os brasileiros, e cotaram-se como o 5º principal emissor internacional, a seguir a Reino Unido, Alemanha, França e Espanha.

Turistas vêm mais a Portugal, mas ficam cada vez menos tempo

14-08-2019 (16h52)

O alojamento turístico português viu-se mais uma vez confrontado em Junho com um maior afluxo de turistas estrangeiros que não se traduz na mesma proporção em dormidas, porque a estada média cai desde pelo menos 2013, tendo pela primeira vez sido inferior às três noites.

Noticias mais lidas