Kifaru House integra Elewana Collection e abre reservas a individuais

30-04-2018 (16h30)

Imagem: Minor Hotels
Imagem: Minor Hotels

O hotel de luxo para safaris Kifaru House, no Quénia, que apenas permitia reservas de grupos, passou a integrar a rede Elewana Collection, onde a Minor Hotels tem uma participação de 50%, passando assim a ter disponíveis reservas para viajantes individuais.

A Kifaru House encontra-se no Quénia, na Lewa Wildlife Conservancy, que em conjunto com a Borana Wildlife Conservancy, acolhe 66 rinocerontes negros e 62 rinocerontes brancos, segundo um comunicado divulgado pela Minor Hotels.

A unidade hoteleira, cujo nome significa rinoceronte em swahili, dispõe de cinco cabanas privadas, uma das quais com dois quartos, ideal para famílias, e quatro com um quarto.

No edifício principal é possível desfrutar do serviço de bar e relaxar junto de uma das duas lareiras, enquanto que o terraço fornece o palco ideal para apreciar o céu estrelado.

As actividades possíveis incluem safaris diurnos e nocturnos, passeios, visitas culturais a uma aldeia local e a um sítio arqueológico, ou simplesmente relaxar na piscina aquecida com vista para o Monte Quénia.

As instalações da Kifaru House foram erguidas com recurso a material local de acordo com as estruturas da região e de forma a ter o mínimo impacto ambiental. No que diz respeito a consumo, esta unidade conta com painéis solares e um sistema de reciclagem de água com um sistema de irrigação.

A Lewa Wildlife Conservancy contribui activamente para a protecção e gestão da fauna da região e oferece apoio às comunidades locais através de programas de consciencialização da importância do valor da vida selvagem.

Em comunicado, a Minor Hotels destaca o contributo da Conservancy para a redução do declínio de espécies da região, nomeadamente os rinocerontes.

A Conservancy dedica-se também a projectos de fornecimento de água a comunidades locais, oferece acesso a serviços de saúde nas suas quatro clínicas, facilita o acesso a educação para adultos e crianças, e promove um programa de micro-crédito para mulheres.

Os hóspedes da Kifaru House estão convidados a visitar o Joint Operations Centre e conhecer a equipa anti-caçadores no Norte do Quénia.

As instalações da Kifaru House e da Elewana Lewa Safari Camp são propriedade da Conservancy, e "todos os lucros e taxas de conservação gerados pelos campos são re-investidos directamente na conservação e em iniciativas comunitárias", afirmou James Haigh, director de vendas e marketing para a Elewana Collection.

O director de vendas também manifestou a sua satisfação por "terem sido seleccionados pela criticamente importante Lewa / Borana Wildlife Conservancy para gerir a Kifaru House além do Elewana Lewa Safari Camp".

A Elewana Collection, cujo nome significa harmonia ou compreensão em kiswahili, conta agora com 16 propriedades de luxo como acampamentos de luxo, lodges e boutique beach hotels na Tanzânia, na ilha de Zanzibar e no Quénia, das quais se destaca o conforto e a preservação.

 

Clique para ver mais: África

Clique para ver mais: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

VIP Hotels abre hotel de 4-estrelas em Picoas, Lisboa

25-03-2019 (17h59)

A VIP Hotels anunciou a inauguração do VIP Executive Picoas Hotel, em Lisboa, uma unidade de 4-estrelas com 131 quartos, bar, restaurante e uma sala para reuniões e eventos.

Vila Galé Douro Vineyards abre na próxima segunda-feira

25-03-2019 (16h08)

A Vila Galé anunciou que vai abrir em ‘soft opening’ na próxima segunda-feira, dia 1 de Abril, o seu novo hotel no Norte de Portugal, o Vila Galé Douro Vineyards, que terá exposta uma obra de Saimir Strati, um artista plástico premiado com dez recordes mundiais do Guinness.

Oásis Atlântico nomeia Gonçalo Ramos director dos seus hotéis em Saïdia

25-03-2019 (12h27)

O grupo hoteleiro Oásis Atlântico contratou Gonçalo Ramos, ex-director do resort Villa Termal Caldas de Monchique, para o cargo de director dos seus dois novos hotéis na zona balnear de Saïdia, Marrocos, previstos abrir no final de Maio.

Club Med fecha resort na ilha de Itaparica, na Bahia

22-03-2019 (08h32)

O Club Med vai encerrar a 31 de Julho o seu resort na ilha de Itaparica, no estado brasileiro da Bahia, indicando que “já não se encontrava à altura das expectativas e exigências dos nossos clientes”.

Projecto de lei aprovado reduz quartos para pessoas com mobilidade reduzida no Brasil

21-03-2019 (18h25)

O projecto de lei que retira o limite ao investimento estrangeiro em companhias aéreas brasileiras também vai alterar pontos na Política Nacional de Turismo do Brasil, como a redução da percentagem do número de quartos para pessoas com mobilidade reduzida.