Hotelaria portuguesa tem até Novembro mais meio milhão de hóspedes que em todo o ano de 2016...

15-01-2018 (13h54)

A hotelaria portuguesa atingiu no fim de Novembro um novo recorde anual de hóspedes alojados e dormidas, com mais meio milhão de clientes e mais 1,5 milhões de dormidas que em todo o ano de 2016, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE.

No fim de Novembro, o alojamento turístico português somava 19,46 milhões de hóspedes, +8,7% ou mais 1,56 milhões que nos primeiros onze meses de 2016 e, também, +2,6% ou mais 500,9 mil que em todo o ano de 2016.

A análise aos dados do INE efectuada pelo PressTUR mostrou que apenas na Madeira não foi batido no final de Novembro o total de hóspedes de 2016, tendo ficado abaixo em 13,2 mil, com 1,352 milhões.

A região Centro esteve no pólo oposto, com o maior aumento em relação ao total de 2016, em 176,9 mil, seguida por Lisboa com mais 134,8 mil, Algarve com mais 62 mil, Açores com mais 59,7 mil, Alentejo com mais 54 mil e Norte com mais 26,6 mil.

Com 5,782 milhões de hóspedes, o alojamento turístico da Região de Lisboa é, no entanto o que tem o maior aumento no fim de Novembro de 2017 em relação ao período homólogo de 2016, com mais 494,4 mil.

Segue-se então a Região Centro com mais 355,8 mil, o Porto e Norte com mais 276,1 mil, o Algarve com mais 183,8 mil, o Alentejo com mais 102,1 mil, os Açores com mais 81 mil e a Madeira com mais 65,8%.

Os Açores foram, no entanto, a Região onde o alojamento turístico teve o maior aumento relativo, com +16,6%, seguindo-se ainda com aumentos acima do aumento médio a nível nacional (+8,7%) o Centro com +13,4%, o Alentejo com +12,3% e Lisboa com +9,4%.

Depois estiveram o Porto e Norte com +7,8%, a Madeira com +5,1% e o Algarve com +4,8%.

 

Para ler mais sobre o balanço da hotelaria portuguesa no fim de Novembro de 2017 clique:

... e mais 1,57 milhões de dormidas de turistas estrangeiros

RevPAR da hotelaria portuguesa sobe 15% em Novembro com proveitos de quartos a dispararem 17,4%

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotéis 5-estrelas e alojamento local são as unidades com maiores aumentos de dormidas até Abril

17-06-2019 (16h59)

Os hotéis de 5-estrelas, com mais 117,9 mil dormidas nos primeiros quatro meses deste ano que no período homólogo de 2018 e os alojamentos locais, com mais 165,2 mil, são os estabelecimentos que maiores aumentos de dormidas tiveram no primeiro quadrimestre, em que o alojamento turístico português somou 16,67 milhões de dormidas, em alta de 3,9% ou 618,7 mil.

Portugal ultrapassa quatro milhões de turistas estrangeiros no primeiro quadrimestre

17-06-2019 (15h46)

Portugal teve 4.038,8 mil turistas residentes no estrangeiro em estabelecimentos de alojamento durante o primeiro quadrimestre, com um aumento em 5,6% ou cerca de 214 mil relativamente ao período homólogo de 2018.

INE realça ‘efeito Páscoa’ nos resultados da hotelaria portuguesa em Abril

17-06-2019 (11h48)

“Estes resultados foram influenciados pelo efeito do período de férias associado à Páscoa, que este ano ocorreu em meados de Abril, enquanto no ano anterior teve influência repartida entre Março e Abril”, assinala o INE ao revelar que em Abril o alojamento turístico português teve taxas de crescimento do nível que registou até 2018.

Iberostar abre resort de 5-estrelas em Lagos, junto à Meia Praia

11-06-2019 (16h59)

O grupo hoteleiro espanhol Iberostar inaugurou um resort de 5-estrelas com 220 quartos em Lagos, o Iberostar Selection Lagos Algarve, junto à Meia Praia.

Pestana Hotel Group avança com providência cautelar contra dragagens no Sado

06-06-2019 (19h49)

O Pestana Hotel Group, maior grupo hoteleiro português, anunciou hoje que interpôs uma providência cautelar no Tribunal de Loulé a requerer a suspensão imediata do Título de Utilização Privativa do Espaço Marítimo Nacional (TUPEM) concedido à empresa Mota-Engil para dragagens no estuário do Sado.

Noticias mais lidas