Hotel e espaço comercial do Centro Cultural de Belém vão custar entre 60 e 70 milhões de euros

28-11-2018 (15h51)

Foto: www.ccb.pt
Foto: www.ccb.pt

Concurso internacional abre na quinta-feira

O hotel e o espaço comercial do projecto original do Centro Cultural de Belém, em Lisboa, vão custar entre 60 e 70 milhões de euros, e o promotor irá pagar no mínimo uma ‘renda’ anual de 900 mil euros.

O anúncio foi hoje feito pelo presidente da Fundação Centro Cultural de Belém (FCCB), Elísio Summavielle, que adiantou ainda que na quinta-feira será lançado um procedimento público internacional para “subcessão do direito de superfície dos terrenos” onde serão construídos os módulos 4 e 5 do projecto, correspondente ao hotel e ao espaço comercial.

O concurso público estava previsto ser lançado até ao início do Verão, disse Elísio Summavielle à Lusa em meados de Março (clique para ler: Concurso para construção de um hotel no CCB deverá ser lançado até ao início do Verão).

Os terrenos em causa pertencem ao Estado e foram cedidos à FCCB, que, por sua vez, vai ‘alugá-los’ por um período de 50 anos.

O hotel, que será de 4-estrelas ou superior, e uma galeria comercial, com construção adiada desde há 25 anos, são da autoria dos arquitetos Vittorio Gregotti e Manuel Salgado (atual vereador do Urbanismo em Lisboa) e foram desenhados em 1989.

Elísio Summavielle fez hoje o anúncio público do empreendimento CCB New Development, que está previsto desde a inauguração do espaço, iniciando-se assim a plena concretização do projeto inicial “Cidade Aberta”, preconizado por Gregotti e Salgado.

A partir de quinta-feira os interessados poderão apresentar as suas propostas no concurso internacional.

Elísio Summavielle avançou ainda ter conhecimento de interessados “quer nacionais, quer internacionais”, e revelou que, desde que assumiu a presidência e revelou ser seu desejo terminar o projeto inicial do CCB durante o seu mandato, foi questionado por várias vezes sobre quando abriria o concurso.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

VIP Hotels abre hotel de 4-estrelas em Picoas, Lisboa

25-03-2019 (17h59)

A VIP Hotels anunciou a inauguração do VIP Executive Picoas Hotel, em Lisboa, uma unidade de 4-estrelas com 131 quartos, bar, restaurante e uma sala para reuniões e eventos.

Vila Galé Douro Vineyards abre na próxima segunda-feira

25-03-2019 (16h08)

A Vila Galé anunciou que vai abrir em ‘soft opening’ na próxima segunda-feira, dia 1 de Abril, o seu novo hotel no Norte de Portugal, o Vila Galé Douro Vineyards, que terá exposta uma obra de Saimir Strati, um artista plástico premiado com dez recordes mundiais do Guinness.

Oásis Atlântico nomeia Gonçalo Ramos director dos seus hotéis em Saïdia

25-03-2019 (12h27)

O grupo hoteleiro Oásis Atlântico contratou Gonçalo Ramos, ex-director do resort Villa Termal Caldas de Monchique, para o cargo de director dos seus dois novos hotéis na zona balnear de Saïdia, Marrocos, previstos abrir no final de Maio.

Club Med fecha resort na ilha de Itaparica, na Bahia

22-03-2019 (08h32)

O Club Med vai encerrar a 31 de Julho o seu resort na ilha de Itaparica, no estado brasileiro da Bahia, indicando que “já não se encontrava à altura das expectativas e exigências dos nossos clientes”.

Projecto de lei aprovado reduz quartos para pessoas com mobilidade reduzida no Brasil

21-03-2019 (18h25)

O projecto de lei que retira o limite ao investimento estrangeiro em companhias aéreas brasileiras também vai alterar pontos na Política Nacional de Turismo do Brasil, como a redução da percentagem do número de quartos para pessoas com mobilidade reduzida.