Hotel de São Luís do Maranhão deixa de fazer parte do Pestana Hotel Group

09-04-2018 (17h52)

Foto: Pestana São Luís
Foto: Pestana São Luís

O Pestana Hotel Group, que já em 2016 vendera o seu hotel em São Luís do Maranhão, mantendo-o no entanto na rede em regime de franchising, desde dia 1 que já não conta mais com essa unidade hoteleira que adquirira em 2006, na fase em que estava em expansão no Brasil.

“Gostaríamos de informá-los que a partir de 01.04.2018 o hotel Pestana São Luis, localizado em São Luis do Maranhão, deixará de pertencer ao portfólio do Pestana Hotel Group”, indica essa nota, assinada por Cristiane Roquetti, gerente nacional de Vendas no Brasil.

O grupo hoteleiro português agradece “a parceria de todos” durante o período em que esteve “à frente da administração do empreendimento”, que era o antigo São Luís Park Hotel, localizado na Praia do Calhau (clique para ler: Grupo Pestana em fase final de negociação para integrar hotel em São Luís do Maranhão).

O grupo já tinha vendido o hotel em São Luís do Maranhão em 2016 mas manteve a unidade na sua rede em regime de franchise (clique para ler: Pestana vende hotel do Maranhão, mas mantém-no na rede em franchise).

Em Novembro desse ano, o CEO do Grupo Pestana, José Theotónio, em declarações à imprensa no âmbito do congresso da AHP realizado em 2016 nos Açores, afirmou que o grupo já tinha encerrado o ciclo de desinvestimentos no Brasil e agora tratava-se de rentabilizar activos e espreitar oportunidades, bem como especificou que o Brasil deixou de ser um mercado prioritário para o grupo (para ler mais clique: Rentabilizar activos e espreitar oportunidades é a estratégia do Grupo Pestana para o Brasil).

No ano seguinte, em Março de 2017, o grupo deixou o Pestana Rio Barra (clique para ler: Pestana deixa mais um hotel no Brasil – Pestana Rio Barra passa a Laghetto Stilo Barra Rio).

O hotel Pestana São Luís já não consta na lista de hotéis apresentada pelo grupo no seu website, que assim apenas apresenta cinco unidades do Brasil, designadamente o Pestana Rio Atlântica, no Rio de Janeiro, o Pestana Curitiba, em Curitiba, o Pestana São Paulo e as duas unidades em Salvador da Bahia, designadamente o Pestana Bahia Lodge e o Pestana Convento do Carmo.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Brasil

Clique para mais notícias: Pestana

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Apoios do Governo para projectos turísticos no interior de Portugal ascendem a 310 milhões de euros

15-02-2019 (17h11)

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, afirmou hoje que o Governo apoiou com cerca de 310 milhões de euros investimentos no sector do turismo no interior do país, no âmbito dos programas Valorizar e Portugal 2020.

Espanha foi o único dos grandes emissores europeus a crescer em 2018 na hotelaria portuguesa

14-02-2019 (16h26)

Quatro dos cinco principais emissores europeus para a hotelaria portuguesa evoluíram em baixa no ano passado, acumulando uma quebra de 1,3 milhões de dormidas, que apenas muito parcialmente foi compensada pelo aumento da única excepção, de Espanha, cujos residentes fizeram mais 78,3 mil que em 2017.

Estados Unidos foram emissor internacional que mais aumentou dormidas na hotelaria portuguesa em 2018

14-02-2019 (16h21)

Os Estados Unidos subiram em 2018 a 7º principal emissor internacional para a hotelaria portuguesa, ultrapassando a Irlanda, por um aumento de 313,2 mil pernoitas, que foi o maior do ano de todos os mercados internacionais, seguido pelo Brasil, com mais 189,8 mil, e Canadá, com mais 105,5 mil.

Subida de preços garante 6º ano consecutivo de subida de proveitos da hotelaria portuguesa

14-02-2019 (16h16)

A hotelaria portuguesa manteve em 2018 a tendência de subida de proveitos que iniciou em 2013, mas com suporte apenas nos preços, o que levou a um acentuado abrandamento do crescimento das receitas, que foi superior a 17% nos anos de 2016 e 2017 e no ano passado baixou para 6,5%.

IHG compra dona do Six Senses Douro Valley por 265 milhões de euros

14-02-2019 (14h35)

O InterContinental Hotels Group (IHG) comprou a Six Senses Hotels Resorts Spas, que, entre outros hotéis, gere desde 2015 o Six Senses Douro Valley, em Lamego, por 300 milhões de dólares, cerca de 265 milhões de euros.