Hotéis de Macau ultrapassaram em Novembro os 90% de taxa média de ocupação

29-12-2017 (15h46)

Os hotéis de Macau fecharam o mês de Novembro com uma taxa média de ocupação dos quartos de 90,8%, com 91,3% nos 5-estrelas e 93,7% nos 4-estrelas, de acordo com a informação divulgada hoje pela Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) do território.

A informação indica que relativamente a Novembro de 2016 a taxa média de ocupação dos quartos subiu 3,3 pontos, com +4,6 pontos nos 5-estrelas e +0,9 nos 4-estrelas, apesar de um aumento do número de quarto disponíveis em 2,6%, para 36,4 mil, 22,3 mil dos quais em hotéis 5-estrelas, com um aumento em 2,9%, e 7,7 mil nos 4-estrelas, como há um ano.

Os ganhos de taxa de ocupação reflectem, assim, um aumento do número de hóspedes alojados em hotéis, de 1,9% para 1,1 milhões, mantendo-se a estada média em 1,4 noites.

Nos 5-estrelas, segundo os números da DSEC, a subida da taxa de ocupação reflecte um aumento do número de hóspedes em 2,4%, para 596,4 mil, e também uma subida da estada média de 1,5 para 1,6 noites,

Os 4-estrelas, por sua vez, tiveram um aumento do número de hóspedes em 1,3%, para 314 mil, mas a estada média manteve-se em 1,2 noites.

Para o conjunto dos meses de Janeiro a Novembro deste ano, a DSEC indica um aumento da taxa média de ocupação dos hotéis em 3,7 pontos, para 86,9%, com +4,0 pontos nos 5-estrelas, para 87,1%, +3,2 pontos nos 4-estrelas, para 88,9%, +3,2 pontos nos 3-estrelas, para 84,4%, e +7,5 pontos nos 2-estrelas, para 74,9%.

Os hotéis de Macau, de acordo com os mesmos dados, somaram 11,79 milhões de hóspedes nesses 11 meses, em alta de 10,4%, com uma estada média também em alta de 1,4 para 1,5 noites.

Os 5-estrelas, categoria com mais capacidade, somam 6,41 milhões de hóspedes com uma estada média de 1,6 noites, os 4-estrelas somam 3,3 milhões de hóspedes com uma estada média de 1,3 noites, os 3-estrelas têm 1,8 milhões de hóspedes com uma estada média de 1,4 noites e os 2-estrelas têm 269,9 mil hóspedes com uma estada média de 1,2 noites.

Relativamente ao período homólogo de 2016, o aumento do número de hóspedes em 10,4% ou 1,11 milhões compreende aumentos em 6,4% ou 386,6 mil nos 5-estrelas, 4,1% ou 129,8 mil nos 4-estrelas, 48,3% ou 587,5 mil nos 3-estrelas e 2,6% ou 6,8 mil nos 2-estrelas

 

Clique para mais notícias: Macau

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Atlas Palais Médina & Spa Fès: um 5-estrelas aos portões da medina de Fez

16-08-2018 (16h24)

O 5-estrelas Atlas Palais Médina & Spa Fès, de 146 quartos, é ideal para os visitantes da cidade imperial marroquina de Fez que queiram ficar perto da medina, mas que desejem também instalações de um hotel moderno de cidade.

Alojamento em Fez: Dentro e fora da medina

16-08-2018 (16h05)

Os 5-estrelas Fes Marriott Hotel Jnan Palace e Riad Fès Relais & Chateâux são opções de alojamento em Fez na zona moderna da cidade, construída durante o período do protectorado francês, no primeiro cado, e para um autêntico riade de luxo no interior da medina, no segundo.

Michlifen Resort & Golf: Uma unidade de luxo na "Pequena Suíça" de Marrocos

16-08-2018 (14h58)

O 5-estrelas Michlifen Resort & Golf é uma unidade de luxo na "Pequena Suíça" marroquina, a cidade de Ifrane, e tira partido das paisagens do Médio Atlas e do clima da região, que se cobre com um manto de neve no Inverno e beneficia de uma brisa suave durante o Verão.

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Amadeus concretiza compra da TravelClick por 1,52 mil milhões de dólares

13-08-2018 (18h26)

O Amadeus confirmou já a concretização da compra da TravelClick, que descreve como um reforço do seu portefólio com soluções para a hoteleria designadamente para empresas de média dimensão e independentes.