Hotéis Accor na Península Ibérica tiveram aumento da RevPAR em 7,2% no 1º trimestre

20-04-2018 (10h50)

Grupo assinala recuperação no Brasil, à excepção do Rio de Janeiro

Os hotéis do grupo Accor na Península Ibérica tiveram um aumento da receita de quartos por quarto disponível (RevPAR) de 7,2%, que compara com um aumento médio na Europa de 4,6% e 5,3% a nível global.

A informação do grupo, um dos maiores do mundo, com 619.058 quartos em 4.304 quartos, especifica que o aumento da sua RevPAR em 5,3%, para 56 euros, foi com subidas da taxa média de ocupação em dois pontos, para 64,5%, e um aumento do preço médio em 2,1%, para 86 euros.

Na Europa, o aumento da RevPAR média em 4,6%, para 50 euros, foi com subida da taxa média de ocupação em 1,5 pontos, para 63,2%, e aumento do preço médio em 2,2%, para 78 euros.

A informação especifica que no segmento luxo e topo de gama na Europa o aumento da RevPAR foi de 4,3%, para 97 euros, no segmento médio de gama foi de 4,9%, para 56 euros, e no segmento económico foi em 4,7%, para 38 euros.

O grupo especifica que essa subidas foram proporcionadas simultaneamente por aumentos do preço médio (+1,8% no segmento luxo e topo de gama, para 156 euros, 1,7% no médio de gama, para 89 euros, e 2,7% no económico, para 60 euros) e da taxa de ocupação (+1,5 pontos no luxo e topo de gama, para 62%, +1,9 pontos no médio de gama, para 62,9%, e +1,2 pontos no económico, para 63,5%).

A região onde a Accor teve a subida mais forte da RevPAR foi a América do Sul, com uma subida em 13,9%, para 32 euros, com o grupo a especifica que o impulso veio principalmente da sua actividade no Brasil, “com uma muito pronunciada aceleração por todo o país, à excepção do Rio, onde o excesso de capacidade decorrente dos Jogos Olímpicos e as tensões sociais continuam a penalizar a procura”.

 

Clique para mais notícias: Accor

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Airbnb vai passar a identificar oferta de particulares e profissionais

21-09-2018 (09h30)

A empresa Airbnb comprometeu-se a proceder até final do ano às alterações reclamadas pela Comissão Europeia em matéria de defesa do consumidor, que implicam passar a identificar oferta de particulares e profissionais e apresentar preços totais das reservas, incluindo taxas suplementares.

Holiday Inn Porto Gaia reduz uso de plástico

20-09-2018 (18h26)

O hotel Holiday Inn Porto Gaia anunciou que vai reduzir a utilização de plástico nas suas instalações, tendo já avançado para a remoção de palhinhas e copos de plástico das suas máquinas de café.

Kimpton abre o seu primeiro hotel no Reino Unido em Outubro

19-09-2018 (19h04)

O Kimpton Fitzroy London, instalado no edifício do antigo Hotel Russell, cujo design inspirou a sala de jantar do navio Titanic, vai ser a primeira unidade hoteleira da Kimpton Hotels & Restaurants no Reino Unido, aquando da sua inauguração em Outubro.

Riu Hotels compra edifício em Londres para o seu primeiro hotel no Reino Unido

19-09-2018 (18h58)

A Riu Hotels & Resorts anunciou a compra de um edifício no centro de Londres para abrir o seu primeiro hotel num país cuja nacionalidade representa “grande percentagem da clientela Riu nas Caraíbas e em Espanha”.

Hotéis portugueses também resvalaram para queda de dormidas no mês de Julho

17-09-2018 (16h31)

Os hotéis, as pousadas e os aldeamentos são os únicos estabelecimentos de alojamento turístico que no fim de Julho ainda estão com aumento de dormidas este ano, mas o último mês do período já foi também de quebra, ainda que menor que a média do sector, em 1,5%, segundo os dados do INE.