Green Pearls promove dois “hotéis inteiramente vegan” em Itália

06-04-2018 (18h48)

A Green Pearls anunciou que acrescentou duas unidades hoteleiras “inteiramente vegan” à sua rede de parceiros, designadamente o I Pini, na Toscânia, e o La Vimea, no Norte de Itália.

O I Pini, em San Gimignano, e o La Vimea, no Alto Ádige, integram a rede de parceiros da Green Pearls na secção de "vegan hotels", cujos padrões restritos abrangem todas as áreas dos hotéis.

Em comunicado, a Green Pearls define veganismo como uma forma de viver sem recurso a produtos animais, que engloba não apenas a alimentação, mas todo o estilo de vida, sendo que nestas unidades tudo o que foi desenvolvido pode ser devolvido à Natureza e foi feito sem recurso a testes em animais.

"Os edifícios são construídos utilizando apenas materiais naturais como cânhamo, pedra calcária ou terracota", enquanto que "o mobiliário consiste em madeira e linho, tinta natural e outros materiais naturais - vegan, obtidos através de comércio justo e orgânicos".

A abordagem vai mais longe: os colchões são biodegradáveis, os lençóis são produzidos com recurso a algodão obtido via comércio justo, os detergentes utilizados na lavandaria são vegan e eco-friendly, e os produtos de casa-de-banho não têm ingredientes animais nem foram desenvolvidos com testes em animais.

Estes hotéis também não têm materiais em cabedal, seda ou penugem nas suas instalações.

Na cozinha, o I Pini e o La Vimea utilizam produtos provenientes da sua agricultura orgânica vegan, sem recurso a estrume animal, e produtos adquiridos a produtores locais e regionais.

O I Pini é apresentado como uma “villa histórica” com a sua própria quinta, rodeada por vinhas e olivais em San Gimignano, na romântica região da Toscânia.

O edifício, que data do século XVI, foi renovado em 2017 com recurso a materiais naturais como pedra calcária e palha de arroz nas paredes, e barro e madeira nos quartos.

A plantação de açafrão, que já fazia parte da história da quinta, foi mantida e encontra-se a par com as produções orgânicas de vinho, azeite e diferentes tipos de fruta e vegetais.

Uma das principais atracções desta unidade é o seu terraço panorâmico, que permite apreciar a região envolvente.

O 4-estrelas La Vimea, inaugurado em 2016, é uma unidade hoteleira exclusivamente para adultos no Norte de Itália, na região do Alto Ádige, e conta com um parque, uma piscina de água salgada e um lago natural onde é possível dar umas braçadas.

O hotel promove um tipo de cozinha vegan criativa 'regado' com vinho proveniente do cultivo biodinâmico do hotel, além de promover tratamentos ayurvédicos.

A Green Pearls é uma plataforma de comunicação e informação para divulgar locais sustentáveis, incluindo hotéis e restaurantes.

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para mais propostas: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Amadeus concretiza compra da TravelClick por 1,52 mil milhões de dólares

13-08-2018 (18h26)

O Amadeus confirmou já a concretização da compra da TravelClick, que descreve como um reforço do seu portefólio com soluções para a hoteleria designadamente para empresas de média dimensão e independentes.

Apesar da ocupação a cair, subida de preços da hotelaria portuguesa até acelera em Junho

13-08-2018 (17h46)

Os clientes da hotelaria portuguesa pagaram em média este mês de Junho +11% por dormida, ainda que os dados do INE indiquem uma queda da ocupação, tendência que o sector tende normalmente a travar com descidas de preços para estimular a procura.

Hotelaria portuguesa perde 225,7 mil dormidas de estrangeiros em Junho e acaba semestre com menos 132,3 mil

13-08-2018 (16h00)

A hotelaria portuguesa, que estava a viver um ciclo de crescimentos acentuados sustentado pela procura internacional, acabou o primeiro semestre deste ano com queda do número de pernoitas de turistas estrangeiros, em grande medida pela dimensão da quebra em Junho, primeiro mês da época alta, no qual teve menos 225,7 mil (-5,1%) pernoitas de residentes no estrangeiro.

Turistas brasileiros ultrapassam pela primeira vez o milhão de dormidas na hotelaria portuguesa num 1º semestre

13-08-2018 (15h53)

A hotelaria portuguesa somou pela primeira vez num primeiro semestre mais de um milhão de dormidas de turistas residentes no Brasil, que atingiram o total de 1,062 milhões de pernoitas tornando-se, assim, o 5º principal emissor na primeira metade do ano.