Grande Hotel de Luso assume a gestão das Termas de Luso

09-02-2017 (15h59)

As Termas de Luso, renovadas em 2008 com um investimento de três milhões de euros, vão passar a ser geridas pelo Grande Hotel de Luso, para “disponibilizar uma oferta turística, de saúde e bem-estar relevante e alinhada”.

As termas, concessionadas à Sociedade da Água de Luso, e o Grande Hotel de Luso, da Fundação Bissaya Barreto, anunciaram em comunicado que o objectivo do acordo é “disponibilizar uma oferta turística, de saúde e bem-estar relevante e alinhada a todos que procuram o destino único do Luso-Bussaco”.

Nesse sentido, Nuno Pinto de Magalhães, gerente das termas, citado em comunicado, afirma estar certo de que “o alinhamento entre as Termas e o Grande Hotel vão trazer benefícios para todos os envolvidos, nomeadamente para os turistas que nos visitarem, sendo o modelo de sucesso seguido por outras estâncias termais, quer em Portugal, quer por esse mundo fora”.

Para João Diniz, presidente do Conselho de Administração do Grande Hotel de Luso, “esta parceria permitirá valorizar a Estância Termal de Luso, fomentando um recurso endógeno inimitável, criando assim condições para aumentar a atractividade do território Luso-Bussaco através de uma oferta integrada que dará resposta ativa à crescente procura de serviços associados ao turismo de saúde e ao turismo de bem-estar”.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Quinta da Pacheca aumenta capacidade hoteleira com investimento de 4,9 milhões de euros

21-06-2018 (11h33)

A unidade hoteleira The Wine House Hotel Quinta da Pacheca, localizada no Douro, está a desenvolver um projecto de renovação e aumento da sua oferta com um investimento de 4,9 milhões de euros.

Be Live Hotels incorpora dois novos hotéis em Varadero

19-06-2018 (11h33)

A Be Live Hotels, divisão hoteleira do grupo Globalia, incorporou dois novos hotéis de 4-estrelas em Varadero, elevando a sua oferta hoteleira em Cuba para 1.502 quartos em sete unidades.

Taxa turística de Gaia começa em Setembro com valores diferentes para época alta e baixa

19-06-2018 (09h42)

A “Taxa de Cidade de Vila Nova de Gaia”, como foi baptizada a taxa turística de Gaia, entra em vigor em Setembro e vai custar dois euros em época alta e metade em época baixa.

Hotelaria portuguesa tem este ano o crescimento mais fraco das dormidas no 1º quadrimestre desde 2013

15-06-2018 (18h01)

O alojamento turístico português terminou o primeiro quadrimestre com um aumento das dormidas em apenas 1,6%, que é a variação mais fraca desde 2013, em que teve um aumento em 0,7% nos primeiros quatro meses.

Proveitos da hotelaria portuguesa resistem ao abrandamento da procura via preços

15-06-2018 (17h58)

Apesar de um abrandamento do crescimento das dormidas para 1,6%, os proveitos mantiveram-se a crescer próximo dos 10%, suportados por um aumento em 7,7% dos proveitos por dormida, com realce para os aumentos em 8,2% nas regiões de Lisboa e Centro.