DoubleTree by Hilton Lisbon teve o melhor ano de sempre em 2017 – Gonçalo Coelho de Sousa, director

09-03-2018 (17h05)

Foto: DoubleTree by Hilton Lisbon
Foto: DoubleTree by Hilton Lisbon

O DoubleTree by Hilton Lisbon teve em 2017 "um ano recorde a todos os níveis", revelou ao PressTUR o seu director, Gonçalo Coelho de Sousa.

 

PressTUR: Qual é o balanço de 2017 no DoubleTree Lisbon?

Gonçalo Coelho de Sousa: É excelente. Foi um ano recorde a todos os níveis. Também foi um ano muito positivo para nós porque concluímos o projecto dos 21 quartos adicionais da nova ala, que nos oferecem mais diversidade. Temos três tipologias totalmente diferentes que vêm complementar a nossa oferta, casando perfeitamente com o design com assinatura da Nini Andrade Silva, porque foi ela também que desenhou também toda a nova ala. Concluímos os 21 quartos adicionais em Setembro e agora temos 160 quartos.

 

PressTUR: E sobre o desempenho?

Gonçalo Coelho de Sousa: A performance que fizemos em 2017 foi acima das perspectivas mais ambiciosas que nós tínhamos.

 

PressTUR: Foi o vosso melhor ano?

Gonçalo Coelho de Sousa: Foi, sem dúvida.

 

PressTUR: Qual é a época em hotel tem mais procura?

Gonçalo Coelho de Sousa: A melhor época do hotel é entre Maio/Junho e Setembro/Outubro. São os meses mais importantes não só pelo business mix muito variado, mas também porque é a altura em que nós conseguimos optimizar ao máximo o nosso RevPAR.

 

Continua:

“Portugal tem tudo para crescer”, mas precisa de mais condições – Gonçalo Coelho de Sousa

 

Para ler a entrevista completa clique:

Mercado norte-americano cresce todos os anos no DoubleTree by Hilton Lisbon – Gonçalo Coelho de Sousa, director

Portugal está a atrair a atenção de cadeias como a Hilton – director do DoubleTree by Hilton Lisbon

DoubleTree by Hilton Lisbon teve o melhor ano de sempre em 2017 – Gonçalo Coelho de Sousa, director

“Portugal tem tudo para crescer”, mas precisa de mais condições – Gonçalo Coelho de Sousa

Proximidade de outras atracções pode ser a chave para aumentar a estada média em Lisboa – director do DoubleTree by Hilton Lisbon

Portugal tem que aproveitar a boa maré para se afirmar como destino turístico – director do DoubleTree by Hilton Lisbon 

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: DoubleTree by Hilton 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Kimpton abre o seu primeiro hotel no Reino Unido em Outubro

19-09-2018 (19h04)

O Kimpton Fitzroy London, instalado no edifício do antigo Hotel Russell, cujo design inspirou a sala de jantar do navio Titanic, vai ser a primeira unidade hoteleira da Kimpton Hotels & Restaurants no Reino Unido, aquando da sua inauguração em Outubro.

Riu Hotels compra edifício em Londres para o seu primeiro hotel no Reino Unido

19-09-2018 (18h58)

A Riu Hotels & Resorts anunciou a compra de um edifício no centro de Londres para abrir o seu primeiro hotel num país cuja nacionalidade representa “grande percentagem da clientela Riu nas Caraíbas e em Espanha”.

Hotéis portugueses também resvalaram para queda de dormidas no mês de Julho

17-09-2018 (16h31)

Os hotéis, as pousadas e os aldeamentos são os únicos estabelecimentos de alojamento turístico que no fim de Julho ainda estão com aumento de dormidas este ano, mas o último mês do período já foi também de quebra, ainda que menor que a média do sector, em 1,5%, segundo os dados do INE.

Aumento da receita média por turista em 8,3% garante 51º mês de subida de proveitos da hotelaria portuguesa

17-09-2018 (16h24)

A hotelaria portuguesa teve este ano pela primeira vez mais de 210 euros de receita média por turista alojado, o que lhe permitiu atingir o 51º mês consecutivo de aumento de proveitos mesmo tendo sofrido quebras de hóspedes e dormidas.

Só Porto, Lisboa e Alentejo estão a escapar à ‘viragem’ da tendência do turismo internacional

17-09-2018 (15h48)

A hotelaria portuguesa viu agravar-se em Julho o balanço negativo das dormidas de turistas estrangeiros, ao qual apenas estão a escapar as regiões Porto e Norte, Área Metropolitana de Lisboa e Alentejo, que continuam a manter crescimento.