Contrato de concessão do Castelo de Vila Nova de Cerveira assinado hoje

06-12-2019 (14h28)

O contrato de concessão para transformar o Castelo de Vila Nova de Cerveira num hotel, previsto abrir no final de 2021, foi hoje assinado com o promotor Eurico da Fonseca, o mesmo promotor que desenvolveu o Palácio de São Bento da Vitória, no Porto.

O Castelo de Vila Nova de Cerveira, como já tinha sido anunciado em finais de Outubro, está previsto reabrir ao público no final de 2021, como hotel com uma classificação mínima de 4-estrelas, com 41 quartos, restaurante e ginásio, resultado de um investimento de três milhões de euros (clique para ver mais: Castelo de Cerveira vai ser um 4-estrelas após investimento de três milhões de euros).

O castelo, localizado no centro de Vila Nova de Cerveira, junto à estação ferroviária, dispõe de uma vista privilegiada para o rio Minho, que faz fronteira natural com Espanha, segundo um comunicado do Gabinete do Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital.

“Trata-se de um exemplar medieval da arquitetura gótica, mandado construir em 1320 pelo rei D. Dinis e que alberga a antiga Igreja da Misericórdia, a antiga Casa dos Governadores, a Cadeia e outros anexos. O complexo foi adaptado a Pousada entre 1982 e 2008, encontrando-se fechado e sem qualquer utilização desde essa data”, acrescenta a nota de imprensa.

A concessão do Castelo de Vila Nova de Cerveira foi a 11ª concessão adjudicada no âmbito do Programa Revive, “que, assim, atinge o total de 103 milhões de euros de investimento privado na recuperação de imóveis públicos e mais de 2 milhões de euros em rendas anuais”.

Actualmente está aberto o concurso para a concessão do Mosteiro de Lorvão (Penacova) e está previsto “para breve” o lançamento dos concursos de concessão do palacete do Conde Dias Garcia, em São João da Madeira, e do Forte da Barra de Aveiro, em Ílhavo.

O Revive é um programa conjunto dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias locais.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Câmara do Funchal põe taxa turística em consulta pública

17-01-2020 (11h30)

A Câmara Municipal do Funchal remeteu para consulta pública o regulamento da taxa turística, que prevê a cobrança diária de dois euros por pessoa nas primeiras sete noites de estada no concelho, anunciou o presidente da autarquia.

Cinco emissores atingiram novos máximos anuais de dormidas em 11 meses de 2019

16-01-2020 (16h09)

Turistas residentes nos Estados Unidos, Brasil, Irlanda, Canadá e China atingiram de Janeiro a Novembro de 2019 novos máximos anuais de dormidas no alojamento turístico português, a que se soma também um novo recorde do conjunto "outros", também considerados emergentes.

Hotelaria portuguesa facturou em 11 meses de 2019 mais 84 milhões que em todo o ano de 2018

16-01-2020 (15h44)

Os estabelecimentos de alojamento turístico portugueses superaram pela primeira vez a marca dos 4.000 milhões de euros de receitas num ano turístico, com o montante de 4.070,5 milhões nos 11 meses de Janeiro a Novembro de 2019, segundo a informação divulgada ontem pelo INE.

AHP prevê abertura de 51 novos hotéis em Portugal este ano

16-01-2020 (10h41)

A Associação de Hotelaria de Portugal (AHP) prevê a abertura de 51 novos hotéis e nove remodelações ou reaberturas este ano, registando um abrandamento do registo de intenções face ao ano passado.

Hoteleiros da Madeira são os mais pessimistas sobre este ano, AHP

16-01-2020 (10h05)

Os hoteleiros da Madeira foram os que revelaram as “perspectivas mais negras” para este ano no inquérito realizado pela Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), onde indicaram antecipar ocupação e preço médio inferiores ou iguais a 2019.

Noticias mais lidas