Budapeste tem um hotel controlado pelo smartphone do hóspede

13-03-2018 (16h37)

O 4-estrelas KViHotel Budapest, unidade hoteleira que permite aos seus clientes controlarem quase todos os processos desde a reserva ao check-out através dos smartphones, foi inaugurado na semana passada em Budapeste, na Hungria.

O KViHotel Budapest de 40 quartos apresenta-se como o hotel para o "viajante de amanhã" e funciona praticamente sem staff, sendo a maioria dos processos efectuados através da aplicação TMRW Hotels, que pode ser utilizada através do wifi disponível em todo o hotel.

Através da aplicação, os hóspedes podem reservar e escolher o quarto até 48 horas antes do check-in, que também é efectuado via smartphone, e até controlar o ar condicionado para ter a temperatura ideal à chegada.

O smartphone, através de Bluetooth, funciona como chave de quarto e, no caso de chegada tardia, também pode ser utilizado para abrir a porta principal do hotel.

O check-out, o pagamento, e o requerimento de factura são outros dos processos a ser efectuados através da aplicação.

Para aprender a funcionar com a aplicação ou para recordar como se requer determinado serviço, há "ajuda" em formato de vídeo e em texto, sendo que o apoio virtual ao cliente está disponível 24h por dia, independentemente da localização do cliente.

O serviço de atendimento também está disponível via telefone e nas plataroformas Facebook, Messenger, WhatsApp, Skype e iMessage, entre outras.

De uma forma mais criativa, a fachada das traseiras do hotel, visível a partir do terraço, conta com uma imagem que se torna animada através da aplicação LARA AR, e com recurso a vídeo também explica a utilização da aplicação TMRW Hotels.

A aplicação está disponível para os sistemas operativos Android e iOS.

O KViHotel Budapest conta com 40 quartos de categorias "superior", "deluxe" e "suite júnior", com áreas entre os 18 e os 36 metros quadrados e isolamento de som, sendo que os quartos no rés-do-chão dispõem de pequenos terraços que dão acesso ao jardim.

O hotel dispõe de uma área de pequeno-almoço no piso térreo, com produtos de padaria, carnes frias, peixe, ovos, comidas leves, chá e cagé, e o bar no lobby, que conta com uma selecção de vinhos húngaros, cerveja artesanal, entre outras bebidas, está disponível entre as 8h e a meia-noite.

A aplicação TMRW Hotels não é exclusiva do KViHotel Budapest, e pode ser uma solução para outras unidades em funcionamento ou em desenvolvimento na Europa.

A TMRW desenvolve mais quatro aplicações além da TMRW Hotels, direccionada a hotéis, a TMRW Hotels e a TMRW Apartments, com serviços semelhantes mas ajustados a hostels e apartamentos, respectivamente.

E ainda a TMRW Offices, que é direccionada a edifícios de escritórios, e a TMRW HK, que foi desenhada para serviços de housekeeping, e manutenção de estabelecimentos e acomodações.

Clique para ver mais: Europa

Clique para ver mais: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Amadeus concretiza compra da TravelClick por 1,52 mil milhões de dólares

13-08-2018 (18h26)

O Amadeus confirmou já a concretização da compra da TravelClick, que descreve como um reforço do seu portefólio com soluções para a hoteleria designadamente para empresas de média dimensão e independentes.

Apesar da ocupação a cair, subida de preços da hotelaria portuguesa até acelera em Junho

13-08-2018 (17h46)

Os clientes da hotelaria portuguesa pagaram em média este mês de Junho +11% por dormida, ainda que os dados do INE indiquem uma queda da ocupação, tendência que o sector tende normalmente a travar com descidas de preços para estimular a procura.

Hotelaria portuguesa perde 225,7 mil dormidas de estrangeiros em Junho e acaba semestre com menos 132,3 mil

13-08-2018 (16h00)

A hotelaria portuguesa, que estava a viver um ciclo de crescimentos acentuados sustentado pela procura internacional, acabou o primeiro semestre deste ano com queda do número de pernoitas de turistas estrangeiros, em grande medida pela dimensão da quebra em Junho, primeiro mês da época alta, no qual teve menos 225,7 mil (-5,1%) pernoitas de residentes no estrangeiro.

Turistas brasileiros ultrapassam pela primeira vez o milhão de dormidas na hotelaria portuguesa num 1º semestre

13-08-2018 (15h53)

A hotelaria portuguesa somou pela primeira vez num primeiro semestre mais de um milhão de dormidas de turistas residentes no Brasil, que atingiram o total de 1,062 milhões de pernoitas tornando-se, assim, o 5º principal emissor na primeira metade do ano.

Verão começa ‘muito nublado’ para a hotelaria portuguesa, com quebras da maioria dos principais emissores

13-08-2018 (13h42)

A hotelaria portuguesa teve em Junho quebras de turistas de 11 dos 15 principais emissores com dados publicados pelo INE, escapando a uma quebra no número de hóspedes totais pelos aumentos dos residentes em Portugal e dos ‘longínquos’ Brasil, Estados Unidos e Canadá.