Brasil foi o emissor que mais fez aumentar as dormidas na hotelaria portuguesa em 2017

14-02-2018 (15h17)

Seguiram-se Alemanha e Estados Unidos

O crescimento em 2017 do número de dormidas de turistas estrangeiros na hotelaria portuguesa, atingindo o total recorde de 41,62 milhões, foi em primeiro lugar o resultado da reanimação das viagens de brasileiros para o estrangeiro e da oferta de ligações da TAP para Portugal, como mostram os números publicados hoje pelo INE.

De acordo com esses dados, 16% das mais 3,31 milhões de dormidas de turistas estrangeiros verificadas no ano passado em relação a 2016 foram de turistas brasileiros, que pela primeira vez ultrapassaram a marca de dois milhões de pernoitas no alojamento turístico português, com um aumento em 35,6% ou 529,4 mil.

O segundo maior contributo veio do mercado emissor alemão, que teve um aumento que equivale a 12,2% do aumento total de dormidas de turistas estrangeiros, com +7,7% ou mais 404,9 mil, somando 5,64 milhões, e seguiu-se mais um mercado de longo curso, viabilizado pelo hub de Lisboa, os Estados Unidos.

Os dados do INE mostram que 11,8% do aumento de dormidas no alojamento turístico português no ano foi de turistas norte-americanos, que aumentaram as pernoitas em 33,4% ou 392,2 mil, atingindo um total de 1,56 milhões, pelo que os Estados Unidos subiram a 7º emissor para a hotelaria portuguesa, ultrapassando a Irlanda, ainda que este mercado também tenha registado crescimento a dois dígitos, em 10% (mais 137,8 mil, para 1,51 milhões).

 

Para ler mais clique:

Maiores emissores penalizam evolução da hotelaria portuguesa em 2017

Hotelaria portuguesa 2017: mais 1,68 milhões de hóspedes, mais 3,94 milhões de dormidas, mais 483,9 milhões de euros

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Óbidos só começa a cobrar taxa turística depois do Verão

24-05-2019 (16h53)

O regulamento da taxa de dormida para turistas que pernoitem em Óbidos está em vigor desde Dezembro de 2018, mas a taxa só será aplicada a partir do último trimestre deste ano, quando a Câmara aprovar o valor a cobrar.

Hotelaria espanhola cresce uns ‘magros’ 1,8% no 1º quadrimestre pela queda da estada média

23-05-2019 (16h50)

A hotelaria espanhola recebeu no primeiro quadrimestre mais 3,4% de turistas, mas contabilizou apenas +1,8% de dormidas, porque a estada média caiu 1,6%, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE espanhol.

Turistas portugueses na hotelaria espanhola aumentam 13%, mas permanecem menos tempo

23-05-2019 (15h39)

A hotelaria espanhola teve alojados 419,5 mil turistas portugueses no primeiro quadrimestre, representando um aumento em 13%, que, porém, apenas se traduziu num aumento das dormidas em 7,4% porque o tempo médio de permanência caiu 5%.

Manteigas vai ter mais dois hotéis ainda este ano

23-05-2019 (10h45)

O concelho de Manteigas, na Serra da Estrela, prevê aumentar este ano a sua capacidade de alojamento com a entrada em funcionamento de dois hotéis, o Vila Galé Serra da Estrela e o Hotel Santa Luzia.

Booking é líder em audiência dos sites de comércio de viagens em Portugal

22-05-2019 (14h22)

O Booking, website de reservas de alojamento turístico, incluindo desde hotéis a alojamento local, é o líder de audiências dos sites de coméricio de viagens e turismo em Portugal, de acordo com a Marktest.

Noticias mais lidas