Booking Holdings assina acordo para comprar HotelsCombined

11-07-2018 (14h34)

Foto: www.hotelscombined.com
Foto: www.hotelscombined.com

A Booking Holdings, grupo detentor da Booking.com, assinou um acordo para comprar o site de meta-pesquisa australiano HotelsCombined, aumentando desta forma a sua presença na zona da Ásia e Pacífico.

A aprovação da aquisição pelas entidades reguladoras está prevista para o final do ano, após a qual a HotelsCombined, criada em 2005, vai operar sob a marca Kayak.

O valor da aquisição não foi divulgado.

A Booking Holdings conta com as marcas Agoda, OpenTable, Priceline e Rentalcars, e adquiriu o Momondo Group por cerca de 468 milhões de euros em 2017.

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Booking Holdings

Clique para ver mais: Ásia&Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Marriott e Alibaba testam check-in com reconhecimento facial

16-07-2018 (16h05)

A joint-venture da rede hoteleira Marriott International e do Alibaba Group, detentora da plataforma de serviços de turismo Fliggy, anunciou que vai testar tecnologia de check-in com reconhecimento facial em duas unidades na China.

Flor de Sal é o novo restaurante do Cabanas Park Resort

16-07-2018 (15h23)

O Cabanas Park Resort, em Tavira, vai contar com um novo restaurante a partir de quinta-feira, dia 19, o Flor de Sal, resultado de uma parceria entre a cadeia hoteleira AP Hotels e a marca de vinhos Quinta de São Sebastião.

Tryp Lima Miraflores vai ser inaugurado no primeiro dia de Agosto

16-07-2018 (12h31)

O Tryp Lima Miraflores, segunda unidade da Meliá Hotels International em Lima, no Peru, vai ser inaugurado no dia 1 de Agosto.

UE insta Airbnb a cumprir legislação europeia e ameaça com medidas coercivas

16-07-2018 (11h57)

A Comissão Europeia instou hoje o Airbnb a harmonizar as suas condições de utilização com as normas de defesa do consumidor da União Europeia (UE) e a ser mais transparente na apresentação dos preços, sob pena de sofrer medidas coercivas.

Proveitos da hotelaria portuguesa ‘disparam’ 9,1% em Maio apesar da quebra da procura internacional

13-07-2018 (17h00)

A hotelaria portuguesa conseguiu facturar em Maio +9,1% ou mais 28,6 milhões de euros que em 2017, ainda que tenha registado um ‘magro’ aumento das dormidas em 1,1% e, inclusivamente, uma quebra de 0,2% das pernoitas de turistas estrangeiros.