Boavista liderou crescimento das estadas de turistas portugueses em Cabo Verde no 1º trimestre

18-05-2018 (14h43)

A ilha da Boavista foi o destino cabo-verdiano com o maior aumento de dormidas de residentes em Portugal, concluiu uma análise do PressTUR aos dados divulgados pelo INE de Cabo Verde, a qual mostrou que o Sal manteve-se, no entanto, o destino nº 1 em número de pernoitas e São Vicente liderou em número de hóspedes.

Um aumento da estada média dos turistas portugueses em 13,1%, para 6,5 noites, a mais elevada no primeiro trimestre do mercado português, foi o factor que mais ‘puxou’ a Boavista para a liderança do crescimento em dormidas de turistas portugueses, com um aumento em 17,5% ou quase 2,1 mil, para 13,96 mil.

Ainda assim, e embora reforçando a sua quota em 2,2 pontos, a Boavista concentrou apenas cerca de um quarto (26,9%) do total de pernoitas de turistas portugueses no trimestre, face a 43,7% na ilha do Sal, que teve um decréscimo de 1,3 pontos, porque o seu crescimento em número de dormidas ficou em apenas 4,9% ou cerca de mil, para 22.67 mil.

Os dados do INE de Cabo Verde mostram, assim, que não só a hotelaria do Sal teve um aumento do número de hóspedes residente sem Portugal menor que a Boavista (1,4% face a 3,9%), como, principalmente, um crescimento da estada média menor, em 3,4% para 6,4 noites face a 13,1% para 6,5 noites.

A hotelaria da ilha de Santiago, sendo a que aloja o maior número de turistas residentes em Portugal é, pelo tipo de viajantes que a procura, a que tem a menor esta média, de duas noites, em queda de 6,9% face ao primeiro trimestre de 2017.

Daí que, tendo sido o destinos de 43,8% dos turistas residentes em Portugal que estiveram em Cabo Verde no primeiro trimestre, em dormidas teve uma quota de apenas 20,5%, depois dos 43,7% do Sal e dos 26,9% da Boavista.

Ainda assim, pelo aumento do número hóspedes (+23%), que mais que compensou o decréscimo da estada média, a hotelaria de Santiago melhorou a sua quota de dormidas de turistas residentes em Portugal em 1,2 pontos, menos que o ganho da Boavista, em 2,2 pontos, mas melhor que o Sal, que teve um decréscimo de 1,3 pontos.

O maior decréscimo do período foi no entanto na ilha de São Vicente, que baixou 2,9 pontos, para 6,5% do total de dormidas de turistas residentes em Portugal, reflectindo uma queda do número de hóspedes em 0,8%, para 954, e uma descida da estada média em 24,7%, para 3,5 noites, que levou a que o número de pernoitas registasse uma quebra em 25,4% ou 1,1 mil, para 3,3 mil.

Os dados do INE de Cabo Verde mostram que além da Boavista e Santiago também o conjunto das “restantes ilhas” melhorou no primeiro quadrimestre a sua quota de dormidas de turistas residentes em Portugal, em 0,8 pontos, para 2,5%, reflectindo um aumento das pernoitas em 60% ou cerca de 480, para 1,27 mil.

Este aumento ocorreu apesar de uma quebra em número de hóspedes em 28,2%, para 183, porque a estada média ‘disparou 123%, para sete noites.

 

Para ler mais clique:

Hotelaria de Cabo Verde acolhe +10,3% de turistas no primeiro trimestre – INE

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Óbidos só começa a cobrar taxa turística depois do Verão

24-05-2019 (16h53)

O regulamento da taxa de dormida para turistas que pernoitem em Óbidos está em vigor desde Dezembro de 2018, mas a taxa só será aplicada a partir do último trimestre deste ano, quando a Câmara aprovar o valor a cobrar.

Hotelaria espanhola cresce uns ‘magros’ 1,8% no 1º quadrimestre pela queda da estada média

23-05-2019 (16h50)

A hotelaria espanhola recebeu no primeiro quadrimestre mais 3,4% de turistas, mas contabilizou apenas +1,8% de dormidas, porque a estada média caiu 1,6%, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE espanhol.

Turistas portugueses na hotelaria espanhola aumentam 13%, mas permanecem menos tempo

23-05-2019 (15h39)

A hotelaria espanhola teve alojados 419,5 mil turistas portugueses no primeiro quadrimestre, representando um aumento em 13%, que, porém, apenas se traduziu num aumento das dormidas em 7,4% porque o tempo médio de permanência caiu 5%.

Manteigas vai ter mais dois hotéis ainda este ano

23-05-2019 (10h45)

O concelho de Manteigas, na Serra da Estrela, prevê aumentar este ano a sua capacidade de alojamento com a entrada em funcionamento de dois hotéis, o Vila Galé Serra da Estrela e o Hotel Santa Luzia.

Booking é líder em audiência dos sites de comércio de viagens em Portugal

22-05-2019 (14h22)

O Booking, website de reservas de alojamento turístico, incluindo desde hotéis a alojamento local, é o líder de audiências dos sites de coméricio de viagens e turismo em Portugal, de acordo com a Marktest.

Noticias mais lidas