Barceló propõe fusão à NH Hotels que criaria 16º maior grupo hoteleiro do mundo

20-11-2017 (17h47)

Imagem: NH Hotels
Imagem: NH Hotels

A Barceló propôs à NH Hotels uma fusão com o intuito de criar um gigante espanhol do turismo, um novo grupo com mais de 600 hotéis e 109 mil quartos em 29 países.

A Barceló oferece 7,08 euros por acção, o que corresponde a um total de 2.480 milhões de euros, para criar a fusão e ficar com 60% do novo grupo, segundo avança o jornal “Expansión”.

O grupo hoteleiro presidido por Simón Pedro Barceló deu três meses à NH Hotels para chegar a um acordo, acrescenta a notícia.

A proposta prevê a criação do maior grupo hoteleiro espanhol, à frente da Meliá, que no final de 2016 tinha 376 hotéis e 96.355 quartos, e atingindo assim a 16ª posição mundial segundo o número de quartos em 2016, de acordo com o ranking publicado pela revista Hotels 365.

Uma das mais-valias do negócio seria ganhar dimensão para aumentar o poder de negociação com as agências de viagens online (OTA), no sentido de reduzir a comissão que essas agências auferem e, assim, aumentar margens e receitas.

O grupo chinês HNA, que tem uma participação de 2,5% na TAP, comprou no ano passado uma participação de 29,5% da NH Hotels.

Em Junho de 2016, segundo escreve a agência Reuters, quase 60% dos accionistas da NH apoiaram uma moção para expulsar os membros do Conselho de Administração apontados pela HNA, devido a um conflito de interesses motivado pela aquisição pelo grupo chinês de um grupo hoteleiro rival.

O HNA apresentou uma acção judicial em Setembro do ano passado para reverter a decisão, pedido que um tribunal de Madrid rejeitou esta terça-feira.

Os primeiros contactos entre os accionistas da Barceló e da NH Hotels para a fusão das duas empresas foram noticiados no início de Setembro, quando a Barceló contratou o Banco Santander como assessor para analisar uma possível fusão (clique para ler: Barceló analisa fusão com NH Hotels).

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Espanha

Clique para mais notícias: Barceló

Clique para mais notícias: NH Hotels

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Câmara de Óbidos vai cobrar um euro por dormida a partir de Dezembro

14-11-2018 (17h27)

A Câmara de Óbidos vai cobrar um euro por cada turista que dormir no concelho a partir do dia 1 de Dezembro, estabelece o regulamento da Taxa Turística, publicado hoje em Diário da República.

Riu Hotels investiu 70 milhões de euros no novo Riu Palace Boavista

13-11-2018 (15h10)

A Riu Hotels & Resorts anunciou que investiu 70 milhões de euros no seu novo resort Riu Palace Boavista, um empreendimento com 505 quartos, incluindo 100 duplos com piscina privativa, para alojamento em regime de tudo incluído (TI).

Primeiro Yotel da Península Ibérica abre no Porto em 2019

13-11-2018 (12h07)

A Yotel, que inclui na sua estrutura accionista a United Investments Portugal (UIP), escolheu a cidade do Porto para inaugurar o seu primeiro hotel na Península Ibérica, em 2019, com um investimento de 30 milhões de euros.

Conheça os hotéis Green Pearls que se destacam pela preservação animal

12-11-2018 (17h04)

A Green Pearls destacou um conjunto de hotéis da sua rede que se dedicam à preservação de animais através de iniciativas como a criação de áreas protegidas para aves na Tailândia, reservas para ursos nos Andes, ou de zonas protegidas para tubarões ou corais nas Maldivas.

Barceló inaugura Occidental Lisboa e está “a estudar novos projectos” em Portugal

12-11-2018 (16h36)

O Grupo Barceló, que inaugurou o seu primeiro hotel na capital portuguesa, o Occidental Lisboa, na semana passada, está "a estudar novos projectos" em Portugal.