Alemanha, Brasil e ‘emergentes’ fazem mais de 60% do aumento de dormidas de estrangeiros na hotelaria portuguesa

16-08-2017 (08h38)

Brasil e Estados Unidos lideraram crescimento do número de hóspedes

A Alemanha, com mais 77,2 mil dormidas, o Brasil, com mais 68,6 mil, e o conjunto dos mercados ‘emergentes', que não fazem parte do Top13, com mais 130,2 mil, foram os ‘motores' do crescimento de dormidas no alojamento turístico português no mês de Junho.

Cálculos do PressTUR com base nos dados do INE indicam que essas três origens de turistas somaram 62,6% do aumento de dormidas no primeiro mês da época alta, com 17,5% da Alemanha, 15,6% do Brasil e 29,5 dos ‘emergentes'.

Também com ‘fatias' de dois dígitos do aumento de dormidas de turistas na hotelaria portuguesa em Junho estiveram os residentes no Reino Unido, com mais 49,5 mil, representando 11,3% do total, e Estados Unidos, com mais 45,7 mil, representando 10,4% do total.

Os dados do Instituto indicam que o alojamento turístico português, incluindo hotéis, hotéis-apartamentos, pousadas, apartamentos turísticos, aldeamentos turísticos e "outros alojamentos", somou 5,93 milhões de dormidas de 2,05 milhões de hóspedes no mês de Junho, com aumentos respectivamente em 8% e em 8,5%.

Em hóspedes, os mercados que mais contribuíram para o aumento em 160,4 mil foram o Brasil, com mais 32,1 mil (20% do aumento total), Estados Unidos, com mais 20,8 mil (13% do aumento total) e Alemanha, com mais 15,5 mil (9,7% do aumento total).

O Reino Unido manteve-se, no entanto, o maior emissor, com 233,9 mil turistas no alojamento turístico português (+1,1% que há um ano), seguindo-se Alemanha com 141,9 mil (+12,3%), França com 146 mil (-4,4%), Espanha com 139,3 mil (+6,8%), Brasil com 85,9 mil (+59,6%), Estados Unidos com 78,7 mil (+35,9%), Países Baixos com 60 mil (-0,4%), Itália com 50 mil (+13,1%), Irlanda com 45,6 mil (+14,5%), Bélgica com 27,6 mil (+0,1%), Suíça com 24,5 mil (+7,1%), Suécia com 12,4 mil (+11,1%) e conjunto dos ‘outros' com 244,5 mil (+29%).

Em dormidas, o Reino Unido também é o emissor líder e o único internacional a ultrapassar o milhão de pernoitas, com 1,13 milhões (+4,6%), seguindo-se Alemanha, com 597,8 mil (+14,8%), França com 422,9 mil (-3,9%), Espanha, com 309,6 mil (+3,8%), Países Baixos com 259,3 mil (+0,9%), Irlanda com 237,6 mil (+12,8%), Brasil com 193,3 mil (+55%), Estados unidos com 176,1 mil (+35%), Polónia com 114,6 mil (+19%), Bélgica com 97,1 mil (+0,9%), Suíça com 74 mil (+12,4%), Suécia com 44,8 mil (+12,6%) e conjunto dos ‘outros' com 613 mil (+27%).

Os mercados internacionais somaram, assim, 4,39 milhões de dormidas no alojamento turístico português no mês de Junho, com um aumento em 11,2% ou 441,1 mil, compensando o ligeiro decréscimo do mercado doméstico, que somou 1,54 milhões de pernoitas, em baixa de 0,2% ou 2,6 mil.

 

Para ler mais sobre a hotelaria portuguesa em Junho clique:

Proveitos da hotelaria portuguesa aumentam 220 milhões de euros no primeiro semestre

Hotelaria portuguesa soma mais 2,2 milhões de dormidas no primeiro semestre

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

FC Porto vai construir um hotel de charme na sua antiga sede, nos Aliados

18-01-2019 (14h49)

O Futebol Clube do Porto vai construir um hotel de charme na sua antiga sede, na Avenida dos Aliados, e vai assinalar o início das obras com uma cerimónia na próxima segunda-feira, dia 21.

Oásis Atlântico vai abrir um eco resort na praia do Tarrafal em Cabo Verde

16-01-2019 (18h10)

O grupo hoteleiro português Oásis Atlântico anunciou que vai abrir um eco resort de 5-estrelas na praia do Tarrafal, no Norte da ilha de Santiago, em Cabo Verde.

Monitor da AHP confirma subida de rentabilidade da hotelaria suportada por aumentos de preços

16-01-2019 (17h13)

O preço médio dos hotéis portugueses subiu 7% em Novembro, de acordo o Hotel Monitor da AHP Hotelaria de Portugal, que indica que esse aumento suportou uma subida da RevPAR em 5%, já que a taxa de ocupação baixou 1,2 pontos, para 59%.

Best Western nomeia novo director para liderar expansão em Portugal e Espanha

16-01-2019 (12h15)

A Best Western Hotels & Resorts nomeou Javier de Villanueva para o cargo de director de desenvolvimento e operações para Portugal e Espanha, que terá como função liderar o crescimento da rede na Península Ibérica.

Barceló compra resort de 5-estrelas e dois terrenos em Marraquexe

16-01-2019 (11h50)

O Barceló Hotel Group comprou um resort de 5-estrelas na Palmeraie de Marraquexe, um terreno adjacente para construir mais quartos e outro terreno próximo do centro da cidade para construir um hotel novo.