AHP perspectiva manter este ano 400 participantes no seu Congresso anual

16-10-2019 (15h32)

Foto: AHP
Foto: AHP

O presidente da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Raul Martins, declarou que está previsto repetir este ano os 400 congressistas na reunião anual que organizam para debater o sector e que vai reunir-se em Viana do Castelo.

“Estimamos cerca de 400 congressistas, o mesmo número dos outros anos em que o congresso acontece fora de Lisboa, que contou com 550” participantes no ano passado disse Raul Martins na apresentação do evento aos jornalistas.

O 31.º Congresso Nacional de Hotelaria e Turismo vai realizar-se entre 20 e 22 de Novembro e tem como tema "Portugal: Preparar o Amanhã".

Em 23 de Setembro, em Viana do Castelo, Raul Martins já tinha anunciado que os cinco principais grupos hoteleiros portugueses vão participar no primeiro painel do congresso deste ano.

“Em 2014, Braga foi palco deste congresso, pelo que, cinco anos depois, faz todo o sentido voltar ao Norte e realizá-lo, pela primeira vez, nesta cidade. Nestes últimos anos, muita coisa mudou, o turismo cresceu, surgiram projectos inovadores e o Norte tornou-se num dos destinos de preferência e referência do nosso país, tendo sido o destino que mais cresceu em 2018, com quatro milhões de hóspedes e quatro milhões de dormidas", destacou, na altura, e reforçou ontem novamente.

Organizado pela AHP, a maior associação da hotelaria portuguesa, o congresso tem o apoio da Câmara de Viana do Castelo.

O programa inclui seis painéis e juntará, entre outros, os cinco principais grupos hoteleiros portugueses que representam cerca de 140 hotéis, com mais de 20 mil quartos em Portugal.

Raul Martins sublinhou a importância do debate em torno das perspectivas de um sector que “tem ciclos de expansão e contracção, estádios de maturação, concorrência e afirmação de modas, tendências e destinos”.

“Os anos mais recentes em Portugal foram os do ciclo de expansão. Que sinais há no horizonte? Continuaremos a crescer? Como, onde, em que mercados e em que segmentos? Que indicadores temos hoje que nos permitem antecipar o que será o amanhã?”, questionou.

O congresso começa a 20 de Novembro, pelas 19h00, com uma mostra de produtos regionais.

Os dias 20 e 21 serão dedicados a debater temas como “Crescer a Norte”, “A Convergência Ibérica”, “O Investimento Hoteleiro em Portugal” e “A transformação da indústria da aviação”, com a presença prevista do ministro Adjunto e da Economia.

O protocolo para a realização do 31.º congresso promovido pela associação e a capital do Alto Minho foi assinado em Março, na BTL, em Lisboa, entre a AHP e a Câmara de Viana do Castelo.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Continua em:

Congresso da AHP vai discutir como “seduzir Espanha” e captar turistas que gastem mais

 

Clique para mais notícias: AHP

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé chega aos Açores em 2021

20-01-2020 (20h37)

O Grupo Vila Galé vai estrear-se nos Açores em 2021, com a abertura de um hotel com 100 quartos em Ponta Delgada, São Miguel, anunciou esta segunda-feira o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

Vila Galé fechou 2019 com mais três milhões de euros de receitas em Portugal

20-01-2020 (19h51)

As receitas do grupo Vila Galé em Portugal, onde tem 25 hotéis, ascenderam a 115 milhões de euros em 2019, um aumento de cerca de 2,7% ou três milhões face ao ano anterior, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

China supera Bélgica entre os principais mercados para o grupo Vila Galé

20-01-2020 (19h50)

O grupo Vila Galé notou no ano passado "alguma desaceleração dos mercados europeus tradicionais para Portugal", compensada pela subida de alguns mercados asiáticos, como a China, que superou a Bélgica entre os principais emissores, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Mudança nos mercados de origem pode explicar quebra da estada média nos hotéis Vila Galé

20-01-2020 (19h38)

A quebra da estada média nos hotéis Vila Galé em Portugal pode estar associada às mudanças nos mercados de origem, numa altura em que cresce o número de hóspedes de países longínquos, que tendem a ficar menos noites, e baixam alguns dos principais emissores europeus.

Receitas da Vila Galé no Brasil sobem 18% em 2019

20-01-2020 (19h37)

Os nove hotéis do grupo Vila Galé no Brasil facturaram 371 milhões de reais no ano passado, cerca de 80,3 milhões de euros ao câmbio de hoje, mais 18% que no ano anterior, revelou o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Noticias mais lidas