Açores prevê aumentar capacidade hoteleira em 3.600 mil camas nos próximos dois/três anos

09-04-2018 (11h31)

Foto: Visit Azores
Foto: Visit Azores

O director regional do Turismo dos Açores, Filipe Macedo, prevê que nos próximos dois a três anos, com base nos projectos de empreendimentos turísticos aprovados, a capacidade hoteleira da região aumente em cerca de 3.600 camas.

“Neste momento, temos disponíveis mais de 21 mil camas, prevendo-se, com base nos pareceres favoráveis emitidos pela Direcção Regional do Turismo, referentes a projectos de empreendimentos turísticos, um incremento, nos próximos dois a três anos, de aproximadamente 3.600 camas”, afirmou Filipe Macedo.

O governante, que falava na sexta-feira no Museu Municipal de Santa Cruz das Flores, sublinhou que o “crescimento do lado da oferta tem sido acompanhado e, porque não dizê-lo, impulsionado pela procura, que entre 2014 e 2017, quase que duplicou o número de dormidas da região, fazendo atingir a barreira histórica de quase dois milhões e quatrocentas mil dormidas [em 2017], o que se tem reflectido muito positivamente nas taxas de ocupação hoteleira dos Açores”.

As ilhas das Flores e do Corvo, do grupo Ocidental, acompanharam a “tendência de crescimento”, tendo a segunda registado no ano passado 1.200 dormidas e a primeira, 41 mil.

O director regional do Turismo admitiu porém que a "actual dinâmica turística" obriga a "ajustes contínuos" por parte do Governo Regional, sendo que o executivo açoriano reforçou este ano o quadro da Inspeção Regional do Turismo com o aumento "de cinco para nove inspectores".

"Não seríamos correctos ao afirmar a inexistência de alojamento ilegal na região e a inspecção confronta-se com o mesmo na sua actividade diária, mas, fruto do trabalho que tem sido desenvolvido, grande parte dos alojamentos licenciados mais recentes, proveem de acções de deteção de alojamento ilegal, promovidas por esta inspecção", realçou.

O governante garantiu, no entanto, que "muitos" dos alojamentos que se encontravam ilegais "estão já regularizados ou em fase de licenciamento" sendo que decorrem actualmente "acções tendo em vista detectar eventuais novos alojamentos não registados".

(PressTUR com Lusa)

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Atlas Palais Médina & Spa Fès: um 5-estrelas aos portões da medina de Fez

16-08-2018 (16h24)

O 5-estrelas Atlas Palais Médina & Spa Fès, de 146 quartos, é ideal para os visitantes da cidade imperial marroquina de Fez que queiram ficar perto da medina, mas que desejem também instalações de um hotel moderno de cidade.

Alojamento em Fez: Dentro e fora da medina

16-08-2018 (16h05)

Os 5-estrelas Fes Marriott Hotel Jnan Palace e Riad Fès Relais & Chateâux são opções de alojamento em Fez na zona moderna da cidade, construída durante o período do protectorado francês, no primeiro cado, e para um autêntico riade de luxo no interior da medina, no segundo.

Michlifen Resort & Golf: Uma unidade de luxo na "Pequena Suíça" de Marrocos

16-08-2018 (14h58)

O 5-estrelas Michlifen Resort & Golf é uma unidade de luxo na "Pequena Suíça" marroquina, a cidade de Ifrane, e tira partido das paisagens do Médio Atlas e do clima da região, que se cobre com um manto de neve no Inverno e beneficia de uma brisa suave durante o Verão.

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Amadeus concretiza compra da TravelClick por 1,52 mil milhões de dólares

13-08-2018 (18h26)

O Amadeus confirmou já a concretização da compra da TravelClick, que descreve como um reforço do seu portefólio com soluções para a hoteleria designadamente para empresas de média dimensão e independentes.