Accor vende metade da sua participação na Huazhu por 451 milhões de dólares

09-12-2019 (12h31)

Foto: Helloquence / Unsplash
Foto: Helloquence / Unsplash

A Accor assinou um acordo para vender metade da sua participação no Huazhu Group Limited, anteriormente conhecido por China Lodging, por 451 milhões de dólares, cerca de 408 milhões de euros.

O acordo prevê que a Accor mantenha uma participação de aproximadamente 5% na Huazhu e que o seu chairman e CEO, Sebastien Bazin, permaneça no Conselho de Administração do grupo.

A Accor sublinha num comunicado que o acordo para a venda da participação de 5% foi “realizado em total cooperação com a Huazhu e o seu fundador e presidente Qi Ji”.

O negócio vai permitir à Accor “cristalizar o valor criado a partir da implementação da parceria entre os dois grupos em Janeiro de 2016”, uma vez que desde essa altura “o valor do investimento inicial da Accor na Huazhu aumentou em 4,5 vezes” (clique para ler: Accor concretiza parceria com Huazhu para criar ‘gigante’ da hotelaria na China).

A Accor e a Huazhu vão continuar a desenvolver a sua parceria, que permitiu “a abertura de 200 hotéis económicos e de gama média na China, principalmente sob as marcas ibis, Novotel e Mercure”.

Para os próximos três anos, estão previstas abrir 250 unidades, acrescenta o comunicado.

A Huazhu também detém uma participação na Accor de cerca de 5%.

O anúncio da venda de metade da participação da Accor na Huazhu acontece cerca de um mês depois do grupo chinês ter anunciado um acordo para comprar o grupo hoteleiro alemão Deutsche Hospitality por cerca de 802 milhões de dólares, cerca de 725 milhões de euros.

A aquisição desta empresa ao grupo egípcio Travco deverá possibilitar o crescimento da Huazhu nos segmentos de gama alta e de luxo na Ásia.

A Deutsche Hospitality tem 118 hotéis em funcionamento e 36 em desenvolvimento em 19 países em três continentes. Os planos do grupo baseado em Frankfurt apontam para 250 hotéis em 2024.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Accor

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Câmara do Funchal põe taxa turística em consulta pública

17-01-2020 (11h30)

A Câmara Municipal do Funchal remeteu para consulta pública o regulamento da taxa turística, que prevê a cobrança diária de dois euros por pessoa nas primeiras sete noites de estada no concelho, anunciou o presidente da autarquia.

Cinco emissores atingiram novos máximos anuais de dormidas em 11 meses de 2019

16-01-2020 (16h09)

Turistas residentes nos Estados Unidos, Brasil, Irlanda, Canadá e China atingiram de Janeiro a Novembro de 2019 novos máximos anuais de dormidas no alojamento turístico português, a que se soma também um novo recorde do conjunto "outros", também considerados emergentes.

Hotelaria portuguesa facturou em 11 meses de 2019 mais 84 milhões que em todo o ano de 2018

16-01-2020 (15h44)

Os estabelecimentos de alojamento turístico portugueses superaram pela primeira vez a marca dos 4.000 milhões de euros de receitas num ano turístico, com o montante de 4.070,5 milhões nos 11 meses de Janeiro a Novembro de 2019, segundo a informação divulgada ontem pelo INE.

AHP prevê abertura de 51 novos hotéis em Portugal este ano

16-01-2020 (10h41)

A Associação de Hotelaria de Portugal (AHP) prevê a abertura de 51 novos hotéis e nove remodelações ou reaberturas este ano, registando um abrandamento do registo de intenções face ao ano passado.

Hoteleiros da Madeira são os mais pessimistas sobre este ano, AHP

16-01-2020 (10h05)

Os hoteleiros da Madeira foram os que revelaram as “perspectivas mais negras” para este ano no inquérito realizado pela Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), onde indicaram antecipar ocupação e preço médio inferiores ou iguais a 2019.

Noticias mais lidas