GEA tem “boas perspectivas” para vendas durante a BTL, Pedro Gordon

14-03-2019 (15h11)

Pedro Gordon, director-geral da GEA, maior rede portuguesa de agências de viagens em número de lojas, disse ao PressTUR que tem “boas perspectivas” para as vendas durante a BTL, mas o resultado dependerá dos descontos praticados, porque “é um mercado de preço”.

“As perspectivas são boas, mas depende um bocado da concorrência”, começou por dizer Pedro Gordon, considerando que na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) “o mercado compra muito pelo preço”.

“Não é como numa agência de viagens, em que há uma preocupação diferenciada na forma de lidar com o cliente”, enquanto na feira “é tudo rápido, em cima da mesa, com barulho. Muitas vezes é mais fácil dar um orçamento e uns dias depois confirma-se a venda”.

Sendo “um mercado de preço”, continuou Pedro Gordon, “consoante os descontos dos outros, poderemos vender mais ou menos”.

“No ano passado houve preços muito agressivos. Vamos ver como será este ano”, acrescentou o director da GEA.

Relativamente à programação disponível no mercado, Pedro Gordon considera que, em termos gerais, “há mais ou menos um equilíbrio, não há maluquices”.

A GEA vai ter 18 agências de viagens com 20 pontos de venda na BTL a partir das 17h de sexta-feira, dia 15 de Março, e ao longo dos dias de Sábado e Domingo.

 

Clique para ver mais: GEA

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo TAP prepara-se para entrar em bolsa a partir de 2020

22-03-2019 (18h21)

A TAP SGPS está a trabalhar para, a partir de 2020, estar pronta a avançar com uma IPO (Oferta Pública Inicial), com uma percentagem entre 15% e 30%, anunciou hoje o presidente da Comissão Executiva do grupo.

Grupo TAP tem prejuízo de 118 milhões de euros em “ano necessário”

22-03-2019 (18h06)

O Grupo TAP passou de um lucro de 21,2 milhões de euros em 2017 para um prejuízo de 118 milhões de euros em 2018, um ano de transformação necessária para preparar o futuro, segundo descreveram hoje Miguel Frasquilho, Antonoaldo Neves e David Neeleman.

TAP quer acabar com “dependência” do Brasil através da diversificação de mercados

22-03-2019 (16h42)

A TAP está a trabalhar na diversificação de mercados para acabar com a “dependência” do Brasil, um mercado que representa quase 25% das vendas totais da companhia e que no ano passado teve uma quebra de receitas de 10%, em euros.

TAP vai investir “cada vez mais” nas vendas directas

22-03-2019 (15h13)

As vendas da TAP através dos seus canais directos, como o seu website e o contact center, representaram 41% das vendas da companhia aérea em 2018, e o objectivo é chegar a 50%, disse hoje Raffael Quintas, Chief Financial Officer (CFO) da companhia.

Companhia aérea indonésia cancela encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX

22-03-2019 (14h30)

A companhia aérea indonésia Garuda anunciou hoje o cancelamento de uma encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX, aparelho ligado a dois acidentes, o mais recente dos quais a 10 de Março, na Etiópia.