Seixal é município convidado da BTL 2019

08-01-2019 (13h29)

A BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, que se realiza nos dias 13 a 17 de Março, tem como município convidado o Seixal, anunciou hoje Fátima Vila Maior, directora de feiras da FIL, num encontro com jornalistas.

“Acho que o Seixal nos vai surpreender”, disse Fátima Vila Maior, ao enaltecer os atractivos do município convidado para esta edição da BTL, que sucede a Pampilhosa da Serra e Viseu, municípios convidados em 2018 e em 2017, respectivamente.

A cidade do Seixal como município convidado junta-se a Lisboa e Macau, que são os destinos nacional e internacional convidados desta edição (clique para ler: Lisboa é Destino Nacional Convidado da BTL 2019 / 2019 “vai ser um ano muito especial para o Turismo de Macau” – Paula Machado, coordenadora).

Sobre as previsões de participação de expositores, Fátima Vila Maior destacou que este ano a feira vai voltar a ocupar os quatro pavilhões da FIL e a comercialização dos espaços “está em linha com as expectativas”.

O Pavilhão 1 será ocupado pelas regiões de turismo e “está no máximo da sua capacidade”, enquanto o Pavilhão 2 terá municípios, animação, gastronomia e um novo espaço dedicado à cultura em parceria com a Gulbenkian (clique para ler: BTL 2019 vai ter um espaço dedicado à cultura).

No Pavilhão 3 a BTL terá o auditório principal, expositores de alojamento, serviços e equipamentos de hotelaria, um espaço dedicado às startups e tecnologia (BTL Lab) e um espaço para network com empresas de fora do sector do turismo, como seguradoras, instituições bancárias e consultoras (BTL Village).

Sobre o Pavilhão 4, Fátima Vila Maior destacou o “aumento considerável” da área ocupada pelo stand da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), bem como a participação de novos destinos como Tanzânia, Goa, Catalunha, Seicheles e Jamaica.

Os hosted buyers, que são os compradores internacionais convidados pela BTL em parceria com a TAP e com o Turismo de Portugal, terão um espaço para networking entre o Pavilhão 2 e o Pavilhão 3 da FIL.

Fátima Vila Maior perspectiva ter este ano na BTL entre 200 e 300 hosted buyers, incluindo os participantes convidados pela ACISO (Associação Empresarial de Ourém Fátima), menos cerca de uma centena que em 2018.

“Queremos cada vez mais ter melhores buyers em vez de apenas trazer por trazer”, disse a directora de feiras da FIL.

O programa de hosted buyers, sendo em parceria com a TAP, privilegia os mercados para onde a companhia aérea tem ligações, pelo que BTL prevê ter este ano mais compradores oriundos dos Estados Unidos e Canadá, países onde a transportadora portuguesa tem vindo a investir na expansão da sua rede.

 

Clique para ver mais: BTL

Clique para ver mais: Feiras&Eventos

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CTP debate “Turismo Sustentável” nos Açores para assinalar Dia Mundial do Turismo

23-07-2019 (13h09)

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) e o Governo dos Açores promovem no dia 27 de Setembro, Dia Mundial do Turismo, uma conferência sobre “Turismo Sustentável: um legado para o futuro”.

BTL vai apostar em cultura, festivais e inovação em 2020

12-07-2019 (17h51)

A próxima edição da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa vai voltar a apostar na segmentação dos expositores, com áreas dedicadas à cultura, aos festivais e à inovação, anunciou a gestora da feira, Dália Palma.

CTP promove sessão de esclarecimento sobre nova legislação de vistos

24-05-2019 (16h26)

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) promove na quarta-feira, dia 29, em Lisboa, uma sessão de esclarecimento sobre a nova legislação de vistos.

Fórum Mundial do Turismo começa hoje em Luanda

23-05-2019 (09h27)

A capital angolana, Luanda, acolhe a partir de hoje a reunião do Fórum Mundial do Turismo, um encontro que deverá juntar 1.500 participantes e servirá para promover o investimento e impulsionar o sector no país.

Lisboa sobe a 6º maior destino mundial de reuniões internacionais por quebras em Londres, Singapura e Praga

13-05-2019 (16h54)

Com mais três congressos que em 2017, Lisboa subiu três posições no ranking das cidades com mais reuniões internacionais elaborado pela ICCA, ultrapassando Londres, que teve menos 27 reuniões que no ano anterior, Singapura e Praga, que tiveram, cada uma, menos 15 reuniões.

Noticias mais lidas