Orbita Viagens regista aumento de 2% nas vendas de 2017

29-01-2018 (16h34)

A rede de agências de viagens e rent-a-car Orbita Viagens registou um aumento de vendas na ordem dos 2% em 2017, apesar do encerramento de três balcões, sendo o segmento de lazer o que mais contribuiu para o crescimento, com os destinos de médio curso em destaque.

A Orbita Viagens, que no passado fim-de-semana organizou a sua III Convenção Orbita, no Hotel Miramar Sul na Nazaré, cumpriu assim as expectativas de crescimento anunciadas na convenção anterior, no início de 2017.

O crescimento de 2% em 2017, apesar de inferior ao crescimento de 7% em 2016, é registado num ano em que a reestruturação da rede resultou no encerramento dos balcões franchisados da Orbita de Leiria, Mirandela e Lisboa-Centro, sendo que a rede conta agora com 15 lojas em Portugal, 11 das quais sob acordo de franchise, além de um balcão em Angola.

O aumento das vendas deve-se principalmente ao mercado de lazer, no qual se destacam os destinos de médio curso como Marrocos, Tunísia e Cabo Verde.

Sobre os fornecedores, Adriano Portugal, director Comercial da Orbita destacou em declarações à imprensa a “Solférias, com uma excelente subida, a Turitravel também, em termos hoteleiros tivemos uma grande subida, e a Nortravel”.

A Ásia, uma curiosidade dos clientes Orbita, mencionado na convenção anterior pela sócia-gerente Paula Gonçalves, tem aumentado, nomeadamente o Vietname, para onde a rede de agências comercializa produtos com assistência do receptivo Vietnamcomigo.

A Orbita tem uma percentagem de vendas de 70% no segmento de agências de viagens e 30% do segmento rent-a-car, sendo que o mercado corporativo, que no ano de 2017 registou um decréscimo, tem um peso de 10% a 12% no total de vendas.

No que diz respeito ao ano de 2018, a rede perspectiva mais um ano positivo, sendo que, a nova directiva da União Europeia referente aos seguros de pacotes turísticos será um factor a ter em conta.

Os planos da Orbita para 2018, que contam com candidatura ao programa Portugal 2020, passam pelo investimento no estrangeiro e internacionalização da rede, e pela inovação tecnológica, que nesta convenção teve um momento interactivo com os óculos VR da Samsung.

“O que nós pensamos que pode vir a acontecer é o que alguns hotéis já começam a fazer, que é ter imagens virtuais dos seus próprios hotéis, dos seus destinos”, afirmou Adriano Portugal, acrescentando que, com a evolução desta tecnologia, seja possível o cliente consultar brochuras virtuais com os óculos VR , o que tornará “muito mais fácil [para] o cliente ter uma percepção do destino, do hotel, entre outras”.

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Orbita Viagens

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

BTL assina protocolo de cooperação com província chinesa

18-09-2018 (17h27)

A Bolsa de Turismo de Lisboa e a Comissão Provincial de Desenvolvimento do Turismo de Shanxi da República Popular da China assinaram um protocolo com o intuito de promover o desenvolvimento e a cooperação entre as duas entidades.

Cimeira do Turismo Português tem mais de 350 inscritos

18-09-2018 (16h50)

A IV Cimeira do Turismo Português, que se realiza no dia 27 de Setembro, no Teatro São Luiz, em Lisboa, já conta com mais de 350 inscritos.

Congresso da AHP realiza-se em Lisboa nos dias 15 e 16 de Novembro

13-09-2018 (11h07)

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal anunciou que o próximo Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo vai realizar-se no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, sob o tema “Turismo: Que Futuro Queremos?”.

Pousadas de Portugal lançam-se na organização de eventos "em recantos únicos" dos seus hotéis

11-09-2018 (16h37)

As Pousadas de Portugal, geridas pelo Grupo Pestana, lançaram um novo serviço para organização de eventos particulares e celebração de ocasiões especiais “em recantos únicos” das suas unidades hoteleiras.

Reguengos de Monsaraz sedia Conferência Mundial de Enoturismo em 2020

03-09-2018 (15h40)

Reguengos de Monsaraz, um dos principais concelhos vitivinícolas do país, vai acolher, em 2020, a 5.ª Conferência Mundial de Enoturismo, para debater o sector e estratégias para o desenvolvimento do turismo de vinhos.