Feira Internacional de Artesanato de Lisboa prevê receber 110 mil visitantes

18-06-2018 (16h03)

A Feira Internacional de Artesanato (FIA), que decorre entre 23 de Junho e 1 de Julho, com o Centro de Portugal e Marrocos como destinos convidados, prevê receber 110 mil visitantes.

O evento, que terá lugar na FIL, no Parque das Nações, em Lisboa, terá mais de 650 expositores em representação de 40 países dos cinco continentes.

O Turismo do Centro estará presente com stands em dois pavilhões, ocupando uma área total de 252 metros quadrados.

No pavilhão 2, dedicado ao artesanato português, o Turismo do Centro dispõe de um stand institucional e de artesanato da região, com 144 metros quadrados, “para promoção do território, artesanato ao vivo e outras manifestações de animação da região, em conjugação com as comunidades intermunicipais da região”, de acordo com o presidente da entidade regional, Pedro Machado.

No pavilhão 4, dedicado à gastronomia, o Centro de Portugal mostra “as delícias da região”, num espaço de 108 metros quadrados.

No total, estão representados na feira 22 artesãos da região Centro, numa parceria entre o Turismo Centro de Portugal (TCP), a Associação de Artesãos da Serra da Estrela e Região Centro de Portugal (AASE) e o CEARTE.

Marrocos, que participa há dez anos consecutivos na FIA, como país convidado do certame, terá o dobro da área ocupada no ano passado, com 500 metros quadrados, e mais de 40 expositores.

Segundo a organização, os apreciadores da arte berbere vão poder descobrir um espaço de exposição com todo o tipo de artesanato típico marroquino, desde calçado a vestuário, passando pelas artes de tapeçaria, cerâmica e bijuteria.

Os visitantes vão ter igualmente a oportunidade de ver ‘in loco’ uma oficina de artesãos do calçado e assistir a ‘showcooking’ com provas de degustação, à demonstração de pinturas em ‘henna’ e ao ritual do chá.

Haverá ainda um alinhamento musical contínuo de música pop, música clássica andaluz e Gnawa.

Este ano, também pela primeira vez, a FIA promove um concurso de ‘cosplay’, aberto a todos os que queiram mostrar a sua dedicação na construção e criação de fatos.

‘Cosplay’ é a abreviatura de ‘costume play’ e consiste no uso de roupa e acessórios de uma personagem real ou fictícia e na interpretação dessa mesma personalidade.

Os fatos a concurso estarão em exposição durante todo o período da FIA.

Cada ‘cosplayer’ será responsável pelo suporte de exposição do fato, sendo distinguidos três primeiros prémios.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Feiras&Eventos

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Roadshow Solférias dedicado à Disneyland Paris começa hoje

04-02-2019 (14h37)

A Solférias vai dar início hoje, 4 de Fevereiro, ao roadshow de formação certificada para a campanha "Festa Mágica" da Disneyland Paris, que vai decorrer em diferentes cidades de Norte a Sul do país, até dia 13 de Fevereiro.

euroAtlantic homenageia ministro cubano do Turismo quinta-feira na Fitur

23-01-2019 (18h02)

A euroAtlantic Airways, companhia de aviação actualmente detida a 100% pelo seu fundador e presidente, Tomaz Metello, promove amanhã, quinta-feira, na Fitur, uma homenagem ao ministro cubano do Turismo, Manuel Marrero Cruz.

SET realça “grande interesse” das empresas portuguesas no mercado espanhol

23-01-2019 (17h29)

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, assinalou hoje, dia da abertura de mais uma edição da Fitur, “um grande interesse das empresas turísticas a identificarem o mercado espanhol como um mercado de proximidade”.

Portugal foi um dos mercados onde a Meliá teve melhor desempenho em 2018, Gabriel Escarrer

23-01-2019 (14h23)

O vice-presidente executivo da Meliá Hotels International, Gabriel Escarrer Jaume, apontou hoje o mercado português como “um dos que teve melhor comportamento” na maior rede hoteleira espanhola em 2018.

Viana do Castelo, Lisboa e Braga são destinos potenciais para novos hotéis Meliá, Gabriel Escarrer

23-01-2019 (14h10)

O vice-presidente executivo da Meliá Hotels International, Gabriel Escarrer Jaume, disse hoje que “há novos projectos” para Portugal, previsivelmente em Viana do Castelo, Lisboa e Braga, mas que ainda estão por assinar.