Dois dos principais destinos de turistas estrangeiros em Espanha têm quedas de dormidas em Julho

23-08-2019 (16h36)

Baleares e Canárias, dois dos destinos espanhóis com mais dormidas de turistas residentes no estrangeiro, tiveram quedas de pernoitas neste mês de Julho, que foi, aliás, um mês de queda em 0,6% das pernoitas dos mercados internacionais provocada pela quebra da estada média em 2,4%.

A informação do INE espanhol divulgada hoje indica que em Julho os hotéis e hostales do país tiveram alojados 12,09 milhões de hóspedes, 6,4 milhões deles residentes no estrangeiro, que assim foram mais cerca de 116,8 mil (+1,8%) que em Julho de 2018.

Esse aumento, porém, não foi suficiente para impedir uma queda de 171,7 mil dormidas de turistas residentes no estrangeiro (-0,6%, para 28,36 milhões), pela queda da estada média em 2,4%, para 4,4 noites.

O instituto especificou que as Baleares, primeiro destino de turistas estrangeiros no mês de Julho, com 34,7% do total de dormidas desses mercados, e as Canárias, terceiro, com 18,1% das dormidas de turistas não residentes, tiveram quedas dessas pernoitas respectivamente em 1,6% e em 4,4%.

Os dados do INE espanhol mostram, adicionalmente, que a impulsionar essa queda esteve principalmente o mercado alemão, com menos 660,4 mil dormidas que em Julho de 2018, a que se somaram também quedas de menor monta da Áustria (-2,2% ou menos 6,3 mil), Bélgica (-6,6% ou menos 65,4 mil), Dinamarca (-7,1% ou menos 34,7 mil), Finlândia (-15,2% ou menos 21,7 mil), França (-1,3% ou menos 29,7 mil), Grécia (-11,5% ou menos 3,9 mil), Países Baixos (-2,8% ou menos 34,6 mil), Polónia (-0,5% ou menos 3,6 mil), República Checa (-4,9% ou menos 12,5 mil), Suécia (-13,6% ou menos 88,2 mil), Noruega (-5,4% ou menos 28,4 mil), Suíça (-11,6% ou menos 77,5 mil) e Rússia (+7,3% ou mais 61,6 mil).

A contrariar esta tendência, com aumentos de dormidas em Julho, estiveram principalmente, na Europa, os residentes na Irlanda (+16,1% ou mais 97,6 mil), Itália (+7,3% ou mais 87 mil), Luxemburgo (+47,3% ou mais 17,4 mil), Portugal (+10,9% ou mais 60,5 mil) e Reino Unido (+1,2% ou mais 86,4 mil).

Mas foram os emissores de fora da Europa que mais fizeram pender o balanço para a variação positiva, como os Estados Unidos, cujos residentes aumentaram as dormidas na hotelaria espanhola este Julho em 22% ou 186,8 mil, o conjunto dos outros emissores americanos (+13,7% ou mais 132 mil) e até o Japão (+32,2% ou mais 26,1 mil).

Ainda assim, no conjunto dos primeiros sete meses do ano as dormidas na hotelaria espanhola de turistas residentes no estrangeiro aumentam apenas 0,3%, que ainda assim são mais 395,6 mil que no período homólogo de 2018, totalizando 126,09 milhões.

A esse total somam-se 66,7 milhões de dormidas de residentes em Espanha, com um aumento em 4% ou 2,55 milhões, com o qual o balanço global dos primeiros sete meses é um aumento de dormidas em 1,6% ou 2,95 milhões, para 192,8 milhões.

Este aumento decorre da subida do número de hóspedes em 3,9% ou 2,33 milhões, para 61,92 milhões, que mais que compensa a quebra da estada média em 2,3%, para 3,1 noites, com decréscimos de 0,3% na estada média dos residentes em Espanha, para 2,2 noites, e de 3,1% na estada média dos residentes no estrangeiro, para 3,9 noites.

Clique para ler:

Dormidas de portugueses na hotelaria espanhola sobem a dois dígitos há quatro meses

 

Clique para mais notícias: Espanha

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Expansão da TAP “espera ansiosamente" pelo aeroporto no Montijo – Miguel Frasquilho

18-10-2019 (13h40)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, afirmou em Macau que a expansão da TAP depende da construção do novo aeroporto no Montijo, que a companhia aérea portuguesa “espera ansiosamente" para poder expandir na Portela, em Lisboa.

Presidente da TAP descarta voos directos para a China “num futuro imediato”

18-10-2019 (13h38)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, descartou a hipótese de a companhia fazer voos directos de Portugal para a China "num futuro imediato", apesar do crescimento de turistas daquele país asiático.

Solférias 'apresenta' as Américas a agentes de viagens (3/3)

17-10-2019 (19h20)

A Solférias, que está a organizar o Roadshow Américas, que decorreu ontem em Lisboa, e está neste momento a ter lugar no Porto, já disponibiliza pacotes para diferentes destinos, em vendas antecipadas, para viagens até Outubro de 2020.

Solférias 'apresenta' as Américas a agentes de viagens (2/3)

17-10-2019 (19h10)

A Solférias, que está a organizar o Roadshow Américas, que decorreu ontem em Lisboa e está a decorrer agora no Porto, tem como objectivo aumentar a oferta para os Estados Unidos, segundo os responsáveis João Cruz, director de produto, e Sofia Rodrigues, gestora de produto.

Solférias 'apresenta' as Américas a agentes de viagens (1/3)

17-10-2019 (19h03)

O Roadshow Américas, organizado pela Solférias, teve lugar no Tryp Lisboa Aeroporto, ontem, 16 de Outubro, e está a decorrer hoje, dia 17, no Sheraton Porto Hotel & Spa com o intuito de dar a conhecer aos agentes a oferta do operador e as particularidades de países com menos promoção turístia em Portugal.

Noticias mais lidas