Disney Destinations Experience apresenta três produtos a agentes de viagens

22-01-2020 (22h20)

Evento Disney decorreu em Lisboa, seguem-se Coimbra, Porto e Braga

A Disney Destinations Experience, evento formativo direccionado a agentes de viagens que incidiu sobre três produtos da empresa e que contou com a presença do director de vendas da Disney para Portugal e Espanha, Tiago Santos, decorreu em Lisboa no Epic Sana, pelas 19h de ontem, 21 de Janeiro.

A Disney Destinations Experience, que consiste numa apresentação num cenário interactivo através de actividades e jogos com tablets, vai decorrer em Coimbra, no Porto e em Braga, nos dias 23, 28 e 30 de Janeiro, respectivamente.

Inês Ferreira, agente de viagens da iViagens que marcou presença no Epic Sana, afirmou ao PressTUR que o evento “foi diferente, foi giro, foi muito interactivo, achei que foi de encontro ao que é a temática Disney”.

A agente Susana Antunes, da ByTravel Cascais, em declarações ao PressTUR também destacou o formato da apresentação, “foi uma apresentação diferente, fora da caixa”. Para a agente, as fortes componentes visuais e interactivas vão fazer com que os agentes se “lembrem mais facilmente deste tipo de apresentação do que de outras coisas pontuais”.

Para Neusa Almeida da Instantes Viagens, "acabou por ser um bocadinho longo demais", apesar das intervenções do apresentador e dos momentos interactivos, "que foram engraçados", esperava que fosse "um bocadinho mais lúdico". No entanto, no que diz respeito ao conteúdo, “o evento em si foi produtivo, porque acabou por ter uma abrangência muito grande e muito específica, quer dos dois parques, quer da linha de cruzeiros”.
A apresentação incidiu sobre três produtos Disney, o Walt Disney World, em Orlando no estado norte-americano da Flórida, a Disneyland Paris e a Disney Cruise Line.

Em relação ao Walt Disney World, que no próximo ano celebra 50 anos, “a grande novidade é o Star Wars Galaxy’s Edge”, afirmou o director de vendas da Disney para Portugal e Espanha, Tiago Santos, “é uma grande novidade e uma grande aposta da empresa, trazer muitas histórias da saga Star Wars para a vida real”.

A apresentação sobre este parque incluiu referências à Magic Band, uma pulseira personalizável que pode ser utilizada, mediante marcação do código PIN correcto, para adquirir serviços no parque, e às entradas disponíveis no Walt Disney World, a Park Hopper e a Park Hopper Plus, que diferem consoante o número de dias e o número de parque acessíveis.

Em relação à Disneyland Paris, as campanhas de 25% de desconto com oferta de meia-pensão, e de 30% de desconto para chegadas de última hora até 31 de Março estão em vigor.

No que diz respeito a novidades, o Disney’s Hotel New York vai ser reinaugurado no Verão, em meados de Junho, com um design inspirado no Universo Marvel.

Este parque vai contar com temporadas temáticas, que trazem shows, encontros com personagens e atracções temáticas, como a 5ª edição da temporada Lendas da Força, que vai decorrer de 11 de Janeiro a 15 de Março. Há também a Temporada dos Super-Heróis (Marvel), que começa a 28 de Março e decorre até 7 de Junho, e o Festival do Rei Leão, que será entre 20 de Junho e 12 de Setembro. As Frozen Celebrations, com 12 espectáculos musicais por dia, em inglês ou francês, começam a 11 de Janeiro e decorrem até 3 de Maio, sendo que o Encontro com Olaf, personagem dos filmes Frozen, está a disponível desde 17 de Novembro.

Além das temporadas, a Disneyland Paris vai receber eventos como a Princess Run, entre 8 e 10 de Maio, o desfile Magical Pride a 6 de Junho, a 3ª edição da ElectroLand nos dias 4 e 5 de Junho, a 5ª edição do Disney Paris Run Weekend, de 19 a 22 de Setembro, a Halloween Party a 31 de Outubro e o evento de Réveillon do parque.

A aplicação direccionada a agentes de viagens Disney Stars, que está disponível no Reino Unido, em França e em Espanha vai estar acessível em português a partir do próximo Verão com informação actualizada. Outra novidade foi a substituição dos vouchers de oferta pelo cartão Magic Pass.

Em conversa com a imprensa, Tiago Santos destacou “a grande ampliação do Walt Disney Studios, com os novos reinos da Marvel, Frozen e Star Wars”, através de um projecto faseado avaliado em cerca de dois mil milhões de euros. “Nos próximos 5,6 anos vamos mudar completamente o parque”, afirmou.
A Disney Cruise Line foi outro dos focos da apresentação, que destacou as mais-valias das experiências a bordo, como os encontros com personagens do universo Disney, festas, jogos temáticos, e diferentes kids clubs para idades dos 3 aos 17 anos.

Uma das possibilidades é que os mais novos possam ficar no kids club correspondente à sua idade, com a oportundiade de fazer as refeições, enquanto os pais fazem as Port Adventures ou estão nas áreas exclusivas para adultos.

Outra mais valia destacada foram os jantares rotativos, nos quais os clientes experimentam um restaurante por dia, mas sempre com a mesma equipa de serviço. O último dia de um itinerário de cruzeiro dia termina sempre com uma festa temática Pirates of the Caribbean.

Para os itinerários na Europa, o embarque e desembarque para os cruzeiros pode ser feito em Barcelona, Dover ou Copenhaga.

No que diz respeito a novidades, a Disney vai ter mais uma ilha privada (acresce à Disney Cast Away Cay), e mais três navios com capacidades até 5.000 passageiros, entre 2022 e 2024. A presença da Disney Cruise Line na Europa vai receber outro navio, que actualmente se encontra nas Caraíbas, duplicando desta forma o número de cabines, afirmou Tiago Santos.

Neusa Almeida, em tom de conclusão, salientou as referências a "aspectos mais prácticos, como quanto tempo é que é necessário para visitar os parques, o tempo de espera nas filas", entre outros, relativamente ao Walt Disney World, em Orlando, como uma mais-valia desta apresentação. "Eu não fazia ideia que o mínimo seria uns 5 dias, menos do que isso será um desperdício, portanto esse enfoque nesses aspectos acho que foi realmente importante".

"Fascinou-me um bocadinho aquelas imagens da ilha privada deles, porque gosto dos cruzeiros, até mesmo aos parques do Walt Disney World, fiquei com vontade de lá ir", afirmou Susana Antunes, que regressou há pouco na Disneyland Paris, "acabei por gostar e ficar aqui com o bichinho".

"O que a mim me despontou mais interesse e veio a acrescentar foi o ênfase dado ao Walt Disney World, em Orlando, é onde acho que tenho menos conhecimento", afirmou Inês Ferreira, "sei como funcionam os cruzeiros da Disney, mas o de Orlando achei importante ter sido dado destaque porque nunca tinha assistido a uma formação que o englobasse".

Este evento foi organizado pela Disney em parceria com a Solférias, LePlan, Viajes El Corte Inglés, Touring Club, Iberia e Vueling.

Clique para ver mais: Empresas & Negócios

Clique para ver mais: Agências & Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Qatar Airways reforça participação no IAG, segundo maior grupo aéreo europeu

20-02-2020 (12h55)

O IAG, segundo maior grupo de aviação da Europa, que tem as companhias de aviação British Airways, Iberia, Vueling, Aer Lingus e Level, anunciou ontem que o seu maior accionista, a companhia do Golfo Qatar Airways, reforçou a sua participação no Capital Social de 21,4% para 25,1%.

Gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro atingiram 56 meses consecutivos a subir

19-02-2020 (17h55)

Os gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro contabilizados pelo Banco de Portugal completaram em Dezembro passado 56 meses consecutivos de subidas, de acordo com os dados consultados pelo PreessTUR, que indicam que em 2019 foi ultrapassada pela primeira vez a marca dos cinco mil milhões de euros.

Câmara de Caminha aprova projecto para hotel em Vila Praia de Âncora

19-02-2020 (17h21)

A Câmara de Caminha aprovou um projecto para a criação do Âncora - River & Nature, um empreendimento turístico de 51 quartos em Vila Praia de Âncora, com um investimento avaliado em quatro milhões de euros.

Atribuição de prémios na TAP com "100 milhões de euros de prejuízos" em 2019 é “inaceitável”, diz ministro

19-02-2020 (15h47)

O Governo considerou hoje “inaceitável” que a TAP, empresa que “tem 100 milhões de euros de prejuízos” em 2019, atribua prémios a uma minoria de trabalhadores, ressalvando que a decisão não é da administração, mas da gestão privada.

Quadro legal para certificação do aeroporto do Montijo pela ANAC tem que ser revisto, diz ministro

19-02-2020 (15h34)

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, disse hoje que o quadro legal para certificação do aeroporto do Montijo pela Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) “tem obviamente de ser revisto”, uma vez que “é absolutamente incompreensível que fosse o presidente da Câmara da Moita a negar” a construção do aeroporto.

Noticias mais lidas