Pior Julho desde 2007 põe balanço do ano de cruzeiros em Lisboa ‘no vermelho’

28-08-2019 (16h17)

O Porto de Lisboa ficou depois do mês de Julho abaixo dos primeiros sete meses de 2018 tanto em número de escalas de navios de cruzeiros como em número de passageiros, neste caso apesar de ter um aumento dos turnaround.

Dados publicados pela Administração do Porto de Lisboa (APL) mostram que o aumento de 18 mil passageiros que o porto da capital tinha no fim do primeiro semestre deu lugar, depois de Julho, a uma quebra de 3,1 mil (-1,2%, para 256,8 mil), que se deve à quebra de 21,2 mil passageiros em trânsito no mês de Julho (-56,7%), para 15,6 mil, o mais baixo número de passageiros em trânsito num mês de Julho desde pelo menos 2007.

Ainda assim, a quebra do total de passageiros de cruzeiros no mês de Julho ficou em 54,4%, menos 21,2 mil, para 17.735, o segundo pior registo para um mês de Julho desde os 17.576 de Julho de 2007.

A atenuar a quebra esteve o segmento dos passageiros em turnaround, apontado como prioritário desde a inauguração do novo terminal de passageiros, pelo impacto acrescido que tem para o turismo da capital.

Em Julho, o Porto de Lisboa teve 2.110 passageiros em turnaround, ainda assim -24,7% ou menos cerca de 690 que no mês homólogo de 2018.

Com estes dados em Julho, o balanço dos primeiros sete meses do ano do Porto de Lisboa é uma quebra das escalas em 6% e um decréscimo do número de passageiros em 1,2%, embora no segmento dos turnaround registe um aumento em 33,5%.

Lisboa, de acordo com os dados da APL teve 156 escalas de cruzeiros até ao fim de Julho, menos dez que há um ano, e 256.870 passageiros, menos 3,1 mil que nos primeiros sete meses de 2018.

A quebra do número de passageiros deve-se ao decréscimo de 10,9 mil passageiros em trânsito (-4,6%, para 225.732), parcialmente atenuado por um aumento de 7,8 mil passageiros em turnaround (+33,5%, para 31.138), com +4,2 mil embarques (+35,4%, para 16.113) e mais 3,6 mil desembarques (+31,5%, para 15.025).

 

Clique para mais notícias: Cruzeiros em Lisboa

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Britânicos e italianos penalizaram balanço de cruzeiros no Porto de Lisboa

22-01-2020 (17h08)

O porto de Lisboa terminou o ano de 2019 com menos cerca de 6,3 mil passageiros de cruzeiros que em 2018 (-1,1%), que se deve principalmente às quebras de dois dos seus principais mercados, o britânico, com menos 62,5 mil passageiros (-26%), e o italiano, com menos 11,7 mil (-27,5%).

Cruzeiros no Funchal atingiram novo recorde anual de passageiros em 2019

22-01-2020 (16h33)

O Porto do Funchal bateu em 2019 o recorde anual de passageiros que vigorava desde 2012, com mais 732 que nesse ano, que continua a ter o recorde de escalas, com mais 43 que em 2019.

Funchal recuperou em 2019 o ‘título’ de maior porto de cruzeiros em Portugal

22-01-2020 (15h45)

O Porto do Funchal foi o porto português que mais passageiros de cruzeiros recebeu em 2019, ultrapassando Lisboa por 22,4 mil, de acordo com os dados já publicados pelos dois maiores portos portugueses de cruzeiros.

MSC Cruzeiros assina três acordos com a Chantiers de l’Atlantique

20-01-2020 (17h42)

A companhia de cruzeiros MSC Cruzeiros e o estaleiro francês Chantiers de l’Atlantique assinaram três acordos que visam a construção de mais dois navios World Class, movidos a LNG, e o desenvolvimento de dois protótipos de classes de navio que privilegiam tecnologias ambientais.

Mystic Cruises encomenda quatro navios de cruzeiros

13-01-2020 (14h07)

A Mystic Cruises, detida pela holding portuguesa Mystic Invest, encomendou quatro navios de cruzeiros, cada um com capacidade para 200 passageiros e 112 tripulantes.

Noticias mais lidas