MSC Seaview recebe distinção pela importância atribuída a aspectos ambientais

14-06-2018 (15h04)

Foto: MSC Cruzeiros
Foto: MSC Cruzeiros

A empresa de classificação de consumo responsável de energia RINA atribuiu a distinção de Green Star 3 Design ao MSC Seaview "como reconhecimento da importância que foi atribuída aos aspectos ambientais durante a sua concepção e construção”.

O maior navio alguma vez construído em Itália, nos estaleiros da Fincantieri, segundo a MSC Cruzeiros, conta com uma série de características tecnológicas que têm como objectivo tornar o seu consumo de energia mais eficiente e de reduzir as substâncias nocivas emitidas.

Uma das características é o design da embarcação e a sua distribuição de peso, tornando o seu casco mais eficiente.

O sistema de limpeza de gás de exaustão, por sua vez, está equipado com tecnologia EGCS, que minimiza as emissões de dióxido de enxofre e outras partículas.

Acresce que o sistema de tratamento de água de lastro vai ao encontro dos padrões da Organização Marítima Internacional (IMO) e o tratamento de águas residuais está em linha com os padrões mais elevados do sector através do sistema Wartsil/Hamsworthy, além de uma ferramenta electrónica que permite cumprir os regulamentos ambientais locais e regionais.

Outra característica destacada é que cada navio da MSC conta com um Oficial do Ambiente que tem como função garantir que se cumprem os padrões, além de oferecer formação aos membros da tripulação no que diz respeito a gestão ambiental e de lixo.

Existe também um sistema de energia shore-to-ship, que permite que a embarcação receba energia de terra através da rede eléctrica local quando está no porto.

No que diz respeito a um dos maiores consumidores de energia de um navio, a ventilação e o ar condicionado, o sistema inteligente do navio foi desenhado para ser o mais eficiente possível através de estratégias como aproveitar o calor produzido na lavandaria para aquecer as piscinas e outras partes do navio.

O MSC Seaview conta com iluminação LED e fluorscente, que permite poupar no consumo de energia, e dispõe ainda de software de optimização do consumo de combustível em tempo real.

O navio tem uma arqueação bruta de 153.516 GT, 323,3 metros de comprimento, 41 metros de largura (boca) e 72 metros de altura, com uma capacidade de 5.331 passageiros e 1.413 tripulantes.

 

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: MSC Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Açores têm aumento de passageiros de cruzeiros em 41% no primeiro semestre

10-08-2018 (14h22)

Os portos dos Açores tiveram no primeiro semestre um aumento do número de passageiros de cruzeiros em 41%, correspondendo a um aumento de 80 mil para 112 mil, segundo a empresa pública Portos dos Açores, citada pela Lusa.

Lusanova Cruzeiros já vende cruzeiros Star Clippers

08-08-2018 (17h20)

A Lusanova Cruzeiros, que em finais de Julho começou a vender cruzeiros da Carnival Cruise Line, anunciou hoje que também passou a ser agente de vendas da Star Clippers.

Royal Caribbean anuncia plano de renovação de navios e produtos da Silversea Cruises

01-08-2018 (14h35)

A Royal Caribbean concluiu a aquisição de 66,7% da companhia de cruzeiros de luxo Silversea Cruises e anunciou que está a desenvolver um programa de revitalização dos seus navios e produtos.

Royal Caribbean anuncia plano de renovação de navios e produtos da Silvesea Cruises

01-08-2018 (14h20)

A Royal Caribbean concluiu a aquisição de 66,7% da companhia de cruzeiros de luxo Silversea Cruises e anunciou que está a desenvolver um programa de revitalização dos seus navios e produtos.

Portugal e EUA negoceiam terminal de cruzeiros na Praia da Vitória (Açores)

30-07-2018 (11h11)

O presidente do conselho de administração da Portos dos Açores, Fernando Nascimento, disse que "estão a decorrer negociações" com os Estados Unidos para a criação do terminal de cruzeiros no porto de Praia da Vitória, na ilha Terceira.