MSC Cruzeiros somou mais 34,2% de passageiros portugueses em 2018

22-01-2019 (13h09)

“Maior crescimento que tivemos até hoje em Portugal”

A MSC Cruzeiros, que reivindica ser a companhia de cruzeiros nº 1 dos portugueses, fechou o ano passado com 29.748 passageiros do mercado português, mais 34,2% ou mais 7.590 que no ano anterior, em que tinha crescido 7,8% face a 2016.

Com o crescimento alcançado, a companhia indica que aumentou a sua quota de mercado em Portugal de 40% em 2017 para 44% em 2018, “segundo o MSC Market Intelligence Cruise Monitor”.

“Em 2018 registámos o maior crescimento que tivemos até hoje em Portugal, com excepção do primeiro ano que foi a passagem da companhia de um GSA para escritório próprio”, afirmou o director-geral da MSC Cruzeiros em Portugal, Eduardo Cabrita, citado em comunicado.

O executivo considera que contribuiu para o crescimento “o aumento da nossa capacidade e o lançamento de novos navios”, investimento que teve efeitos “não só em Portugal mas também em todos os países onde opera, possibilitando-nos disponibilizar mais e novos itinerários, o que nos tem permitido diversificar a oferta, fidelizar e atrair cada vez mais viajantes”.

“No mercado português atingimos todos os objectivos previstos para este ano, somos líderes de mercado pelo sexto ano consecutivo em Portugal e continuamos a inovar seja em novos destinos, portos e rotas”, frisou Eduardo Cabrita.

Os itinerários mais procurados pelos portugueses que viajaram com a MSC Cruzeiros foram os do Mediterrâneo e do Norte da Europa, com os mais vendidos a serem os cruzeiros com saídas e chegadas a Barcelona, Veneza, Kiel e Copenhaga.

Por outro lado, “têm vindo a ter cada vez mais peso nos últimos anos” os itinerários das Caraíbas, Cuba e Emirados Árabes Unidos, que, segundo a companhia, “são cada vez mais procurados pelo seu clima e exotismo, potenciando um crescimento da MSC Cruzeiros, que se verifica cada vez maior também no Inverno”.

As saídas e chegadas aos portos portugueses, que representam cerca de 15% do total dos passageiros do mercado português para a MSC, “continuam a ser uma grande aposta da companhia”, acrescenta o comunicado.

Em 2018, a MSC teve uma operação com saída e chegada a Lisboa entre Setembro e Outubro a bordo do MSC Preziosa, e uma operação com embarque e desembarque no Funchal entre Outubro e Novembro a bordo do MSC Orchestra.

Para este ano, a programação da MSC inclui apenas uma operação com partidas e chegadas a Lisboa a bordo do MSC Preziosa, entre Setembro e Outubro.

A MSC Cruzeiros prevê para este ano “continuar a crescer a todos os níveis, especialmente na Europa, onde predomina o nosso core-business e onde somos a companhia número um, mas também cada vez mais nos itinerários internacionais que caracterizam esta empresa internacional”.

A companhia vai reforçar a sua frota este ano para 17 navios, ao receber em Março o MSC Belissima e em Novembro o MSC Grandiosa, ambos com visita marcada a Lisboa nas respectivas viagens inaugurais.

O MSC Belissima, com capacidade para 5.700 passageiros, será inaugurado em Southampton no dia 2 de Março e fará a sua escala inaugural em Lisboa pouco depois, a 8 de Março.

O MSC Grandiosa, com capacidade para 6.300 passageiros, por sua vez, será inaugurado a 2 de Novembro em Hamburgo e terá a sua estreia em Lisboa a 15 de Novembro.

 

Ver também:

MSC Cruzeiros lança catálogo 2019/2020 com novidades

 

Clique para ver mais: MSC Cruzeiros

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cruzeiros em Lisboa têm melhor 1º semestre de sempre, apesar de queda acentuada em Junho

08-07-2019 (17h15)

O Porto de Lisboa recebeu 239.135 passageiros de cruzeiros nos primeiros seis meses deste ano, segundo informação da APL, cujos dados indicam um novo recorde para a primeira metade de um ano, superando por cerca de 8,4 mil o anterior máximo, do ano de 2012.

Royal Caribbean encomenda terceiro navio da classe Icon

02-07-2019 (14h22)

A Royal Caribbean anunciou hoje que chegou a acordo com os construtores navais da Meyer Turku para encomendar o terceiro navio de cruzeiros da classe Icon, que prevê receber em 2025.

Royal Caribbean investe 86 milhões de euros para renovar o Voyager of the Seas

02-07-2019 (13h43)

A Royal Caribbean vai renovar o seu navio de cruzeiros Voyager of the Seas, que estará a navegar no Sudeste Asiático a partir de Outubro, após um investimento de 97 milhões de dólares, cerca de 86 milhões de euros ao câmbio de hoje.

MSC Cruzeiros supera marca de 20 milhões de passageiros

01-07-2019 (15h51)

A MSC Cruzeiros superou a marca de 20 milhões de passageiros transportados nos seus navios, tendo assinalado o momento a bordo do navio MSC Seaside, que está a fazer viagens com embarque e desembarque em Miami.

MSC já tem à venda cruzeiros a bordo do novo MSC Seashore

26-06-2019 (15h49)

A MSC Cruzeiros anunciou que já estão disponíveis reservas para viagens a bordo do primeiro navio da classe Seaside Evo, o MSC Seashore.

Noticias mais lidas