MSC Cruzeiros abre reservas para o novo MSC Grandiosa

06-03-2018 (14h48)

Imagem: MSC Cruzeiros
Imagem: MSC Cruzeiros

A MSC Cruzeiros já está a vender viagens no MSC Grandiosa, o primeiro navio da geração Meraviglia-Plus. As reservas só estão disponíveis numa primeira fase para membros do programa de fidelização MSC Voyagers Club. Para os restantes clientes, as vendas abrem a 19 de Março.

O MSC Grandiosa faz a sua primeira viagem a 16 de Novembro de 2019 pelo Mediterrâneo Ocidental. As primeiras viagens serão de sete noites com escalas em seis portos, designadamente Génova, Civitavecchia (Roma), Palermo, Valletta, Barcelona e Marselha.

Os membros do MSC Voyagers Club, além do desconto de 5% por serem membros do programa de fidelização, nas reservas efectuadas até 19 de Março têm uma redução adicional de 5%.

Os restantes clientes têm descontos de 5% nas reservas efectuadas até 4 de Setembro de 2018.

O MSC Grandiosa terá “uma promenade ao estilo Mediterrâneo” que terá “uma imensa variedade de lojas e restaurantes de especialidade, bem como um novo lounge e bar, o L’Atelier Bistrot, que vai oferecer um palco e pista de dança, exposição de arte impressionista e ainda um espaço de «terraço» com mesas e cadeiras ao estilo Bistrot parisiense na Promenade”.

A promenade será o palco de várias actuações, incluindo flash mobs e festas temáticas, bem como projecções no tecto em LED.

Outro dos destaques da oferta do MSC Grandiosa é que vai oferecer dois novos espectáculos exclusivos Cirque du Soleil at Sea.

A nível de oferta gastronómica, os viajantes terão à escolha “pelo menos 12 restaurantes diferentes, que podem ir de restaurantes de especialidade a buffets que servem as habituais delícias acabadas de confeccionar”.

O MSC Grandiosa terá também um MSC Yacht Club que pretende “oferecer a mais exclusiva experiência de cruzeiro com uma estadia absolutamente luxuosa mediante o conceito de um navio dentro de outro navio, tal como o Top Sail lounge, a One Pool Deck e o restaurante e serviço exclusivo”.

O navio integra ainda o programa de inovação digital MSC for Me, onde os passageiros podem aceder a informações sobre atracções do navio e excursões, entre outras funcionalidades.

O MSC Grandiosa, além da vasta oferta, “foi concebido para todas as estações e está habilitado a aceder à maioria dos portos de cruzeiros do mundo”, salientou Gianni Onorato, CEO da MSC Cruises, citado em comunicado.

 

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: MSC Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

MSC Cruzeiros anuncia novo terminal de cruzeiros em PortMiami

11-07-2018 (17h36)

A MSC Cruzeiros e o município de Miami-Dade assinaram um Memorando de Entendimento para a construção de um novo terminal de cruzeiros em PortMiami, que poderá receber os novos navios da classe World, que têm capacidade para 7.000 hóspedes.

Porto de Lisboa somou mais 28,4 mil passageiros no 1º semestre

09-07-2018 (14h48)

O Porto de Lisboa teve 221 mil passageiros de cruzeiros nos primeiros seis meses deste ano, o que representa um aumento em 14,7% ou 28,4 mil, com um total de 148 escalas, mais 11,3% ou mais 15 que no primeiro semestre do ano passado.

Costa Cruzeiros celebra ‘float out’ do Costa Venezia

22-06-2018 (16h54)

A Costa Cruzeiros celebrou hoje o ‘float out’ do Costa Venezia, o seu primeiro navio construído especificamente para o mercado chinês, cuja primeira partida está marcada para 3 de Março de 2019, de Trieste.

Melair Cruzeiros vai ter serviço de apoio ao passageiro aos fins-de-semana no Verão

21-06-2018 (16h33)

A Melair Cruzeiros anunciou que entre 23 de Junho e 9 de Setembro vai ter aos fins-de-semana o seu serviço de apoio a passageiros de cruzeiros da Royal Caribbean International, Celebrity Cruises e Azamara Club Cruises.

MSC Cruzeiros assina acordo para construção do 5º navio da classe Meraviglia

14-06-2018 (18h30)

A MSC Cruzeiros e a STX France assinaram um acordo para o início da construção do quinto navio da classe Meraviglia, que representa um investimento adicional ao seu plano de expansão de 900 milhões de euros.