Jorge Carreiras perspectiva “um ano muito bom para as vendas da Costa no mercado português”

18-05-2017 (12h47)

Foto: Costa Cruzeiros
Foto: Costa Cruzeiros

O director-geral da Line C, Jorge Carreiras, que representa a Costa Cruzeiros em Portugal, classifica os últimos três anos como “surpreendentes pela positiva”, com crescimentos “consistentes”, encarando 2017 como “um ano muito bom para as vendas da Costa no mercado português”.

“Não estou seguro que o mercado esteja a crescer tanto como nós, acredito que neste momento estamos a crescer não só com novos cruzeiristas, mas também em quota de mercado”, salientou Jorge Carreiras ao PressTUR.

Os cruzeiros da Costa mais procurados pelos portugueses são os que navegam pelo Mediterrâneo e pelo Norte da Europa.

Para o Mediterrâneo, os portugueses procuram muito as partidas de Barcelona “por uma questão de proximidade e custo”, e as partidas de Veneza, “porque fazem um itinerário que está no imaginário das pessoas, que são as Ilhas Gregas”.

Além do Mediterrâneo e do Norte da Europa, Jorge Carreiras verifica “nos últimos anos uma grande procura” pelos cruzeiros nas Caraíbas, que a Costa opera durante o Inverno europeu, de Dezembro a Março.

“Depois temos uma presença já de há muitos anos no Dubai, com alguma procura”, e ainda as Voltas ao Mundo, que “não apresentam números muito expressivos em termos de passageiros porque são viagens de 108 dias, mas são expressivos pelo seu valor”, acrescentou o executivo.

Com embarque e desembarque em Lisboa, a Costa tem este ano dois cruzeiros a bordo do Costa Mediterranea. Para 2018 serão oito partidas Lisboa – Lisboa a bordo do Costa Pacifica.

Os itinerários com embarque e desembarque na capital portuguesa “têm sempre uma importância grande”, sobretudo “para quem nunca fez um cruzeiro”. É “uma facilidade” e tem-se revelado “uma aposta ganhadora. Temos conseguido sempre vender todas as cabinas que a companhia nos disponibiliza”, sublinhou Jorge Carreiras.

Os pacotes completos, com voos, transferes e cruzeiro, são outra das grandes apostas da Costa Cruzeiros, que, segundo Jorge Carreiras, terá em 2018 a maior oferte desse tipo de programa.

 

Ver também:

Costa Cruzeiros implementa novo sistema de preços para “abordar clientes com preocupações distintas” – Jorge Carreiras

 

Clique para mais notícias: Costa Cruzeiros

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

MSC lança-se no mercado dos cruzeiros de luxo com quarto navios

18-10-2018 (09h52)

A MSC Cruzeiros encomendou quatro navios, avaliados em mais de dois mil milhões de euros, para entrar no mercado dos cruzeiros de luxo.

Cruzeiros em Lisboa estão com recordes de alemães e brasileiros

17-10-2018 (17h33)

O Porto de Lisboa atingiu este ano novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães e brasileiros, com 82.135 e 4.747, respectivamente, de acordo com dados da APL - Administração do Porto de Lisboa coligidos pelo PressTUR.

Lisboa tem melhores nove meses de sempre em passageiros de cruzeiros, mas com queda dos turnaround

17-10-2018 (14h46)

O Porto de Lisboa atingiu este ano um novo recorde de passageiros de cruzeiros nos primeiros nove meses de um ano, apesar de menos sete mil em turnaround, que era o segmento que as autoridades esperavam tivesse maior crescimento com o novo terminal em Santa Apolónia.

Funchal tem +8,4% de passageiros de cruzeiros até Setembro

17-10-2018 (13h22)

O Porto do Funchal somou 312.126 passageiros de cruzeiros nos primeiros nove meses deste ano, com um aumento em 8,4% ou 24,1 mil em relação ao período homólogo de 2017, de acordo com dados da APRAM – Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira.

MSC Cruzeiros prevê ter este ano “o maior crescimento que tivemos até hoje” – Eduardo Cabrita

12-10-2018 (16h29)

O director-geral da MSC Cruzeiros em Portugal, Eduardo Cabrita, espera atingir este ano “o maior crescimento que tivemos até hoje” em volume de passageiros face ao ano anterior, numa variação “provavelmente” acima de 20%.