Empresa de Mário Ferreira conta ter a partir de Abril primeiro paquete construído em Portugal

24-10-2018 (16h40)

Imagem: Nicko Cruises / www.nicko-cruises.de
Imagem: Nicko Cruises / www.nicko-cruises.de

O primeiro paquete do país em construção nos estaleiros da WestSea, em Viana do Castelo, uma encomenda de 70 milhões de euros da Mystic Cruises, começará a operar em Abril de 2019, disse hoje o empresário Mário Ferreira.

Em reposta escrita a um pedido de esclarecimentos enviado pela agência Lusa, o empresário português explicou que o paquete World Explorer, com capacidade para 200 passageiros e 112 tripulantes, estará concluído em Março do próximo ano e começará a operar no mês seguinte.

“Temos diversas viagens em Abril. O ano de 2019 está praticamente cheio, através do nosso escritório na Alemanha, sob a nossa marca Nicko Cruises”, afirmou Mário Ferreira, sem especificar o destino das viagens.

O empresário adiantou que no próximo dia 28 a embarcação vai ser submetida “ao primeiro teste de estabilidade”, destacando tratar-se do primeiro navio do género a ser construído num estaleiro português.

“Portugal tem uma vasta história marítima e, em especial, nos navios de cruzeiros, que durante muitos anos ligaram a metrópole às colónias portuguesas. Nenhum desses paquetes foi construído em Portugal, foram todos encomendados ao estrangeiro. O World Explorer é o primeiro paquete construído em Portugal e por uma empresa portuguesa”, reforçou.

Segundo Mário Ferreira, a Mystic Invest tem uma carteira de encomendas aos estaleiros da WestSea, subconcessionária dos extintos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), de cem milhões de euros.

“A Mystic Invest tem vários navios de rio e um de mar em construção na WestSea para operar no rio Douro e um em todo o mundo. O investimento total ultrapassa os 100 milhões de euros”, disse.

Relativamente ao paquete World Explorer referiu que o investimento “é totalmente suportado por capitais próprios e por um empréstimo obrigacionista de 50 milhões euros”, adiantando que “para este tipo de navios não existem apoios à sua construção em Portugal”.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.

Alemães, canadianos e brasileiros garantiram recorde de passageiros de cruzeiros em Lisboa em 2018

18-01-2019 (16h37)

O Porto de Lisboa teve em 2018 novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães, canadianos e brasileiros, que foram, assim, as três nacionalidades que garantiram à capital um novo recorde anual de cruzeiros e, também, a recuperação da liderança dos portos de cruzeiros portugueses.

Lisboa recuperou em 2018 a liderança do turismo de cruzeiros em Portugal

18-01-2019 (14h55)

O Porto de Lisboa voltou a ser em 2018 o primeiro porto português de cruzeiros marítimos, tanto em número de passageiros como de escalas, recuperando a liderança que em 2017 lhe escapara para o Funchal.

MSC Cruzeiros leva agentes de viagens ao Cirque du Soleil

11-01-2019 (17h29)

A MSC Cruzeiros vai levar amanhã, dia 12, um grupo de cerca de 30 agentes de viagens portugueses a assistir ao espectáculo "Ovo" do Cirque Du Soleil em Lisboa, na Altice Arena.

MSC Cruzeiros assinala ‘float out’ do navio MSC Grandiosa

07-01-2019 (17h15)

A MSC Cruzeiros celebrou hoje o ‘float out’ do novo MSC Grandiosa, o primeiro navio da classe Meraviglia-Plus, que começará a navegar em Novembro de 2019.