Costa Cruzeiros implementa novo sistema de preços para “abordar clientes com preocupações distintas” – Jorge Carreiras

18-05-2017 (12h08)

A Costa Cruzeiros implementou um novo sistema de preços, com tarifas para clientes com diferentes prioridades, para que possam saber "antecipadamente os custos que vão ter no cruzeiro", explicou ao PressTUR Jorge Carreiras, director-geral da Line C, que representa a companhia de cruzeiros em Portugal.

“Há consumidores de cruzeiros que vão só pelo preço e abdicam de alguns valores acrescidos e depois há outras pessoas que preferem ter o conforto de cobrir antecipadamente os custos que vão ter no cruzeiro”, começou por explicar Jorge Carreiras.

A Costa passa desta forma a ter uma tarifa Basic para os clientes que dão especial atenção ao preço, que está à venda desde o início da comercialização do cruzeiro até à data de embarque.

Nesta tarifa, que tem o preço mais económico, o camarote é atribuído com base na disponibilidade sem possibilidade de eleição do mesmo.

Para os clientes que procuram alguns valores acrescidos há a tarifa Total Comfort, em que os viajantes têm tudo incluído tanto na versão Classic como na Premium, beneficiando de uma política de cancelamento com um custo de 50 euros até 45 dias antes do embarque.

Os clientes desta tarifa têm pacotes de bebidas “Pranzo & Cena” na versão Classic e “Piú Gusto” na versão Premium, têm desconto nas excursões e podem eleger o turno nos restaurantes.

A Deluxe é a tarifa mais exclusiva, para os clientes que pretendam viajar nas suites, com as mesmas condições de cancelamento que Total Comfort, com pacote de bebidas “Intenditore”, desconto nas excursões, acesso ao Restaurante Club e mordomo.

“São formas de abordar clientes que têm preocupações distintas”, resumiu Jorge Carreiras, explicando que “não abandonamos o chamado ‘calling price’ e temo-lo para quem essencialmente vê a oportunidade de fazer um cruzeiro, beneficiando de toda a infraestrutura do navio, das refeições, da animação e tudo o mais, mas depois permitimos às pessoas trabalharem dentro do preço com o produto mais ou menos completo”.

As novas tarifas introduzem ainda um conceito de “satisfação garantida”. Jorge Carreiras explica que “numa situação pouco provável de uma pessoa embarcar num navio da Costa e que chegue à conclusão que não era nada daquilo que queria, nós garantimos a devolução do valor do cruzeiro e o repatriamento, se tiver pacote de voos”.

“Não temos um peso dessas situações, mas é a demonstração do quanto nós acreditamos no bom produto que temos”, resumiu o executivo.

A Costa Cruzeiros fez a apresentação do novo sistema de preços a um grupo de agentes de viagens esta quarta-feira no Hotel Mundial, em Lisboa, durante a qual Henrique Mateus, da equipa Comercial da Line C, salientou que Portugal é o quarto mercado a implementar o novo sistema, depois de Itália, França e Espanha.

A Line C fará mais acções de formação sobre o novo sistema de preços, sublinhou Henrique Mateus, acrescentando que as próprias agências de viagens poderão solicitar formação nas suas lojas.

O novo sistema de preços entra em vigor este mês para todos os cruzeiros da Costa para 2018, excepto Voltas ao Mundo.

 

Ver também:

Jorge Carreiras perspectiva “um ano muito bom para as vendas da Costa no mercado português”

 

Clique para mais notícias: Costa Cruzeiros

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Springwater abre em Lisboa agência de viagens especializada em cruzeiros

22-01-2019 (17h16)

O grupo Springwater, de que fazem parte a GeoStar e a TopAtlântico, anunciou a inauguração em Lisboa de uma agência de viagens dedicada exclusivamente à venda de cruzeiros, que baptizou Loja de Cruzeiros.

MSC Cruzeiros somou mais 34,2% de passageiros portugueses em 2018

22-01-2019 (13h09)

A MSC Cruzeiros, que reivindica ser a companhia de cruzeiros nº 1 dos portugueses, fechou o ano passado com 29.748 passageiros do mercado português, mais 34,2% ou mais 7.590 que no ano anterior, em que tinha crescido 7,8% face a 2016.

Terminal de actividades marítimo-turísticas de Lisboa deverá estar a funcionar até ao final do ano

21-01-2019 (15h12)

A estação fluvial Sul e Sueste, no Terreiro do Paço, em Lisboa, está a ser alvo de requalificação e deverá estar em funcionamento como terminal de actividades marítimo-turísticas até ao final do ano, cerca de dois anos mais tarde que o previsto inicialmente.

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.

Alemães, canadianos e brasileiros garantiram recorde de passageiros de cruzeiros em Lisboa em 2018

18-01-2019 (16h37)

O Porto de Lisboa teve em 2018 novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães, canadianos e brasileiros, que foram, assim, as três nacionalidades que garantiram à capital um novo recorde anual de cruzeiros e, também, a recuperação da liderança dos portos de cruzeiros portugueses.