Costa Cruzeiros aumenta capacidade em 43% até 2021

25-05-2018 (16h28)

A Costa Cruzeiros já deu início à construção do navio ‘irmão’ do Costa Venezia, prevendo assim receber um total de quatro navios entre 2019 e 2021, o que corresponde a um aumento de capacidade de 43%.

O Costa Venezia está a ser construído nos estaleiros da Fincantieri em Monfalcone e deverá ser entregue à companhia em Fevereiro de 2019.

O navio ‘irmão’ do Costa Venezia, com 2.116 camarotes, 135.500 toneladas de arqueação bruta, está a ser construído nos estaleiros da Fincantieri, em Marghera, e deverá ser entregue à companhia em 2020.

Mas antes do ‘irmão’ do Venezia, a companhia de cruzeiros tem previsto receber em 2019 o Costa Smeralda, que será o primeiro navio movido a gás natural liquefeito (GNL), construído pela Meyer Turku, na Finlândia.

Outro navio ‘irmão’ do Costa Smeralda será ainda construído para começar a navegar em 2021, acrescenta a companhia de cruzeiros num comunicado.

Há porém uma ‘atenuante’ no aumento de capacidade, com a entrega do navio Costa neoRiviera a outra companhia do grupo Carnival, a AIDA Cruises, prevista para 2019.

O navio vai ser remodelado e vai passar a chamar-se AIDAmira, tendo a sua primeira viagem prevista para 4 de Dezembro de 2019.

A Costa Cruzeiros acrescenta que em Março de 2019 está programado o regresso ao Mediterrâneo do Costa Fortuna, que está actualmente na Ásia.

Acresce que o Costa Victoria está a operar cruzeiros regulares no Mediterrâneo desde 30 de Março, após uma renovação em que a companhia investiu 11 milhões de euros.

A Costa Cruzeiros prevê assim passar de 14 para 17 navios em 2021, tendo actualmente sete navios encomendados, num investimento superior a seis mil milhões de euros.

 

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Springwater abre em Lisboa agência de viagens especializada em cruzeiros

22-01-2019 (17h16)

O grupo Springwater, de que fazem parte a GeoStar e a TopAtlântico, anunciou a inauguração em Lisboa de uma agência de viagens dedicada exclusivamente à venda de cruzeiros, que baptizou Loja de Cruzeiros.

MSC Cruzeiros somou mais 34,2% de passageiros portugueses em 2018

22-01-2019 (13h09)

A MSC Cruzeiros, que reivindica ser a companhia de cruzeiros nº 1 dos portugueses, fechou o ano passado com 29.748 passageiros do mercado português, mais 34,2% ou mais 7.590 que no ano anterior, em que tinha crescido 7,8% face a 2016.

Terminal de actividades marítimo-turísticas de Lisboa deverá estar a funcionar até ao final do ano

21-01-2019 (15h12)

A estação fluvial Sul e Sueste, no Terreiro do Paço, em Lisboa, está a ser alvo de requalificação e deverá estar em funcionamento como terminal de actividades marítimo-turísticas até ao final do ano, cerca de dois anos mais tarde que o previsto inicialmente.

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.

Alemães, canadianos e brasileiros garantiram recorde de passageiros de cruzeiros em Lisboa em 2018

18-01-2019 (16h37)

O Porto de Lisboa teve em 2018 novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães, canadianos e brasileiros, que foram, assim, as três nacionalidades que garantiram à capital um novo recorde anual de cruzeiros e, também, a recuperação da liderança dos portos de cruzeiros portugueses.