Alemães são a nacionalidade que mais contribui para o crescimento dos cruzeiros em Lisboa

11-12-2018 (15h51)

O Porto de Lisboa teve até ao fim de Novembro mais 21.789 passageiros de cruzeiros alemães que no período homólogo de 2017, o que faz da Alemanha o emissor que tem o maior aumento, atingindo o recorde para os primeiros onze meses de um ano, de 107.706.

Os alemães representaram, assim, 20% do total de passageiros de cruzeiros em Lisboa entre Janeiro e Novembro deste ano, ainda assim apenas metade dos britânicos, que apesar de uma quebra de 1,1% ou 2.470, se mantém a nacionalidade mais numerosa, com 219.022, o que equivale a 40,8% do total.

Dados da APL consultados pelo PressTUR mostram que depois dos alemães, o maior contributo para o aumento do número de passageiros de cruzeiros em Lisboa de Janeiro a Novembro em 9,9% ou 48.572, para 537.427, veio do conjunto “outras nacionalidades”, com mais 16.885 (+55,7%, para 47.198).

Seguiram-se os italianos, com mais 9.606 (+30%, para 41.658), os portugueses, com mais 2.376 (+34,2%, para 9.317), canadianos, com mais 2.289 (+31,7%, para 9.520), brasileiros, com mais 2.108 (+34,1%, para 8.288), e australianos, com mais 1.845 (+29,8%, para 8.029).

A maior quebra do período é de cidadãos dos Estados Unidos, com uma quebra de 4.576 (-6,2%, para 68.981), seguindo-se os decréscimos de britânicos, com menos 2.470 (-1,1%, para 219.022), suíços, com menos 1.033 (-15,9%, para 5.473), e franceses, com menos 247 (-2%, para 12.235).

Os britânicos foram assim 40,8% do total de passageiros de cruzeiros em Lisboa nos primeiros onze meses deste ano, que é a percentagem mais baixa desde pelo menos 2012, seguindo-se os alemães, que representaram 20% do total, que é a percentagem mais elevada desde pelo menos 2012, e os norte-americanos representaram 12,8%, que é a segunda percentagem mais elevada, depois de terem atingido 15% nos primeiros onze meses de 2017.

O conjunto outras nacionalidades representou 8,8% do total de passageiros até Novembro, a mais elevada percentagem desde pelo menos 2012 e seguiram-se os italianos, representando 7,8% do total, a mais elevada dos últimos três anos, mas inferior à dos anos 2012 a 2015, em que chegaram a representar 15,4%.

 

Para ler mais clique:

Cruzeiros em Lisboa garantiram 2º melhor ano de sempre a um mês do fim de 2018 

 

Clique para mais notícias: Cruzeiros em Lisboa

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Centenas de agentes de viagens visitam novo MSC Bellissima em Lisboa

08-03-2019 (19h31)

O mais recente navio da MSC Cruzeiros, o Bellissima, está em Lisboa até amanhã e vai receber centenas de agentes de viagens, uma iniciativa “fundamental” para potenciar vendas, disse ao PressTUR o director-geral da companhia, Eduardo Cabrita.

MSC Bellissima traz novos pratos, novos espectáculos e uma assistente virtual em cada camarote

08-03-2019 (19h19)

O MSC Bellissima, novo navio da MSC Cruzeiros que está em Lisboa até amanhã, traz para o mercado como principais novidades menus gastronómicos criados por chefs com estrelas Michelin, novos espectáculos Cirque du Soleil at Sea e uma assistente digital em cada camarote.

Cruzeiros em Lisboa começam 2019 com recuperação da quebra há um ano

27-02-2019 (13h11)

O Porto de Lisboa, primeiro porto português de cruzeiros em 2018, recuperou este Janeiro a quebra registada há um ano, apresentando o mesmo número de escalas e quase o mesmo número de passageiros do primeiro mês de 2017.

Recorde de alemães suporta crescimento de cruzeiros em Lisboa

27-02-2019 (13h09)

O Porto de Lisboa teve este Janeiro um recorde de passageiros de cruzeiros alemães para um primeiro mês do ano, concluiu o PressTUR a partir de dados da APL - Administração do Porto de Lisboa, os quais mostram também que os alemães representaram mais de metade (51%) dos passageiros do mês.

Solférias promove cruzeiro pelas Antilhas e Sul das Caraíbas

22-02-2019 (16h29)

A Solférias está a promover um pacote de 10 dias com cruzeiro a bordo do Monarch, da Pullmantur, com partida e chegada a Cartagena das Índias, na Colômbia, com o preço inicial de 1.809 euros por pessoa em ocupação dupla.