Cidade de Lisboa concentra 24,6% das dormidas no alojamento turístico português

15-04-2019 (16h28)

Lisboa é, por grande margem, o município com mais dormidas no alojamento turístico português, tendo registado perto de 1,6 milhões nos primeiros dois meses deste ano, o que equivale a 24,6% do total no país, indicou hoje o INE.

A informação do Instituto indica que 22 municípios concentraram 75% das dormidas em alojamento turístico em Portugal no primeiro bimestre, com Funchal, Albufeira, Porto e Loulé a registarem os maiores totais a seguir a Lisboa.

A informação do INE indica que 11% das dormidas em alojamento turístico no primeiro bimestre tiveram lugar no Funchal, o que significa um total de aproximadamente 690 mil, e Albufeira teve 8,6%, o que equivale a cerca de 540 mil.

Para o Porto, o INE indica, sem especificar, um total acima de 400 mil pernoitas e para Loulé, mais de 200 mil.

A informação do INE, já com base na sua nova matriz de informação, indica que o alojamento turístico português teve 3,3 milhões de dormidas de 1,36 milhões de hóspedes em Fevereiro, em queda de 1% em número de dormidas por quebra da estada média em 3,8%, pois em número de hóspedes até houve um aumento em 2,9%.

Para o conjunto dos primeiros dois meses do ano, o Instituto indicou um aumento das dormidas em 1,6%, para 6,27 milhões, por aumento do número de hóspedes em 4,6%, para 2,6 milhões, embora tenha ocorrido um decréscimo da estada média em 2,9%, para 2,41 noites.

À semelhança do que já vinha a ocorrer nos últimos anos, melhor do que a evolução de hóspedes e dormidas foi a das receitas, com subidas em 6,5% dos proveitos totais, que atingem 334,8 milhões de euros, e 5,3% nos primeiros de aposento, que somaram 234,1 milhões.

Relativamente ao mês de Fevereiro, a informação do INE indica quebra das dormidas em 1%, com quebras de 2,6% do mercado dos residentes em Portugal e estagnação em baixa (-0,2%) dos residentes no estrangeiro.

O Instituto relaciona a quebra, nomeadamente o decréscimo em 0,1% dos hóspedes residentes em Portugal, com o facto de o Carnaval este ano ser no mês de Março quando em 2018 foi em Fevereiro.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria portuguesa

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

“Turismo: Opções Estratégicas” é o tema do 45º Congresso da APAVT

16-07-2019 (21h44)

O Congresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), de 14 a 17 de Novembro na Madeira, vai debater as “Opções Estratégicas” do Turismo num “momento único”, que conjuga “o final de um ciclo” e a mudança da legislatura, anunciou hoje o presidente da APAVT.

Crescimento os voos Espanha - Portugal desloca-se de Lisboa para o Porto

16-07-2019 (17h59)

O Aeroporto do Porto concentrou 69% do crescimento do movimento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha, quando há um ano, no primeiro semestre de 2018, 58,4% do crescimento estava no Aeroporto de Lisboa.

Voos entre Espanha e Portugal crescem quase 15% no 1º semestre, apesar de TAP quase estagnada

16-07-2019 (17h34)

Os aeroportos espanhóis tiveram 2,58 milhões de passageiros de voos de/para Portugal no primeiro semestre, o que representa um aumento em 14,8% ou 332,7 mil, para o qual a TAP, que já teve a liderança clara deste mercado, teve um contributo de apenas 2,5%, porque praticamente estagnou.

Prazo do concurso para concessão do Convento do Carmo em Moura volta a ser prolongado – Revive

16-07-2019 (16h10)

O prazo para apresentação de propostas para a concessão do Convento do Carmo, em Moura, ao abrigo do programa Revive, foi prorrogado pela segunda vez, até dia 30 de Julho.

Candidaturas à emissão obrigacionista para o turismo atingem 420 milhões de euros

16-07-2019 (15h26)

A procura pelo empréstimo obrigacionista para o sector do turismo atingiu os 420 milhões de euros, um valor quatro vezes acima do inicialmente esperado, de 100 milhões de euros, de acordo com informação enviada à Lusa pelo Governo.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas