Chegada de turistas portugueses a Cuba sobe 16% e alcança novo recorde

15-03-2019 (11h27)

Cuba recebeu 31.843 turistas portugueses no ano passado, um aumento de 16% face ao ano anterior e um novo recorde, de acordo com a embaixadora de Cuba em Portugal, Mercedes Martinez Valdés.

A Europa ainda não recuperou "as suas taxas de emissão de visitantes" para Cuba, pelo que "delegações cubanas de alto nível visitam países como Itália, Alemanha e França a fim de tentar inverter a tendência", começou por dizer Mercedes Martinez Valdés, num jantar promovido pela Embaixada de Cuba a propósito da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL).

Ao contrário desses mercados europeus, continuou a embaixadora, o "turismo português para Cuba continua a crescer e no ano de 2018 ultrapassamos o recorde histórico de turistas portugueses para a ilha com um número de 31.843, com um crescimento de 16%".

O aumento do número de turistas portugueses foi alcançado apesar de não existirem ligações directas entre Portugal e Cuba, salientou Mercedes Martinez Valdés, para destacar o contributo das operações charter de Verão de Lisboa para Cayo Coco e Varadero, programadas pelos operadores turísticos Sonhando, Solférias, iTravel, Abreu, Travelplan e Jolidey.

No total, a embaixadora considera que Cuba teria alcançado em 2018 os 5 milhões de visitantes estrangeiros não fossem os efeitos do Furacão Irma, que passou por Cuba em Setembro de 2017, e a decisão do presidente norte-americano Donald Trump de reverter as políticas do anterior presidente, Barack Obama.

Contudo, prosseguiu Mercedes Martinez Valdés, "tivemos um novo recorde das chegadas de turistas internacionais para o país com 4,732 milhões de turistas".

"Este ano, o turismo está a crescer 10%", disse a embaixadora, para salientar que "estão a ser construídos vários hotéis de gama alta em Havana, dos quais três serão inaugurados em 2019, incluindo o Prado y Malecón, que será gerido pela companhia francesa Accor", e o Meliá Varadero Internacional, "substituindo o antigo Internacional, que foi construído sobre uma duna".

"Queremos diversificar o turismo a todo o território nacional, Holguín e Camaguey, por exemplo, e fomentar as diferentes modalidades, a náutica, o turismo cultural, de saúde e a participação em eventos", acrescentou Mercedes Martinez Valdés.

Cuba também "planeia expandir o acesso [à internet] sem fios em hotéis, em instalações turísticas, áreas públicas e quartos, nos transportes turísticos", tendo o serviço "incluído nos pacotes, com o objectivo de eliminar o uso dos cartões" pagos de acesso ao wifi.

 

Clique para ver mais: Cuba

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros baixam 0,8% até Maio

18-07-2019 (16h58)

As vendas ao estrangeiro de transporte aéreo de passageiros baixaram 0,8% nos primeiros cinco meses deste ano, significando um recuo de 12,27 milhões de euros, para 1.515,59 milhões, de acordo com dados do Banco de Portugal recolhidos pelo PressTUR.

Portugueses estão mais ‘caseiros’ nos gastos turísticos

18-07-2019 (16h03)

Os destinos europeus concentraram 82,6% dos gastos dos portugueses em viagens e turismo nos primeiros cinco meses deste ano, com um reforço de 0,9 pontos em relação ao ano passado, especialmente evidente nos três principais, Espanha, França e Reino Unido, que tiveram um aumento de participação em 1,3 pontos, atingindo 54,9% do total do período.

Gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro sobem 10,8% até Maio

18-07-2019 (15h36)

Os portugueses despenderam pela primeira vez mais de 2.000 milhões de euros em viagens e turismo no estrangeiro nos primeiros cinco meses do ano, de acordo com os dados publicados pelo Banco de Portugal, dos quais se conclui um aumento médio em 10,8%.

Turistas dos Estados Unidos são os que mais estão a aumentar gastos em Portugal este ano

18-07-2019 (15h23)

O Banco de Portugal contabilizou até ao fim de Maio mais 72,69 milhões de euros de gastos em Portugal de turistas residentes nos Estados Unidos que assim foram os que fizeram o maior aumento do período, à frente dos residentes em Espanha e no Reino Unido, ambos com aumentos na ordem dos 61 milhões de euros.

Brexit para o turismo português afinal vem da Alemanha

18-07-2019 (15h21)

O mercado que mais está a penalizar o turismo português nestes primeiros cinco meses de 2019 é a Alemanha, e não o Reino Unido, como se esperava devido ao Brexit, mostram os dados do Banco de Portugal e do INE.

Noticias mais lidas